CDP

Entenda o que é uma plataforma de gestão de clientes (CDP) e como essa ferramenta pode ajudar na sua estratégia de Marketing Digital

Customer Data Platform, ou CDP, é um avanço da tecnologia na captação, armazenamento e utilização de dados relevantes do público-alvo. Com a grande necessidade de contar com informações para embasar as decisões, esse recurso é fundamental para as empresas e pode gerar grandes benefícios.

Com a internet e todos os recursos provenientes dela, um número gigantesco de dados é criado a cada momento pelas empresas e seus consumidores.

Essas informações são fundamentais para aumentar a eficiência das ações e garantir maiores vendas e lucratividade.

Porém, não adianta simplesmente gerar os dados se uma análise não for feita, com ações posteriores.

Nesse contexto é que o CDP, ou Customer Data Platform, aparece.

Muitas empresas já enxergaram a necessidade de contar com essa plataforma e seus ganhos possíveis, que são bem atraentes.

Então, para que você também entenda o que é uma plataforma de gestão de clientes, criamos este post.

Levantaremos as principais informações sobre o tema, os benefícios, a diferença para o CRM e sua relação com o marketing digital.

Boa leitura!

O que é o Customer Data Platform?

Antigamente, todas as estratégias de marketing eram fundamentadas no produto ou serviço oferecido.

As táticas eram mais agressivas e também invasivas.

Nesse cenário, a taxa de conversão em vendas junto a satisfação do cliente não era algo a se comemorar.

Pensando nisso e na maior exigência do público, o foco das ações passou para o cliente, em entender e propor soluções para suas necessidades.

Isso gerou uma maior atenção aos dados dos consumidores, que devem ser utilizados nas decisões.

Para que esse plano estratégico fosse realizado com sucesso, foi preciso planejar uma forma de captar as informações do público, armazená-las e interpretá-las, criando ações poderosas.

Isso se tornou possível com a plataforma de gestão de clientes, ou CDP.

Então, CDP é uma plataforma que reúne dados estratégicos dos consumidores de uma marca.

Entre as informações, podem estar:

  • perfil;
  • identificadores pessoais;
  • visitas e comportamento dentro do site;
  • histórico de compras;
  • interações nos diversos canais de atendimento;
  • ações nas redes sociais;
  • principais objetivos, necessidades e problemas enfrentados.

Para se ter uma ideia de aplicação da ferramenta, segundo uma pesquisa feita pelo Gartner for Marketers, 47% dos profissionais de marketing ouvidos relataram que já utilizam o Customer Data Platform.

Outros 19% estão em busca de uma opção no mercado.

Qual é a diferença entre o CDP e o CRM?

O CDP é um conceito ainda novo no mercado e, talvez por isso, ele seja constantemente confundido com o CRM — Customer Relationship Management.

Há 3 diferenças básicas entre essas ferramentas:

  • visitantes conhecidos e anônimos;
  • necessidade de suporte de TI; e
  • replicação dos dados.

Não entendeu?

Vamos falar de cada uma delas a seguir:

Visitantes conhecidos e anônimos

O CRM é, sim, uma boa solução para conhecer os clientes da marca.

Porém, é justamente nesse ponto que está, talvez, a maior vantagem do CDP.

Enquanto o CRM consegue captar informações somente de quem já está no banco de dados (seja por uma compra, assinatura de newsletter ou qualquer outra conversão realizada), o CDP consegue buscar dados até mesmo dos visitantes anônimos das páginas.

Quando um potencial cliente faz a visita no site, navega pelas páginas, confere o blog e visualiza o produto e, só depois de todo esse processo percorrido, gera uma conversão, com o CDP essas informações já foram captadas e podem ser usadas nas estratégias de marketing.

Suporte de TI

Outra característica marcante do CDP é a facilidade de utilização.

É, sim, recomendado contar com o suporte de TI para a implantação.

Mas, uma vez que isso foi feito, todo o gerenciamento pode ser trabalhado pelos gestores, com ótima facilidade.

Enquanto isso, se você optar por um CRM, pode precisar da ajuda da equipe de TI para gerenciar os dados, o que gera mais trabalho, efeitos mais demorados e, talvez, custos elevados.

Replicação dos dados

Por fim, a 3ª grande diferença entre o CDP e o CRM é a replicação dos dados.

No Customer Relationship Management há a possibilidade de gravação de dados similares, replicados.

Isso pode ocorrer porque o sistema não foi desenvolvido para a gama de informações existentes atualmente, com um universo de entradas diferentes.

Já o CDP, até por ser uma solução mais nova, consegue identificar as informações de diferentes fontes e unificar tudo isso em um mesmo perfil, associando mais dados em um mesmo cliente, sem que isso fique replicado.

Qual é a relação entre o CDP e o marketing digital?

A plataforma de gestão de clientes e o marketing digital devem sempre andar lado a lado.

Utilizando a internet, as estratégias de prospecção e fidelização dos consumidores ganharam um grande poder.

O marketing digital liquidou as antigas barreiras do mercado, fazendo com que uma empresa de qualquer porte possa oferecer suas soluções para pessoas e empresas ao redor do mundo, com bastante facilidade e até mesmo benefícios de compra e venda.

Além disso, as estratégias digitais possuem maior assertividade, com taxas de conversão bem interessantes e melhor relação de retorno sobre o investimento.

Porém, para que esses resultados sejam realmente alcançados é preciso que as estratégias sejam embasadas em informações.

Toda a jornada do cliente deve ser desenhada, pensando exatamente em quais etapas de conhecimento ele deve passar até atingir a fidelização.

O CDP pode ajudar muito nesse desafio!

Como dissemos, o CDP pode identificar o caminho percorrido pelo cliente dentro do site, visualizando as informações que ele já possui e, assim, indicando qual o estágio da jornada ele se encontra.

Ainda, você pode criar fluxos de automação com os dados, segmentando o público-alvo e entregando melhores conteúdos e estratégias para cada grupo.

Também é muito importante analisar as métricas de desempenho para garantir que cada ação está gerando bons resultados e sempre buscar a otimização dos recursos.

Será que seus clientes estão tendo suas necessidades atendidas?

Será que sua empresa está conseguindo aproveitar as oportunidades de mercado?

Isso deve ser constantemente monitorado.

Quais são os benefícios da plataforma de gestão de clientes?

Agora que você já sabe o que é o CDP, as diferenças para o CRM e a relação com o marketing digital, mostraremos os grandes benefícios que essa plataforma de gestão de clientes pode entregar para as empresas. Confira:

Utilização de informações diversas

Segundo o estudo Digital Marketers, de 2016, o principal desafio encontrado pelos profissionais de marketing é possuir uma tecnologia que permita analisar os dados dos consumidores em tempo real.

Ou seja, os problemas não são relacionados à demanda, mas sim aos recursos para criar melhores ações.

Com o CDP esse problema é diretamente enfrentado.

Mesmo com tantas portas de entradas e meios de interação — site; canais de atendimento, como chat online, e-mail e aplicativos de mensagens; redes sociais e outros —, todos esses dados podem ser armazenados em uma mesma plataforma, centrados no perfil do consumidor.

Redução do custo operacional e entrega de maior eficiência

Devemos deixar bem claro um ponto:

O CDP deve ser visto como um investimento, nunca como um gasto.

Essa plataforma permite que diferentes planos estratégicos sejam criados em busca de alavancar as vendas e gerar uma melhor experiência ao usuário.

Com esse recurso, tanto o setor de marketing como os responsáveis pelas vendas ganham uma poderosa ferramenta.

Cada contato com um potencial cliente é aprimorado com informações relevantes e que devem ser usadas para gerar engajamento e conversão.

Tudo isso ajuda a reduzir os custos operacionais, já que se trata de uma automação dos dados e um melhor aproveitamento de tempo e esforços, além de agregar na eficiência de toda a equipe.

Foco na necessidade do público-alvo

Por fim, o Customer Data Platform, ou nosso querido CDP, coloca o cliente no centro das atenções, foco total das empresas e suas estratégias.

É preciso entender que essa mudança já vem acontecendo em todo o mercado e é necessário acompanhá-la.

Com a plataforma, a compreensão das necessidades do público, de como ele busca as informações, os canais que utiliza, a linguagem que emprega, os problemas e os desafios que enfrenta, tudo isso se torna conhecido.

Já no 1° contato de um lead com a empresa, os responsáveis terão dados que ajudarão na receptividade.

Portanto, como vimos em nosso artigo, o CDP é uma importante ferramenta que pode ajudar muito o trabalho das empresas na criação de estratégias mais eficientes e na promoção de experiências mais agradáveis aos consumidores.

A plataforma consegue reunir dados e fazer com que cada ação tomada seja embasada em resultados, não mais em achismos e crenças.

Isso aumenta muito a eficiência do plano estratégico, possibilitando prever grandes mudanças de mercado, antecipar tratativas e melhorar os índices de conversão.

Então, se você ainda não conta com uma solução de Customer Data Platform, não perca mais tempo e veja como isso pode transformar o seu negócio e ajudar na fidelização dos seus consumidores.

Agora que você já conhece bastante o CDP, confira nosso outro conteúdo sobre o que 17 executivos e 276,96 bilhões de dólares podem ensinar sobre growth hacking para as grandes empresas.

ebook marketing digital

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo