Aplicativo de vendas

Conheça os 7 melhores aplicativos de vendas para impulsionar seu negócio

A internet abriu diversas portas para que as empresas pudessem anunciar e vender os seus produtos para além das lojas físicas. Muitos empreendedores começam com um e-commerce ou se associam com um marketplace.

Entretanto, tem dono de negócio que ainda não percebeu as oportunidades que os aplicativos de vendas podem gerar.

Para você ter uma ideia de como esse mercado pode ser interessante, separamos 2 dados.

Segundo pesquisa da Opinion Box e Mobile Time, 48% dos brasileiros usuários de smartphones já usaram algum app para efetuar uma compra.

Já o mais recente relatório do Webshoppers apontou que as compras feitas no mobile representaram 21,5% do volume de vendas do comércio eletrônico em 2016 — isso dá um crescimento de pouco mais de 40% em relação ao ano anterior.

Ao ver como o seu negócio pode crescer se começar a anunciar em apps de vendas, listamos as 7 melhores opções para você. Confira:

1. Mercado Livre

Mercado Livre talvez seja uma das primeiras opções para lojistas que ainda não abriram o seu próprio e-commerce. Ainda assim, a plataforma continua interessante mesmo para quem se estruturou um pouco mais.

O site e o aplicativo contam com recursos que trazem mais segurança e comodidade para os vendedores. Por exemplo: eles contam com sistemas próprios de meios de pagamento (Mercado Pago) e de entregas dos produtos (Mercado Envios).

Mas o que se vende no Mercado Livre? Praticamente tudo que você imaginar! As categorias variam de imóveis, carros, games, smartphones, instrumentos musicais, entre muitas outras.

O cadastro é gratuito e, durante 60 dias, você pode anunciar e vender sem pagar qualquer tarifa. Após esse tempo, a sua loja poderá ser taxada a cada venda e por um período de anúncios, dependendo dos produtos que vende.

2. eBay

Agora, vamos ampliar a escala geográfica e partir para um dos aplicativos/sites de vendas mais usados no mundo: o eBay.

Assim como no Mercado Livre, é possível vender os mais variados tipos de oferta no eBay, como câmeras fotográficas, artigos colecionáveis, materiais de construção, produtos de beleza, roupas etc.

Para participar, basta fazer um cadastro como vendedor. De uma forma geral, seus 20 primeiros anúncios mensais são gratuitos e todas as suas vendas são taxadas com 10% sobre o valor da transação.

Só um detalhe importante: os pagamentos são intermediados pelo PayPal, portanto, não se esqueça de fazer o seu cadastro nesse serviço.

3. Skina

Skina é um app que funciona como um classificados de anúncios. Ele já foi baixado por mais de 5 milhões de usuários, mas as suas vantagens vão além da sua popularidade.

O aplicativo possui um visual limpo e que lembra algumas redes sociais mais visuais. O público pode curtir as ofertas publicadas, conversar e negociar com os vendedores e finalizar a compra no próprio app (via cartão de crédito).

Mas o que chama a atenção mesmo, por enquanto, é o frete gratuito para qualquer compra que precise dos Correios para ser enviada.

Além disso, o app se destaca por promover vendas de produtos usados entre anunciantes e compradores que estejam próximos geograficamente. Para isso, ele utiliza o GPS dos usuários para buscar vendedores que estejam em sua região.

O Skina cobra 15% de taxa por venda e envia os créditos das transações para os anunciantes em até 48 horas após o produtor chegar até o comprador.

Por fim, vale ressaltar que o Skina não permite a comercialização de automóveis, serviços, animais e produtos sexuais.

4. Enjoei

Conhecido pela sua linguagem mais descolada e um estilo mais despojado, o site e aplicativo de vendas Enjoei é um dos mais populares entre os vendedores de produtos usados.

São mais de 370 mil anunciantes e mais de 2 milhões de ofertas cadastradas. Entre elas, destacam-se os produtos de moda, calçados e beleza, mas o app também conta com a venda de móveis, artigos decorativos, itens de informática e muito mais.

As taxas do Enjoei são um pouco mais altas: 20% de comissão e R$ 2,15 de taxa de anúncio somente quando o produto é vendido.

Por outro lado, as formas de pagamentos são mais diversificadas. Além do cartão de crédito, é possível vender via boleto bancário.

5. OLX

OLX, assim como o Mercado Livre e o eBay, entra na categoria dos sites e aplicativos de vendas que anunciam de tudo.

Nele, a abertura é ainda maior. Por exemplo: é possível encontrar prestadores de serviço, animais de estimação, imóveis e barcos.

Mas é bom reforçar uma coisa: as vendas não acontecem por meio da OLX. Ela apenas põe vendedores e compradores em contato no próprio chat da plataforma, por mensagem ou por telefone.

No entanto, isso ajuda a aumentar o alcance local da sua loja. Afinal, podem existir clientes em potencial na sua região que não conhecem o seu trabalho.

Para anunciar, você não necessitará pagar nada. Caso queira ter mais visibilidade, aí precisará desembolsar uma taxa de anúncio.

6. Rekids

Diferentemente das opções listadas até aqui, o Rekids é um app de vendas voltado para um nicho bem específico: anúncios de itens infantis usados, como roupas, brinquedos e sapatos.

O mais bacana do aplicativo é que o seu uso é totalmente gratuito, seja para download, cadastro ou anúncios.

No entanto, ele, assim como o OLX, não efetua as vendas na plataforma. O Rekids apenas aproxima os anunciantes dos possíveis clientes.

Para isso, os compradores podem limitar geograficamente os vendedores que aparecem para eles.

7. Tradr

O Tradr também é uma opção que foca um nicho mais específico, porém, bastante popular: a moda. Roupas, sapatos e acessórios são os destaques dessa plataforma que tem um funcionamento que lembra bastante o Tinder (aliás, o app se vende dessa forma).

Aqui, vendedores e compradores podem fechar negócio pelo próprio app, o que gera mais comodidade para as transações.

A plataforma também tem uma veia de rede social, já que o público pode curtir as ofertas postadas por você e entrar em um chat contigo caso queiram negociar ou saber mais sobre um produto.

Um detalhe bacana é que todos os apps de vendas que listamos estão disponíveis tanto para Android quanto para iOS.

Anunciar seus produtos e serviços em aplicativos é uma alternativa interessante para expandir seus canais de venda.

Claro que nem todos são indicados para o seu negócio, já que alguns atendem a nichos específicos ou são focados em transações locais. No entanto, os que se encaixam no perfil da sua empresa valem o investimento.

Dessa maneira, você conseguirá abocanhar uma parcela de clientes que procura ter mais comodidade e fazer melhores negócios pelo celular.

Agora que você conhece os aplicativos de vendas que sua empresa pode usar para aumentar suas oportunidades de negócio, o próximo passo é descobrir como avaliar e otimizar o seu desempenho nessa área.

Para te ajudar com isso, recomendamos a leitura do nosso post: Quais métricas de vendas sua empresa deve acompanhar?