Anúncios no YouTube: entenda quais são e como funcionam

Anúncios no YouTube: entenda quais são e como funcionam

Não há dúvida de que o conteúdo audiovisual é a bola da vez. São muitas as peças criadas nesse formato, principalmente o vídeo, que está em alta no ambiente de marketing digital atualmente.

Para se ter uma ideia, 51,9% dos profissionais de marketing apontam que os vídeos são o formato de conteúdo com o melhor retorno sobre o investimento.

Nesse cenário, uma plataforma se destaca. Não é preciso muito para saber de qual delas falamos, não é mesmo?

O YouTube tem mais de um bilhão de usuários, o que representa quase um terço de toda as pessoas com acesso à internet no mundo. Números surpreendentes, não acha? Mas há mais a dizer sobre essa expansão do formato. Acompanhe a seguir:

  • mais de 300 horas de upload de vídeos são realizados a cada minuto;
  • o YouTube recebe 30 milhões de visitantes por dia;
  • Ao todo, são 3,5 bilhões de horas assistidas mensalmente na plataforma;
  • 6 a cada 10 pessoas preferem assistir vídeos online do que na televisão.

A expectativa é que o consumo de vídeos na plataforma aumente ainda mais, já que apresenta um crescimento de 60% de horas assistidas a cada ano.

Pois é, se o YouTube é excelente para os usuários, significa que também é ótimo para as empresas. Afinal, no mundo digital é preciso se adaptar aos hábitos e costumes do consumidor.

Os anúncios no YouTube representam uma oportunidade única de alcançar a sua audiência por meio de vídeos. Tudo isso com recursos como controle de gastos, segmentação de público-alvo e mensuração dos resultados.

Mas, afinal, como eles funcionam? Quais são os tipos de anúncios disponíveis? Se você tem essas dúvidas, não precisa se desesperar. Neste artigo, responderemos a essas questões para que o seu negócio possa iniciar suas campanhas agora mesmo!

Como criar um anúncio no YouTube?

Antes de tudo, existem alguns pré-requisitos para começar anunciar no YouTube. São eles:

Os processos são super simples e você pode fazê-los criando em cada um dos links acima. Depois disso, você só precisará assinar os termos e condições, linkar a sua conta do Adwords ao YouTube e começar a produzir as suas campanhas. Fácil, né?

Como vincular a minha conta do Adwords ao YouTube?

Para vincular a sua conta de Adwords ao YouTube, não há nenhum grande mistério. Basta seguir os passos a seguir:

  1. Faça login na sua conta do Google Adwords e copie o ID do cliente, exibido no canto superior direito da página;
  2. Acesse o YouTube;
  3. Na página inicial, clique no botão superior à direita (se você tiver inserido uma foto, o que é extremamente recomendado, ela aparecerá aqui);
  4. Clique em “Estúdio de Criação”;
  5. Dê um clique em “Canal” e novas opções serão abertas;
  6. Clique em “Avançadas”;
  7. Abaixo das informações sobre contas, há um botão com os dizeres “Vincular uma conta do Google Adwords”;
  8. Cole o ID copiado no passo 1 na caixa aberta;
  9. Selecione o nome da sua conta;
  10. Clique em concluir.

Pronto! Agora você está pronto para iniciar a composição de suas campanhas no YouTube. A própria ferramenta do Adwords possui um tutorial bem didático, sobre o qual falaremos a seguir.

Como configurar a minha primeira campanha de anúncios no YouTube?

Para que a sua campanha em vídeos no YouTube seja perfeita, você precisa configurá-las.  Lembre-se de levar em consideração todos os detalhes elaborados no planejamento, como o orçamento, persona e demais elementos.

O primeiro passo para isso é produzir o seu primeiro material. Geralmente, eles são em formato de vídeo, então crie algo criativo e faça o upload na plataforma.

Depois, certifique-se de estar logado na sua conta no Google Adwords e entre no Google Adwords para Vídeos. Coloque a URL do vídeo criado e, a seguir, escolha o título, a descrição e a miniatura que será exibida.

O próximo passo é decidir se você quer que os vídeos gerem tráfego para o seu site ou atraia pessoas para o seu canal no YouTube. Selecione a opção que melhor se adequa às suas necessidades e prossiga.

Mais adiante, você terá que determinar o orçamento da sua campanha e o público-alvo. Esse último recurso é extremamente valioso, pois você poderá atingir em cheio apenas os potenciais compradores do seu produto ou serviço, evitando desperdícios de investimento.

Depois de todas essas etapas, você confirmará a veiculação da campanha. Porém, o trabalho não acaba aqui. A seguir, é preciso assisti-la e medir os resultados por meio do Analytics, disponível no próprio Adwords.
Se você quiser saber mais sobre como funciona essa ferramenta, acesse o Guia Definitivo do Google Adwords clicando neste link.

Existem diversos outros tipos de anúncios no YouTube. Porém, o processo para criação será sempre por meio do Google Adwords.
Para facilitar as suas escolhas, a seguir falamos mais sobre cada um deles.

Quais são os tipos de anúncio no YouTube?

O YouTube oferece uma série de recursos dinâmicos para anunciantes. A escolha dos tipos de anúncio pode afetar diretamente a performance de uma campanha. Por isso, é preciso fazê-la com sabedoria.
Não há exatamente um melhor do que o outro. O tipo escolhido depende da estratégia de cada negócio.

A seguir, saiba quais são eles:

Mashteads para computadores

Esse tipo de ad é utilizado, principalmente, por grandes empresas. Trata-se de anúncios veiculados na página inicial do YouTube, e se confundem com os vídeos nativos. Ou seja, dificilmente o usuário irá reconhecê-los como publicidade.

A forma de cobrança é feita por dias, ou seja, a cada 24 horas de exibição do anúncio, o valor referente é cobrado.

Esse tipo possui algumas variações relacionadas ao tamanho do anúncio, que são “main page”, “maximizáveis” e “lite”.

Mashteads para dispositivos móveis

Esse tipo de anúncio é semelhante ao citado no tópico acima, mas só funciona em dispositivos móveis. Ou seja, celulares e tablets.

A composição é bem simples: título, descrição, call to action e uma miniatura do vídeo, que pode ser reproduzida automaticamente por até 20 segundos (depois disso, o usuário escolhe se quer fechá-lo ou continuar assistindo).

Implementação personalizada

Disponível apenas para computadores, a implementação personalizada permite ao anunciante criar blocos de anúncios na página inicial do YouTube, que podem ser expandidos com o clique do usuário.

O meio para pagamento é por meio das visualizações ou cliques.

Por ser um recurso que exige um bom conhecimento em técnicas de HTML, é necessário um profissional para a execução da campanha. Apesar disso, a própria ferramenta oferece um método para facilitar o processo. Falaremos sobre ele logo a seguir.

Implementação de layouts

O modelo de implementação de layouts é muito parecido com a implementação personalizada. Porém, em vez de os anunciantes criarem seus próprios anúncios, há uma série de layouts para serem escolhidos.

O objetivo desse tipo de ad é simplificar o processo de criação de peças gráficas. Há opções de vídeo em destaque, carrossel e galeria de imagens.

Anúncios em vídeo

Os anúncios em vídeo são exibidos em meio à reprodução do conteúdo produzido por canais da plataforma.

Funcionam tanto em computadores quanto nos dispositivos móveis, além de aplicativos cadastrados na plataforma do Adwords, smart TVs, videogames e players incorporados em outros sites.

Nesse formato, é preciso que o anúncio tenha, no máximo, 30 segundos. Ele pode ser exibido no início, no final ou durante a reprodução do vídeo. Afora isso, também possuem as opções “pulável” e “impossível de pular”, cada uma com características próprias.

TrueView video discovery

Um dos modelos mais comuns, esse tipo de anúncio pode ser exibido em formato de thumbnail é acompanhado por até três linhas de texto.

Os ads geralmente são veiculados na página de pesquisa do YouTube ou nas páginas de exibição (ou seja, nos vídeos relacionados quando o usuário está assistindo a outro conteúdo). Apesar disso, também podem aparecer na página inicial, aplicativo do YouTube e sites cadastrados na rede de display.

Gráficos padrão

Os gráficos padrão são, como o próprio nome diz, o modelo padrão da web. Eles aceitam imagens em GIF, JPG e PNG, e podem ser exibidos em todas as seções do YouTube, exceto na página inicial.

Além disso, também podem ser expostos no Zagat, uma espécie de guia para restaurantes e entretenimento que faz muito sucesso nos Estados Unidos.

In-video overlay

Os anúncios in-video overlay se sobrepõem ao vídeo que está sendo exibido. Eles surgem em meio ao consumo do conteúdo na parte inferior do vídeo, não atrapalhando a experiência do espectador.

O usuário tem a opção tanto de clicá-lo, quanto fechá-lo. Esse recurso pode ser cobrado tanto pelo número de visualizações quanto pelo número de cliques.

Transmissão ao vivo

Os anúncio em transmissões ao vivo é um recurso avançado, pois exige a contratação de uma empresa de codificação.

Nesse formato, os vídeos ao vivo são transmitidos na página inicial ou na página de buscas do usuário. As lives são um modelo de vídeo que cresce a cada dia. Para se ter uma ideia, 81% das pessoas assistiram mais vídeos ao vivo em 2016 do que em 2015, e a tendência é que esses números só aumentem.

Como mensurar os resultados da minha campanha?

A própria plataforma do Adwords oferece relatórios bem detalhados sobre as campanhas em vídeo.

Alguns dos dados mais relevantes são o número de visualizações, a taxa de engajamento, o custo médio por visualização, cliques e a taxa de cliques. Vários outros KPIs podem ser acompanhados, então é necessário definir quais deles são os mais valiosos para o seu negócio.

Cabe ao anunciante verificar as métricas recolhidas, verificar a performance de cada uma das campanhas e ajustá-las de acordo com o que gera melhores resultados.

Não há dúvidas de que o vídeo marketing é o futuro dos negócios. Os anúncios no YouTube são um ótimo meio para engajar a sua audiência e gerar novas oportunidades de negócios. Então, é hora de aproveitar essa ferramenta e ficar à frente da concorrência na busca pelos clientes.

Se você gostou desse artigo, confira também este fantástico material preparado pelos profissionais da Rock Content sobre como fazer marketing no YouTube!

seo para youtube

 

 

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo