Brand Awareness

Brand Awareness: entenda o que é a Consciência de Marca e por que isso importa para a sua empresa

Brand Awareness ou consciência de marca é uma métrica que mede o quanto e como uma marca é reconhecida pelos consumidores. O objetivo é fazer uma marca ganhar notoriedade, ser bem lembrada pelo público e torná-la diferenciada para o mercado.

O brand awareness parece ser mais um daqueles termos complicados do marketing que só dificultam a vida de gestores que não são dessa área, não é verdade? O nome é difícil, mas o seu entendimento é simples e a sua utilidade é grande.

Afinal, trata-se de uma das métricas mais importantes de marketing e, claro, de um negócio.

Um brand awareness elevado é o que faz muitos consumidores falarem Bombril em vez de palha de aço ou Gilette em vez de lâmina de barbear.

É o que faz, também, as pessoas se lembrarem de determinadas marcas quando pensarem em uma característica ou símbolo.

Por exemplo, a Harley Davidson é associada às motocicletas de luxo e grande porte; já a Microsoft é facilmente reconhecida por seu logo mesmo sem ter seu nome exposto na arte.

Enfim, tudo isso tem a ver com a consciência de marca.

Neste artigo, abordaremos o seu conceito, a sua importância, a sua relação com o marketing digital e as melhores práticas para aumentar o seu brand awareness. Confira!

O que é Brand Awareness?

Brand Awareness é uma métrica que mede o quanto e como uma marca é reconhecida pelos consumidores.

Traduzido como consciência de marca, esse indicador serve para analisar como as empresas são associadas aos produtos que comercializam.

O objetivo de aumentar o Brand Awareness é fazer uma marca ganhar notoriedade, ser bem lembrada pelo público e torná-la diferenciada para o mercado.

Afinal, pouco adianta uma empresa ser bastante conhecida, mas ter sua credibilidade colocada em cheque pelos consumidores, não é mesmo?

Da mesma maneira, não é interessante para uma marca ter a confiança dos clientes, mas não ser muito famosa entre o seu público-alvo ou não ter um diferencial que a destaque da concorrência.

O brand awareness também está muito ligado ao branding. Aliás, é uma das formas de medir a força e os resultados da gestão de uma marca.

Quanto maior e melhor for a consciência de uma marca, mais valor ela terá no mercado e menos dependerá de outros fatores — como preço, conveniência e características técnicas — para convencer os consumidores a comprarem seus produtos.

Por que isso é importante?

Uma marca conhecida no mercado e fortalecida com o público agrega vantagens interessantíssimas para a empresa.

Se você cogita preparar uma estratégia de marketing para aumentar seu brand awareness, veja de quais formas seu negócio pode se beneficiar:

Aumenta as vendas

Quando o consumidor busca algum produto ou serviço, ele pode ter uma, duas ou mais marcas na cabeça como referência.

Para a empresa que tem sua marca entre as mais lembradas pelo público, seus resultados de vendas costumam ser melhores do que as outras que são pouco recordadas.

Ser uma referência inicial faz as pessoas terem mais confiança na qualidade daquele produto. Além disso, os consumidores tendem a procurar as ofertas daquelas marcas antes de dar uma oportunidade para novas opções.

Eleva o alcance da marca

Como um dos objetivos do brand awareness é tornar uma marca mais conhecida, é natural que seu alcance também aumente.

As empresas precisam, a todo momento, expor sua marca e fazer com que ela esteja presente na vida do seu público-alvo constantemente.

Para isso, um esforço conjunto de exposição em mídia online e offline e, dependendo do caso, de distribuição em pontos de venda é fundamental.

Pegue o caso da Coca-Cola, por exemplo. Ela não é referência em refrigerantes apenas pelo bilionário investimento anual em publicidade, mas também pela sua penetração nos Pontos de Venda. O cliente tem contato com a marca em restaurantes, bares, estádios e em diversos outros tipos de estabelecimentos e eventos.

Aprimora outras campanhas de marketing

Quando se sabe o quanto e como a marca é notada pelo mercado, fica mais simples de desenvolver uma estratégia de marketing, especialmente de branding ou de publicidade.

Quando grande parte dos consumidores tem uma lembrança positiva da marca, essas percepções podem ser aproveitadas em uma campanha para reforçar esse vínculo.

Por outro lado, quando uma marca ainda não é muito conhecida, pode ser necessária uma estratégia para aumentar a sua exposição e destacar os seus diferenciais.

Enfim, a consciência de uma marca é o ponto de partida para saber a forma como ela será promovida.

Qual é a relação entre Brand Awareness e Marketing Digital?

Na internet, as empresas possuem muito mais autonomia para produzir suas ações de marketing do que nas mídias tradicionais, certo?

Além disso, as campanhas online podem ser mensuradas de forma bem mais precisa e acessível — o Google Analytics está aí de prova.

Mas o que esses aspectos do marketing digital têm a ver com o brand awareness?

Primeiramente, as marcas têm mais liberdade para criar seus conteúdos, promover-se e transmitir sua mensagem para o público.

Cada marca pode ter o seu blog, o seu site e os seus perfis nas redes sociais para fortalecer seu brand awareness.

Em relação ao monitoramento de campanhas, as ferramentas de marketing digital ajudam a medir e a provar o valor da consciência de marca.

As empresas não ficam mais dependentes de pesquisas para medir o share of mind (participação na mente do público) das suas marcas. Além disso, é possível calcular esse indicador com a ajuda de outras métricas, como:

  • visitas no site;
  • menções em redes sociais;
  • engajamento nos posts;
  • tipos de menções e comentários sobre a marca (positivos, negativos e neutros);
  • alcance das publicações;
  • interesse pela marca nos mecanismos de busca, etc.

A interação com o público é mais próxima

Antes da internet, a forma e o quanto uma marca era reconhecida pelos consumidores eram, muitas vezes, limitadas a sua comunicação na mídia, a sua penetração nos PDVs e a qualidade das suas ofertas e do seu atendimento.

Com as redes sociais e os blogs, a maneira como uma marca constrói seu brand awareness com o seu público mudou.

Esses canais nivelaram o diálogo entre empresas e pessoas. Ambos começaram a interagir como se fossem amigos ou colegas em um círculo social.

Dessa forma, os consumidores passaram a ter um fator a mais para construir suas percepções sobre aquela empresa.

Eles vão se lembrar, por exemplo, das interações que teve com a marca no Facebook, das fotos publicadas no Instagram e dos conteúdos relevantes postados no blog.

O brand awareness não depende mais da própria marca

As redes sociais, os aplicativos de mensagens e os blogs também colocaram empresas e clientes no mesmo patamar em relação à produção e consumo de conteúdo.

Isso significa que mesmo que uma marca não crie uma conversa, ela poderá ser parte de uma iniciada e repercutida pelo público.

Ou seja, as pessoas podem produzir conteúdos sobre uma empresa e disseminar uma imagem que não seja aquela desejada pela marca.

De um lado, isso pode ser bom para alavancar a notoriedade de uma marca. Em contrapartida, a forma como ela é comentada pode prejudicar as percepções dos consumidores.

Enfim, o marketing digital trouxe mais oportunidades para as empresas trabalharem seu brand awareness. No entanto, os esforços para cuidar da imagem da marca precisam ser redobrados, visto que o público passou a ter mais influência sobre isso.

Como fazer e aumentar o Brand Awareness de uma marca?

Os objetivos do aumento dessa métrica são: ganho de notoriedade, melhoria nas percepções e diferenciação de marca, certo?

Fazer uma marca se tornar mais conhecida é possível com uma série de ações de divulgação e distribuição orientadas ao seu público-alvo.

Tornar uma empresa única e especial na mente dos consumidores pede um bom trabalho de gestão de marcas, ou seja, de branding.

Mas como as coisas não são tão simples como parecem, resolvemos listar 7 práticas para melhorar o brand awareness. Veja a seguir:

1. Crie programas de indicação

Ao investir em programas de indicação, sua empresa recompensa aqueles clientes que promovem sua marca e trazem novos compradores.

É uma das principais formas de manter uma base engajada de clientes e expandir seu alcance para novos mercados-alvo.

Quem já promoveu esse tipo de programa foi o Dropbox. No início das suas operações, o serviço oferecia mais espaço de armazenamento na nuvem para cada usuário que trouxesse um novo para a base.

2. Imprima uma personalidade única para a marca

Essa é uma das principais estratégias de branding e conscientização de marca. Claro que é difícil fazer uma marca ser lembrada por uma determinada característica, mas quando isso acontece, o retorno gerado é incrível.

Por exemplo, a rede de postos de combustível Ipiranga expandiu sua participação no mercado e seu share of mind apostando fortemente no humor em seus comerciais. Já a Pepsi, por muito tempo, brincou com o fato de ser uma opção alternativa à Coca-Cola.

As duas promoveram valores que as diferenciavam da concorrência e que reforçavam a memória afetiva do público com elas.

3. Diferencie sua identidade visual

Além da personalidade, a identidade visual de uma marca também deve ser única. Aliás, esse ponto deve ser o mais diferenciado possível.

Afinal, valores são compartilhados por diferentes marcas em suas campanhas. Se falarmos de luxo, velocidade, tecnologia, humor ou sabor, você certamente se lembrará de mais de uma marca para cada característica.

No entanto, se mostrarmos uma maçã mordida em um celular, você saberá que se trata da Apple, não é verdade? O mesmo aconteceria se descrevêssemos um “M” amarelo e parecendo dois arcos gigantes — você provavelmente se lembrará do Mc Donald’s.

Sabemos que é complicado chegar no nível de reconhecimento visual que essas marcas chegaram, mas é importante, pelo menos, apostar em uma combinação de cores, fontes e símbolos que não confundam sua marca com outra.

4. Patrocine eventos, personalidades e projetos

Por que será que algumas marcas investem fortunas para patrocinar grandes eventos e artistas e outras para apoiar projetos sociais?

Se você pensou em aumentar as vendas, não está errado. Mas esse não é o foco principal.

Quando a Heineken patrocina a Liga dos Campeões da Europa de futebol, ela não espera apenas que os torcedores consumam suas cervejas nos estádios que recebem os jogos da competição.

A intenção é fazer sua marca rodar o mundo, marcar presença na mente dos consumidores e se associar aos valores que a Champions League dissemina no público, como espetáculo, emoção e o prazer de ver um futebol bem jogado.

Sua empresa pode até não ter verba para patrocinar ou apoiar um evento desse porte, mas vale a pena estudar os projetos que estão ao seu alcance.

Fechar uma parceria que seja bem vista pelo seu público e que exerça uma influência positiva sobre ele poderá trazer ótimos resultados em termos de conscientização de marca.

5. Personalize brindes com sua marca

Você já pensou em criar camisas, canecas, squeezes, chaveiros e canetas personalizadas com a identidade visual da sua empresa?

Esses tipos de brindes são úteis para o público e levam sua marca com eles para o seu dia a dia.

Inclusive, você pode distribui-los nos eventos que sua empresa patrocina ou em ações promocionais nos pontos de vendas.

O importante é manter sua marca sendo lembrada permanentemente pelos consumidores.

6. Faça marketing de conteúdo

Você sabia que o brand awareness é um dos objetivos do marketing de conteúdo? E o mais legal nessa estratégia é que ela pode fazer uma marca ser mais conhecida, bem lembrada e diferenciada.

Isso acontece porque o foco desse tipo de marketing é a produção e de conteúdos valiosos para um público-alvo específico.

Ou seja, conteúdos relevantes ajudam uma empresa a criar percepções positivas nos leitores. Além disso, por conterem informações mais úteis e bem apresentadas, eles são mais compartilhados, o que aumenta o alcance dos posts.

Por fim, eles podem trazer mais credibilidade para uma marca, tornando-a referência em seu setor, o que a diferenciaria da concorrência naturalmente.

7. Leve sua empresa para o topo do Google

Uma forma moderna de fazer sua marca ser mais bem lembrada pelo público é colocando-a na primeira página do Google.

Muitos consumidores adquiriram essa percepção de que as empresas que aparecem no topo de determinadas pesquisas são as principais referências naqueles assuntos.

Isso não deixa de ter um fundo de verdade, visto que o Google costuma privilegiar os sites que oferecem as melhores experiências de uso para seus visitantes.

Portanto, considere implementar uma estratégia de SEO e de links patrocinados para fazer sua marca, aos poucos, ser bem posicionada nos resultados de pesquisa para as palavras-chave relacionadas ao seu negócio.

O Brand Awareness avalia o reconhecimento, as percepções, as opiniões e as crenças das pessoas em relação às marcas.

Tudo isso importa porque esses valores intangíveis podem mudar a decisão de compra de um cliente. Além disso, eles servem como base para estruturar campanhas de comunicação e marketing.

Para melhorar o seu brand awareness, foque em ações que unam divulgação em larga escala, gestão de marca e presença dela na rotina do público-alvo — o marketing digital, aliás, poderá ser um grande aliado nessa missão!

Como vimos no texto, um bom trabalho de branding é essencial para aumentar o brand awareness de uma marca.

Então, para saber mais sobre esse conceito e aprender outras estratégias, confira o nosso Guia Definitivo do Branding.