aumentar seus lucros a partir de seus pontos fracos

É possível fazer de seus pontos fracos uma fonte de lucros?

Você já pensou em aumentar seus lucros utilizando seus pontos fracos?

“O autoconhecimento é o segredo do crescimento pessoal” — Autor Desconhecido

Se você nunca leu a frase citada acima, é provável que essa seja uma das razões pelas quais ainda não conseguiu alcançar o sucesso que tanto almeja. Mas vale dizer que isso também serve para os que leram e nunca refletiram a respeito do real significado dessa frase.

Afinal, o que seria esse “tal” autoconhecimento?

Se você acredita que o autoconhecimento tem a ver apenas com o fato de ter encontrado algo que te faça bem fisicamente, como um alimento que acelera seu metabolismo, você está enganado.

Conhecer-se bem é saber quais são suas qualidades, limitações, habilidades e, principalmente, seus defeitos.

Mas será que o autoconhecimento, principalmente os pontos fracos, podem nos ajudar a alcançar objetivos não imaginados, como aumentar seus lucros em um negócio próprio?

Neste post, vamos te ajudar a perceber como seus pontos fracos podem ser uma fonte de lucros e dar dicas de como você pode usá-los para até mesmo inspirar outras pessoas.

Quanto você sabe sobre seus pontos fracos?

“Quais são seus pontos fracos?”

Quem diria que uma pergunta considerada, muitas vezes, entediante em uma entrevista de emprego seria tão útil em sua vida, não é mesmo?

Mas acredite, saber suas limitações pode colaborar diretamente com seu futuro profissional e, principalmente, financeiro. Porém, não basta apenas reconhecer seus defeitos e momentos difíceis que você viveu no passado.

Para que essa mudança seja possível, é necessário que você tenha vivido algum tipo de dificuldade ou passado por um divisor de águas, que estimulou decisões em sua vida. Mesmo que, a princípio, tais decisões pareciam erradas ou precipitadas, é possível perceber que elas foram fundamentais para que você conquistasse algo que, hoje, se tornou “positivo”.

Quer um exemplo?

A timidez na adolescência, a dificuldade de encontrar a profissão que o fizesse feliz, entre outros momentos difíceis e pontos fracos de sua vida, de certo modo, exigiram uma mudança radical para que você colhesse bons frutos posteriormente.

Ainda não entendeu como isso te ajudou?

Faça o seguinte exercício:

Volte ao passado e busque algum tipo de dificuldade, ponto fraco ou outros momentos negativos que o ajudaram a se tornar a pessoa que hoje você tem orgulho de ser ou que, de alguma forma, te faz se sentir melhor consigo mesmo, emanando boas energias para todos.

Você conseguiu perceber como alguns pontos negativos já te fizeram mudar para melhor?

Como seu ponto fraco pode aumentar seus lucros?

O produtor de conteúdo pode ser muitas coisas, mas entre elas, destaca-se o fato dele ser um bom contador de histórias. Isso permite que ele use sua experiência com a produção de textos para compartilhar conhecimento ou, inclusive, encorajar as pessoas.

Ou seja, você pode usar suas habilidades de escrita com os pontos fracos vividos ao longo de sua vida como uma história capaz de estimular uma série de pessoas a superarem aquilo que as têm atrapalhado. Você faz de sua experiência uma história interessante e ainda aumenta seu lucro.

Entenda que muitas pessoas estão passando pelo mesmo que você passou, ou por algo semelhante, e com certeza pensam que não existem soluções. Mas sua experiência e conhecimento podem mudar essa ideia, mostrando um caminho que tente ajudá-las a superar momentos de dificuldade.

É aquela famosa história que possibilita “unir o útil ao agradável”.

Como estimular o crescimento de seus lucros?

Em tempos em que o digital tem sido cada vez mais valorizado, é interessante que você comece a cogitar a possibilidade de tornar a internet o ambiente oficial de seu trabalho. Pensando, então, em seus pontos fracos como uma nova fonte de lucros, surge a ideia de criar produtos digitais.

Produtos digitais são materiais com formato digital distribuídos pela internet. Eles são, geralmente, produtos com conteúdo educacional, com os quais é possível entreter e ensinar as pessoas de diferentes formas.

A criação de conteúdo é algo que tem se popularizado nos últimos anos devido à busca das empresas por profissionais capacitados em escrever, como também pela mobilidade e facilidade que esse tipo de atividade oferece a seu dia a dia.

Então, por que não usar suas habilidades como escritor, uni-las a sua história e fazer disso sua fonte de crescimento profissional e pessoal?

A parte prática de criar um produto digital é que, quase sempre, você os faz a partir de uma experiência ou conhecimento que já possui.

Seguindo exatamente a ideia de usar seus pontos fracos e superações, você pode compartilhar o que viveu, de maneira educacional, e aumentar seus lucros com a venda de um produto que ajude outras pessoas que têm os mesmos desafios que você já teve.

Quais são os tipos de produtos digitais?

Agora que você entendeu o conceito de usar suas experiências a seu favor, chegou o momento de identificar o melhor formato para seu produto digital.

O primeiro passo é pensar no conteúdo que você deseja compartilhar e, então fazer, a busca por um formato que seja coerente com sua temática e valorize seu conteúdo.

Entenda que esse é um universo muito grande, por isso ele pode ser explorado de diferentes formas. Afinal, há espaço para todos os tipos de pessoas e produtos, mas, para isso, será necessário ser criativo e dedicado a seu trabalho e testar aquilo que mais combina com você e o público que você quer atingir.

Veja uma relação de formatos de produtos digitais que você pode desenvolver:

  • Ebooks;
  • Manuais;
  • Serviços de assinatura;
  • Podcasts;
  • Palestras;
  • Revistas digitalizadas;
  • Artigos;
  • Área de membros;
  • Apostilas de concurso;
  • Screencasts;
  • Videoaulas;
  • Entre outros.

Como tornar seu conteúdo digno de ser apreciado?

Não se sinta culpado em não saber como produzir um conteúdo interessante logo de cara. Para falar a verdade, isso depende de cada pessoa e do quão confortável você está com o tema de seu produto.

É bem provável que você tenha algumas dificuldades no início, principalmente se utilizar seus pontos fracos como foco de seu negócio. Mas não deixe isso te fazer desistir.

Não há um único padrão para criar um conteúdo que chame a atenção das pessoas, mas existem algumas formas de atrair a atenção alheia, como a criação de suspense ou, até mesmo, ter um roteiro divertido.

O importante é usar sua criatividade e fazer o melhor que você pode com o tema que escolheu. Mas, para te ajudar a dar o passo inicial, trouxemos 5 dicas para você aplicar em sua estratégia:

Dica 1: Encontre o “tom” que o faz se sentir confortável

Independentemente do formato de produto digital que você começará a desenvolver, será necessário encontrar um “tom” ou ritmo de produção. Pense qual formato de texto, vídeo, áudio e outros é mais coerente com a história que você deseja contar. É fundamental encontrar o que te deixa confortável para que você consiga produzir seu conteúdo com facilidade.

Dica 2: Crie tópicos do que você deseja compartilhar

As pessoas que não têm prática na produção de conteúdo podem sofrer alguma dificuldade para manter o ritmo de produção. Diante disso, o ideal é você criar uma espécie de tópicos com todas as informações que deseja aplicar a partir do produto digital. Com isso, você terá um ritmo e uma meta final na produção, e não se perderá no meio do caminho.

Dica 3: A história é sua, logo, não há ninguém melhor para contá-la

É aquela velha história: se foi você quem vivenciou, como seu vizinho será capaz de passar os detalhes de sua experiência?

Não existe ninguém melhor do que você na produção de um conteúdo que compartilhe suas experiências e conhecimento, e é isso que você deve colocar em sua mente. Esse é um estímulo precioso.

Dica 4: Fale sobre a dor (problema), e depois ofereça a solução

Ninguém compra um produto digital com interesse de saber apenas a dor que o produtor viveu ou o problema que ele enfrentou. Pelo contrário, as pessoas podem se simpatizar com o assunto, mas o objetivo delas é comprar aquilo que tenha a capacidade de oferecer soluções. Portanto, fale da dor, mas ensine como solucioná-la.

Dica 5: Busque formas de ser atraente do começo ao fim

A dica sobre ter um ritmo de desenvolvimento para que você possa ficar confortável durante a produção também serve para que você crie um produto atraente. A ideia é que você produza o conteúdo que prenda a atenção da pessoa e não estimule seu consumo rápido, com a intenção de ver qual é sua “solução”.

Existem muitas outras dicas que podem te ajudar a produzir um produto que se torna eficiente não apenas para você, mas principalmente para as pessoas que serão seus clientes. O que você precisa fazer, como dissemos anteriormente, é pensar nas melhores estratégias para seu tipo de negócio.

Conclusão

Quando começamos a exercer alguma atividade, seja ela pessoal ou profissional, é muito comum focarmos naquilo em que temos mais habilidades, nossos pontos mais fortes. Porém, se você chegou até aqui, percebeu que é possível desenvolver seus pontos fracos e fazer deles uma fonte de lucros.

Se você gostou dessas informações, mas quer mais ideias de como aumentar seus lucros, leia também nosso post sobre como mudar de carreira.

Guest post produzido pela equipe Hotmart.

 

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo