Por que ter um blog para sua Instituição de Ensino Superior

Por que você precisa de um blog para sua Instituição de Ensino Superior?

O blog é uma excelente ferramenta para ampliar o alcance do seu investimento com marketing e trazer novas oportunidades mesmo fora dos períodos de campanha de vestibular. Aprenda mais neste post sobre como ele vai ajudar a sua IES!

Cada vez mais, Instituições de Ensino Superior têm migrado o foco das campanhas tradicionais e integrado o marketing offline com o marketing online para atrair e engajar alunos.

Se o marketing tradicional já não funciona como antes para a cética geração dos Millenials, quem dirá para a nova Geração Z, que desconhece um mundo sem a Internet e é também a geração das incertezas no mercado de trabalho.

Diante das dúvidas em relação ao futuro e o ceticismo desses jovens, destacam-se as marcas que sabem como se posicionar e são capazes de criar empatia com os possíveis clientes.

Assim, uma Instituição de Ensino Superior que entende bem o tipo de informação que seu potencial estudante procura, tem maior probabilidade de fornecer as respostas que ele quer ouvir e, assim, gerar autoridade e iniciar um relacionamento.

Por entenderem bem esse cenário, muitas faculdades e universidades já conseguiram superar esse desafio e sair na frente dos concorrentes com uma solução bem simples: criar um blog!

Continue a leitura para aprender como usar um blog para sua Instituição de Ensino Superior e como ele pode ajudar a captar, reter alunos, e ainda reduzir os custos de aquisição de cada estudante.

Como é o mercado do Ensino Superior?

No competitivo mercado de Instituições de Ensino Superior, é um desafio superar as campanhas semestrais dos gigantes. Felizmente, o Marketing de Conteúdo possibilita uma concorrência mais justa de pequenas e grandes empresas na Internet.

Porém, essa estratégia não é mais uma novidade. A Content Trends – Educação averiguou que 76,5% das Instituições de Ensino brasileiras já começaram a utilizá-la, fazendo com que a média de visitas no site seja 34.4 vezes maior do que a de uma Instituição de Ensino que não adota o Marketing de Conteúdo.

Isso porque no mundo digital, quem ganha mais visibilidade não é a instituição com mais tradição ou maior orçamento, mas a que oferece o conteúdo mais valioso ao público.

Embora muitos profissionais do marketing educacional acreditem que os textos tenham perdido espaço para o conteúdo em vídeo, uma pesquisa da MStoner constatou um cenário diferente.

A maioria dos adolescentes de fato prefere artigos e mensagens de texto de sua IES do que vídeos, e consideram muito importante que a instituição tenha conteúdo escrito no site.

A Content Trends – Educação também constatou que 67,8% dessas instituições de ensino têm um blog como canal de divulgação de conteúdos, atrás apenas das redes sociais.

Content Trends Edu

4 Motivos para criar um blog para sua Instituição de Ensino Superior

Com outras faculdades, universidades e centros universitários aderindo a essa ideia e o seu público pedindo por ela, você ainda tem motivos para escolher ficar para trás?

Vamos às grandes vantagens que justificam a necessidade de incorporar o blog à sua estratégia de marketing digital:

1. Aumentar a visibilidade da instituição

O principal objetivo das IES pesquisadas com a criação de um blog é a geração de leads para o time de vendas.

Mas uma IES só vai conseguir gerar um número satisfatório de leads pela página se tiverem um bom posicionamento digital. Afinal, os “visitantes” estão no primeiro estágio dos funis de marketing e vendas do Ensino Superior:

funil de vendas para blog para sua instituição de ensino superior

Imagine promover um evento para possíveis alunos e quase ninguém aparecer. O número de leads conquistadas com aquele evento seria nulo ou baixíssimo, certo?

No marketing digital, também funciona assim. Quanto mais visitantes o seu site tiver, mais leads poderão ser geradas para futuramente passar pelos outros estágios até a matrícula.

No mais, a criação de um blog para sua Instituição de Ensino Superior possibilita explorar outros assuntos que não estejam diretamente relacionados à própria IES, atraindo as pessoas que ainda não conhecem sua marca.

Por isso, não fale apenas da própria instituição. É preciso fornecer informações úteis aos alunos e tentar sanar suas dúvidas.

Além de conteúdos que o site institucional já possui (como notícias e informações acadêmicas), o blog é o espaço ideal para se conectar com o potencial estudante.

Ainda, não basta ter um conteúdo extremamente relevante – é preciso que ele seja identificado pelos mecanismos de busca como o Google.

Para isso, o texto deve estar otimizado para SEO, com palavras chaves relevantes, padronização de formatação, design responsivo, otimização para leitura em aparelhos móveis e linkagens.

Aprenda tudo sobre SEO

Essa otimização para os mecanismos de busca possibilita que a sua página seja facilmente encontrada pelo Google sem você precisar recorrer aos anúncios pagos, o que reduz seu custo de aquisição de clientes.

(Entenda melhor sobre o tráfego orgânico e pago neste link)

Dessa maneira, o seu blog poderá ser um ótimo canal de geração de leads e de captação de alunos organicamente, por meio do Inbound Marketing Educacional para ajudar seu time de vendas a aumentar o número de inscritos e matriculados!

Agora que já falamos sobre a visibilidade para a instituição, vamos falar sobre como o blog será relevante para os leitores.

2. Conquistar futuros alunos

Além de atrair, o conteúdo do blog deverá ensinar e ajudar os leitores. Um blog interessante poderá aumentar a probabilidade de conversão de visitantes em leads e alunos.

(Dê uma olhada neste artigo para aprender a converter leads em alunos, e este aqui sobre a ferramenta de automação de marketing que é indispensável para fazer isso acontecer).

Mas o que é um conteúdo relevante para esse jovem? Isso vai depender do perfil do aluno da IES e de seu momento no processo de compra.

Uma dica muito boa para entender melhor quem é esse aluno, levando em conta também suas dores e interesses e, assim, produzir um conteúdo que será útil a ele, é a criação de personas para sua IES.

Guia para criação de personas

Mas sua persona pode estar em diferentes estágios da jornada do estudante até a matrícula: descoberta, consideração ou decisão.

A grande vantagem de criar um blog para sua IES, neste caso, é poder comunicar com esse jovem durante todos estágios de compra, antes dele chegar ao fundo de funil.

Portanto, sua instituição poderá iniciar um relacionamento com o potencial aluno de graduação desde o ensino médio, fornecendo informações sobre vida acadêmica, estudos, cursos ou carreiras.

Veja este post sobre a carreira em Administração, por exemplo, que já gerou quase 10 mil visualizações no blog da Faculdade de Rondônia:

psot do blog para sua instituição de ensino superior

Imagine só quantas leads puderam ser geradas com este post e outros no blog!

Com um blog, você pode conversar também com os potenciais alunos de pós-graduação sobre os benefícios da especialização, oportunidades na área, dicas de networking (como neste post no blog da Fundação Dom Cabral) ou mesmo os custos (veja este post da UCEFF).

Um detalhe importante: além de ter em mente quem são as personas e o qual o tipo de conteúdo adequado, é preciso saber como falar com ela.

Novamente, o blog será seu instrumento para acertar na linguagem com o estudante, a partir do momento que você se aproximar ainda mais dele.

Veja a seguir como o blog promove essa aproximação com o aluno!

3. Fortalecer a relação com os atuais alunos

Ainda segundo a Content Trends de Educação, o maior desafio em Marketing de Conteúdo para as instituições de ensino pesquisadas é produzir conteúdos que engajem o público.

E ter esse engajamento é indispensável para o sucesso do blog. Além disso, aumentar a confiança na relação com o estudante facilita a fidelização com a marca, podendo melhorar a taxa de retenção de alunos.

Além disso, encantar o atual aluno pode fazer com que ele seja um promotor da marca, aumentando a credibilidade da Instituição de Ensino Superior!

Para estabelecer uma linguagem com seus alunos, a IES deve ter bem claro:

  • Seus valores e diferenciais;
  • Como os alunos conversam e interagem;
  • A forma com que a instituição pode contribuir .

Para ajudar nessas tarefas, é válido promover o diálogo com os alunos, fazendo perguntas, abrindo espaço para comentários e sugestões e promovendo o blog tanto nas redes sociais quanto presencialmente.

Kit Marketing nas Redes Sociais

Obviamente, não adianta ter um discurso impecável e não ser na prática uma instituição parceira do estudante e oferecer um ensino de qualidade. Portanto, não abre mão dos investimentos na infraestrutura e no corpo docente.

Falando em corpo docente, é interessante convidar os professores a contribuírem para o blog com seus próprios posts e contar aos alunos algo sobre sua experiência e gosto pela área na qual atua!

Neste caso, os posts devem ser feitos de forma menos acadêmica, para potenciais alunos com algo que interessa a eles.

Mas para falar a verdade: quem mais conhece os seus alunos, seus interesses e linguagem do que eles mesmos?!

Por isso, outra ótima ideia é trazer seus próprios alunos para escrever para o blog da sua IES!

Esse conteúdo, por ser um depoimento da vida acadêmica, pode abordar sobre as qualidades da instituição, o início de carreira ou outros assuntos diversos.

Por exemplo: a Universidade de Vermont, nos Estados Unidos, tem uma sessão no blog reservada para os alunos compartilharem dicas e conselhos, como uma forma de tangibilizar o papel da IES em ajudar os alunos alcançar seus objetivos.

Seus alunos podem também aproveitar a oportunidade para explicar sobre os assuntos que dominam e melhorar a reputação nas redes já pensando no mercado de trabalho.

Ainda, podem ser produtores de conteúdo freelancers para a sua instituição! (Gostou da ideia? A gente te explica como colocá-la em prática!)

E como saber se o investimento tem gerado bons resultados em relação à visibilidade, captação e engajamento de alunos?

Por último e não menos importante, falaremos da vantagem do controle de métricas do blog:

4. Mensurar o investimento

O marketing digital tem uma grande vantagem em relação ao mundo offline: os resultados são mensuráveis durante todo o processo.

Assim, os KPIs são definidos logo no planejamento da estratégia junto aos objetivos, e são eles que darão previsibilidade aos retornos e indicarão os erros e acertos. Sem eles, é impossível saber se as táticas deram certo, e se você deve alterá-las ou não.

Os indicadores mais comuns para medir os resultados do blog são as métricas de acesso, como número de usuários e palavras chaves ranqueadas, e as métricas de comportamento,como páginas mais acessadas e regionalidade.

Não deixe de utilizar o Google Analytics para analisar todos esses números!

Conclusão

As Instituições de Ensino Superior estão repletas de potenciais leitores e redatores de um blog, e utilizá-lo como ferramenta de recrutamento é uma oportunidade incrível.

Sendo assim, certifique-se de manter seus futuros e atuais alunos em mente em todas as fases de planejamento, produção, seleção de escritores e publicação.

Concentrando-se no público primeiro e você sairá na frente de muitas IES que têm apenas o site institucional para o branding.

Mas cuidado: o foco principal não deve ser de maximizar o volume de postagens.

Mais importante que isso é garantir um bom volume de conteúdo de qualidade com organização e uma estratégia forte para que esses resultados sejam alcançáveis!

E então, a sua IES já começou a se planejar?!

Marketing-de-conteudo-para-instituicoes-de-ensino

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo