Como criar anúncios que realmente convertem no Facebook Ads

Como criar um anúncio que realmente converte na maior rede social do mundo? Aprenda agora mesmo!

Está cada vez mais difícil chegar ao feed dos usuários, principalmente com a recente mudança de algoritmo do Facebook que impacta o alcance orgânico. Aprenda formas de criar campanhas efetivas e que realmente convertem no Facebook Ads e solucione esse problema!

O Facebook não é apenas a principal rede social do mundo, com mais de 2 bilhões de usuários ativos todos os dias. É, também, uma das principais plataformas de anúncio da atualidade.

Afinal, um canal tão amplo e dinâmico como esse naturalmente seria usado para gerar negócios e ajudar empresas de todos os tipos a alcançar uma audiência maior e melhor.

Mesmo assim, não adianta esperar facilidade total e achar que vai ganhar muito dinheiro com campanhas incríveis sem o mínimo esforço.

Como toda grande vitrine, o Facebook Ads tem grande concorrência, e é preciso otimizar os anúncios para que eles convertam melhor.

Quer saber como otimizar conversões no Facebook Ads de uma vez por todas e garantir o retorno sobre seu investimento em mídia paga?

Veja, a seguir, tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

O (velho) problema do alcance orgânico

Não é surpresa para ninguém que, com as mudanças de algoritmo do Facebook, o alcance orgânico (aquele que você não precisa investir 1 centavo sequer para conseguir exposição) diminuiu consideravelmente.

Família, amigos e até veículos de notícias em tempo real ganham a preferência em relação às marcas na hora de brigar por um espaço tão precioso no feed de notícias.

Porém, nem tudo está perdido.

As redes sociais — principalmente o Facebook — são canais fantásticos de marketing digital, e vale a pena buscar formas de contornar esse problema de alcance orgânico.

O principal deles é investir em mídia paga, isto é, os bons e velhos anúncios.

A solução das campanhas bem-feitas no Facebook Ads

Talvez você pense: “a ideia do inbound marketing não é acabar com esse tipo de estratégia, que interrompe as pessoas e dá poucos resultados?”.

A resposta é um sonoro “não”.

A ideia do inbound é simplesmente fazer com que os anúncios não sejam o centro de todos os seus esforços de marketing.

Anúncios bem utilizados podem ter grande valor para atrair novos clientes, mas precisam ser feitos dentro de um contexto maior e nos canais certos.

O Facebook é um desses canais e conta com todas as ferramentas certas para ajudar você a alcançar o público desejado por meio de anúncios de qualidade e preparados para a conversão.

Se você, antes de começar com nossas dicas, quer entender mais sobre como funciona a plataforma de anúncios no Facebook, baixe nosso ebook sobre o assunto.

Facebook ads ebook

10 dicas incríveis para otimizar conversões no Facebook Ads

É perfeitamente possível criar anúncios que convertem bem, e o Facebook oferece muitas opções (muitas mesmo!) para ajudar quem deseja otimizar os anúncios.

Nem sempre essa otimização é feita para alcançar um público maior, mas sim para garantir que as pessoas impactadas pela ação sejam as que mais têm chances de se sentir atraídas por ela.

Em outras palavras:

O objetivo principal não é gerar apenas um interesse superficial, mas promover o real engajamento com a proposta da sua campanha, seja ela qual for.

Para isso, veja uma lista com 10 dicas incríveis, que vale a pena testar o quanto antes:

1. Pense em seus objetivos

Sabemos que o alvo é sempre a conversão, mas isso pode significar diferentes ações, dependendo dos seus objetivos de negócio.

Por exemplo: para uma campanha que promove um aplicativo, a melhor conversão seria um download.

Ao promover um evento, o cadastro ou a compra de ingressos seriam boas metas de conversão. E assim por diante.

É importante que você pense bem no que deseja conseguir, seja melhorar a geração de leads, fechar mais vendas, montar uma lista de contatos etc.

A partir desse passo é que será possível definir todos os outros elementos da sua campanha, como os formatos de anúncio mais apropriados, os botões de CTA que vai usar e assim por diante.

2. Use os recursos de segmentação

Se tem algo que se destaca no Facebook Ads é o seu poder de segmentação.

Chega a ser impressionante a quantidade de opções que a rede coloca à disposição para fazer com que os seus anúncios cheguem exatamente às pessoas que você deseja atrair.

Esse fato torna tudo mais interessante, já que, além de ter um alcance incrível, o Facebook permite que você escolha a dedo quem, dentre os 2 bilhões de usuários, deve ver e interagir com os anúncios.

Entre as opções de segmentação, você pode selecionar:

3. Teste variações de anúncios

Existem muitos formatos de anúncios, e testar diferentes opções é uma ótima forma de descobrir o que funciona melhor para a sua audiência e para os seus objetivos.

Além disso, empresas que testam mais conseguem gastar menos por anúncio. Essa é uma forma do Facebook incentivar os anunciantes a apostar pesado na ferramenta de divulgação.

4. Acompanhe as campanhas dos concorrentes

Observar o mercado e ficar atento às estratégias dos concorrentes são boas práticas que devem ser seguidas, também, quando a ideia é otimizar conversões no Facebook Ads.

Basta pensar um pouco:

Seus competidores provavelmente vendem uma solução similar para a mesma persona. Então, descobrir o que funciona (ou não) para eles pode trazer insights valiosos para a sua estratégia.

Evitar erros comuns e aprimorar o que já tem dado certo para a concorrência é uma forma inteligente de dar início à sua campanha sem correr grandes riscos.

5. Aumente sua pontuação de relevância

O Facebook tem um ranking (chamado de pontuação de relevância) que funciona para classificar os anunciantes que produzem campanhas mais relevantes e dar a eles a preferência nos feeds dos usuários.

Quanto melhor for o seu histórico de conversões usando a plataforma, mais alta será a sua pontuação e, consequentemente, melhores as chances de vencer a competição acirrada também nos anúncios.

O segredo para aumentar a pontuação de relevância é apenas criar anúncios relevantes com o tempo.

Então, mantenha a regularidade e sempre busque otimizar o próximo anúncio melhor do que fez com o anterior.

6. Faça mudanças com base em amostras grandes

Não se apresse em fazer mudanças na campanha inteira só porque, de início, os anúncios não surtiram tanto efeito quanto você desejava.

São muitos fatores que alteram o nível de interação dos usuários com um anúncio.

Então, evite fazer alterações baseadas em amostras pequenas. Espere até coletar dados suficientes para tomar uma decisão certeira.

Isso vai evitar que encerre um anúncio de qualidade ou impulsione um que não vale a pena só com base em primeiras impressões.

7. Anuncie nas horas de maior tráfego da sua audiência

Assim como o horário de postagem faz diferença na quantidade de pessoas que vai ver seu conteúdo, também pode influenciar na publicação de anúncios.

Por conta disso, o próprio Facebook oferece entre as opções de segmentação a possibilidade de definir até mesmo os horários e os dias da semana em que o seu anúncio será veiculado.

Use todo o conhecimento que tem da sua persona e defina os horários em que seja mais provável ela estar conectada.

8. Dedique tempo ao call to action

O call to action é o convite final para que o usuário interaja com seu anúncio, e pode ser tanto um aliado poderoso quanto um motivo de desistência para quem vê a oferta.

Em vez de um simples “clique aqui”, seja específico.

Crie uma chamada que se relacione com a ação que a pessoa deve tomar. Além disso, tenha entusiasmo.

O convite tem de soar irresistível!

9. Use os pixels para medir ações específicas

Os pixels de conversão são ferramentas do Facebook para rastrear quantas pessoas viram seu anúncio e depois foram ao seu site realizar a ação desejada.

Ou seja, é uma ótima forma de ver com precisão o retorno sobre investimento no seu anúncio.

A partir da instalação dos pixels, você passa a receber relatórios detalhados sobre as atividades online das pessoas que visualizaram seus anúncios, e pode usar essas informações para criar campanhas melhores.

Além do pixel de conversão, existe também o pixel de customização de audiência para websites.

A diferença é que o 1º envolve um pixel para uma página específica, enquanto o 2º tem um pixel para o site todo e é mais voltado para remarketing.

10. Prepare sua landing page para a conversão

A conversão do anúncio só acontece de verdade quando a pessoa realiza a ação desejada, normalmente em uma landing page.

Não adianta otimizar cada detalhe da sua campanha e se esquecer do último elemento, não é mesmo?

Prepare sua landing page para conseguir o máximo de conversões possível, pois, sem isso, todo o esforço feito até aqui terá sido perdido.

Otimizar conversões no Facebook Ads ficou muito mais fácil depois dessa aula de conversão, não concorda?

Não desperdice essa ferramenta poderosa. Tire tempo para aprender como aproveitar todos os recursos citados aqui e não pare por aí.

Quanto mais aprender, melhores serão seus resultados na principal rede social do planeta.

Gostou das dicas sobre como otimizar conversões no Facebook Ads?

Então baixe o nosso guia completo sobre o assunto e aprenda ainda mais como dominar a arte das conversões!

otimize suas conversões com facebook ads

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo