Como aumentar os assinantes da newsletter

Como aumentar o número de assinantes de sua newsletter? Aprenda em 5 passos!

A newsletter é um importante conteúdo para uma estratégia de email marketing. Aprenda como aumentar o número de assinantes da sua!

Se no passado a comunicação entre empresas e consumidores era linear, hoje o cenário é bem diferente. O fato é que os consumidores são multicanais — e estar presente em todos esses pontos de contato é indispensável para as empresas que querem se destacar.

O email ainda é um dos canais mais poderosos para alcançar a persona de uma empresa.

Segundo pesquisas, 92% dos internautas o utilizam e 61% o acessam diariamente. Isso quer dizer que a maior parte das pessoas tem o hábito de abrir sua caixa de entrada com frequência.

Assim, criar uma newsletter é uma estratégia muito interessante para estreitar o relacionamento com clientes e, claro, atrair novos. É por isso que compartilhamos, abaixo, 5 dicas para converter sua audiência em assinantes da newsletter:

1. Coloque um botão de “cadastre-se” em sua página do Facebook

É inegável o poder de alcance que as redes sociais possuem.

Portanto, você pode aproveitar todo esse potencial para divulgar a sua newsletter de forma efetiva. Insira um Call-to-Action no Facebook para conduzir a persona até a página de assinatura.

Dentre as opções disponíveis na rede, o CTA “cadastre-se” é o mais adequado. Após a escolha da chamada, basta inserir a URL da página na qual os emails dos assinantes serão coletados e clicar em “salvar alterações”.

O botão aparece logo abaixo da imagem de capa e, consequentemente, tem ainda mais visibilidade.

2. Fixe um post na sua fan page

Outra ideia muito eficaz é criar uma postagem no Facebook, convidando as pessoas para assinar a newsletter. Depois, é só clicar no canto superior direito do post e selecionar “fixar no topo da página”.

Ao fixá-lo, a informação terá ainda mais destaque e permanecerá sempre como a primeira publicação da fan page.

Assim, você terá mais chances de alcançar muitas pessoas e obter um maior volume de assinantes.

Além disso, quando um usuário está nas redes sociais de uma empresa, na maioria das vezes sua intenção é se relacionar com a marca. Ao se deparar com um convite para a assinatura da news, é bem provável que ele interaja (por estar nesse ambiente social que é o Facebook).

3. Acrescente um pop-up de saída em seu blog

Os consumidores têm que lidar com um volume muito intenso de informações na internet. Por esse motivo, é preciso captar o interesse das pessoas rapidamente. Uma das maneiras mais efetivas de chamar a atenção da persona é inserir um pop-up de saída no blog.

Com isso, será possível identificar quando um usuário for abandonar a página, exibir um CTA e estimular sua conversão.

Adicionar um pop-up é muito válido, pois, se a persona está interessada no conteúdo disponibilizado pelo seu blog, estará mais propensa à assinatura de sua newsletter.

Esse comportamento de acessar o blog demonstra que o visitante está à procura de informações — e receber a sua news pode ajudá-lo a encontrar mais referências de utilidade em sua vida.

Mas por que um pop-up de saída e não um pop-up que abre junto com a página?

Quando um pop-up abre junto com a página, ele se torna um elemento intrusivo. Afinal, a pessoa ainda não leu o conteúdo e não sabe se a página vai ser útil para seu problema.

Para captar o contato, é preciso que você ofereça algo a ele. É por essa razão que, em geral, pop-ups “imediatos” possuem baixas taxas de conversão.

Já um pop-up de saída (exit intent) só é acionado quando a pessoa leva o cursor para fechar a aba. Esse é um momento de você tentar captar o contato somente após ele ter consumido o conteúdo, sem atrapalhar sua experiência.

4. Faça um CTA dentro dos posts de seu blog

Outra estratégia muito eficiente na aquisição de novos contatos é inserir um Call-to-Action dentro dos posts.

Quando uma pessoa permanece lendo um artigo é porque ela está se sentindo envolvida pela informação. Caso contrário, abandonaria o blog rapidamente.

Por isso, é interessante aproveitar esse engajamento para inserir CTAs ao longo do texto. Isso pode acontecer antes mesmo do visitante terminar a leitura (e após o conteúdo também).

É importante destacar que os artigos precisam ser construídos, inclusive, com o objetivo de que o leitor tome uma atitude.

Um texto persuasivo de qualidade não é elaborado sem propósito. Portanto, defina como ação esperada a assinatura de sua newsletter e aproveite esses espaços para promovê-la.

5. Coloque uma caixa de assinatura no rodapé, cabeçalho ou sidebar

Com poucos cliques, um visitante pode se tornar um assinante de sua newsletter dentro do blog. Nesse processo de geração de Leads, é fundamental que tudo seja simplificado.

O usuário não pode, de maneira alguma, encontrar dificuldades para se cadastrar.

Assim, adicionando essas chamadas no rodapé, cabeçalho ou sidebar, você garante que as pessoas sejam impactadas por essa mensagem a todo o momento.

O rodapé próximo aos comentários é um exemplo de uma ótima tática de geração de Leads. Afinal, os visitantes estão em um nível altíssimo de engajamento quando comentam um post.

Provavelmente, não será difícil se sentirem envolvidos com o convite para assinar a newsletter.

Por fim, além de adotar as estratégias acima mencionadas para aumentar o volume de sua base de contatos, aplicar os testes é imprescindível. Não existe fórmula mágica no Marketing Digital, pois tudo é experimentação.

Teste sempre um elemento por vez, para avaliar com clareza qual deles é o responsável pelo melhor desempenho do seu Call-to-Action. Procure variar as cores, os textos e os formatos, mas lembre-se: sempre um por vez.

Sendo assim, busque realizar os testes A/B com frequência para identificar quais chamadas são mais atraentes e possuem taxas de conversão elevadas — ou seja: aquelas que fazem com que a persona assine a newsletter.

Por que enviar emails com conteúdo e não só emails comerciais?

Quando uma pessoa autoriza o recebimento de emails, ela mostra vontade de criar um vínculo com a empresa, e isso deve ser explorado de maneira muito estratégica. Caso contrário, a imagem da empresa pode ficar seriamente comprometida perante o público.

Aliás, esse é um dos principais erros cometidos por companhias dos mais variados segmentos: utilizar o email apenas para promover os seus produtos (ou serviços) e denegrir a sua reputação.

Assim como nas redes sociais, nas quais é preciso ter um equilíbrio entre as postagens educativas e comerciais, no email não é diferente.

Uma newsletter atraente possui informações que a persona valoriza, e não apenas a divulgação de produtos.

As mensagens podem conter os últimos artigos publicados no blog, os próximos eventos do segmento, entrevistas dos profissionais em alguns veículos de comunicação e, em menor escala, a propagação das soluções oferecidas pela empresa.

E que tal começar a investir no Email Marketing como ferramenta de relacionamento com os clientes e para gerar negócios? Acesse gratuitamente o nosso eBook “O Guia do Email Marketing” e coloque em prática sua estratégia!