Como conseguir emprego em um grande time de vendas

Como conseguir um emprego em um grande time de vendas

Quer aprender algumas estratégias para conseguir entrar num grande time de vendas? Veja como técnicas de vendas ajudam nesse processo.

Pode parecer óbvio, mas muitas técnicas de vendas conhecidas podem ser usadas na hora de procurar um emprego.

Uma estratégia é baseada em técnicas de vendas passivas, inspiradas no processo de inbound sales, enquanto a outra é baseada em técnicas de vendas ativas, usando práticas do outbound sales.

Continue lendo para saber mais sobre essas estratégias para conseguir um novo emprego. No final, você terá uma série de ideias práticas para se tornar um membro de um grande time de vendas.

Comece mapeando as melhores empresas

O primeiro passo é pesquisar e começar a seguir as empresas que você admira. Nessa etapa, quanto mais informações você levantar, melhor!

Para facilitar sua pesquisa, você pode restringir as empresas por número de funcionários, indústria, tempo de mercado, cultura organizacional, etc.

Com as empresas selecionadas, o próximo passo é seguir essas empresas em vários pontos de contato. Você pode usar o Facebook e o LinkedIn para acompanhar todas as atualizações dessas empresas. Assinar newsletters também pode te ajudar nessa tarefa.

O objetivo aqui é ser o primeiro a saber sobre oportunidades de emprego que essas empresas venham a abrir.

Estratégia 1: Prepare seu processo de inbound sales

Imagem de uma mesa de trabalho com parte de um laptop e duas folhas de relatórios

Essa estratégia é mais indicada para quando você já está empregado. Nesse caso, é interessante você se preparar e estar sempre aberto para novas oportunidades.

A ideia dessa estratégia é tornar-se visível para os recrutadores. Muitas das empresas com times de vendas estruturados estão sempre contratando e inclusive fazendo buscas ativas para conquistar os melhores talentos.

Otimize o SEO do seu LinkedIn e do seu currículo

No processo de inbound sales, as empresas trabalham com o conteúdo para otimizar o SEO e colher mais leads de clientes.

O interessante é que você pode usar essa mesma ideia para otimizar o seu perfil do LinkedIn e seu currículo.

Imagine que um profissional de RH está usando o LinkedIn para procurar vendedores qualificados. Esse recrutador digita “Inside Sales” na busca do LinkedIn. Você gostaria de estar entre os primeiros resultados, não é?

Para se posicionar bem nos resultados dessas buscas ativas, você pode seguir essas 3 dicas:

1. Cresça sua rede de contatos

A busca do LinkedIn depende bastante da sua rede de amigos, colegas e contatos profissionais. Se um recrutador procurar “Inside Sales” e você não tiver ao menos uma conexão de terceiro grau em comum, você não aparecerá como resultado.

Então, vale muito a pena adicionar pessoas influentes na sua área e pessoas que trabalham nas empresas que você mapeou. Especialmente as pessoas do RH!

2. Escolha bem as palavras chaves

O primeiro passo aqui é incluir variações do nome do seu cargo no seu perfil. Dessa forma, se o recrutador escrever “Inside Sales” ou “Vendedor Interno”, você sairá como resultado.

Além disso, vale a pena colocar palavras chaves importantes para seu cargo nas descrições das suas experiências profissionais. Por exemplo, você pode incluir “prospecção de clientes”, “qualificação de leads” ou “vendas por telefone”.

3. Liste bem suas competências

Outra coisa relevante na hora da busca é a lista de competências. Se o recrutador pesquisar por uma ferramenta específica, como “pipedrive”, e você tiver listado essa ferramenta, seu perfil subirá nos resultados.

As dicas 2 e 3 também servem para o seu currículo normal. Hoje em dia muitas ferramentas de recrutamento e seleção tem a mesma funcionalidade de busca por palavra-chave. Por isso, vale copiar as informações do seu LinkedIn para o seu currículo em Word ou PDF.

Continue ativo na comunidade

Se manter ativo na comunidade é uma prática importante para qualquer profissão. Não é só porque você está trabalhando que você pode parar de participar de eventos e interagir com os outros profissionais da mesma área.

Participar de palestras e workshops ajudam você a manter-se atualizado com as tendências do mercado e crescer sua rede de contatos.

A ideia aqui é manter-se visível, entregar alguns cartões e adicionar pessoas da área no seu LinkedIn. Isso está relacionado à dica 1 do tópico anterior, onde falamos sobre crescer sua rede de contatos.

Publique conteúdo sobre o assunto de vendas

Essa dica é uma das mais valiosas, mas também é uma das mais trabalhosas.

Publicar conteúdo sobre um determinado assunto é um forte indicativo que você é um profissional engajado e experiente no mercado. E isso pode ser usado como critério de decisão para contratação.

Em seu livro chamado Rework, Jason Fried e David Heinemeier falam sobre a importância de praticar a habilidade de escrita para se diferenciar no mercado:

“If you are trying to decide among a few people to fill a position, hire the best writer. It doesn’t matter if that person is a marketer, salesperson, designer, programmer, or whatever; their writing skills will pay off.

That’s because being a good writer is about more than writing. Clear writing is a sign of clear thinking. Great writers know how to communicate. They make things easy to understand. They can put themselves in someone else’s shoes. They know what to omit. And those are qualities you want in any candidate.”

Basicamente, a ideia que esse trecho do livro passa é que saber escrever demonstra uma série de habilidades importantes para os recrutadores.

Bons escritores sabem se comunicar, simplificar assuntos complexos e se colocar no lugar das pessoas que estarão lendo.

Como dissemos acima, publicar conteúdo na área de vendas é trabalhoso. Mas existe uma forma mais fácil de começar. O segredo é traduzir textos bons que estão escritos em outras línguas.

Traduzindo textos você:

  • exercita sua leitura numa língua estrangeira;
  • se força a ler bastante sobre diversos assuntos;
  • cria valor para os profissionais da sua área que não dominam a língua.

Estratégia 2: Estruture seu processo de outbound sales

Imagem de um telefone antigo

Essa estratégia é recomendada para quem está fora do mercado de trabalho e precisa arrumar um emprego novo rápido. Nesse caso, é preciso ser mais ativo e usar técnicas de vendas mais “agressivas”.

A ideia dessa estratégia é bem diferente da estratégia 1. Agora, os recrutadores não estarão necessariamente procurando o seu perfil. A bola está do seu lado!

Veja algumas dicas que vão ajudar você a conseguir uma entrevista:

Teste o funil de vendas da empresa como um cliente oculto

Se passar por um cliente oculto é uma das formas mais fáceis de entender como o funil de vendas da empresa funciona.

O objetivo dessa tática é participar do processo de vendas, receber as ligações e conversar com os vendedores.

Para fazer um teste estruturado, você precisará estudar o produto ou serviço em detalhes. O ideal é que você consiga fazer perguntas e objeções em relação ao produto ou serviço.

Nessa etapa, você precisa prestar a atenção em alguns aspectos:

  • Em quanto tempo você recebeu o primeiro contato?
  • Quais argumentos de vendas foram usados?
  • Quais perguntas foram feitas para que você fosse qualificado como cliente?
  • Como eles responderam as suas objeções sobre o produto?

Depois de fazer os testes e analisar os resultados, você pode pensar se existem pontos para melhorar. Dessa forma, você pode fazer críticas construtivas quando for chamado para a entrevista.

Para um recrutador é interessante ouvir observações como “O primeiro contato de vendas demorou X dias” ou “O vendedor não soube responder a pergunta XYZ”.

Entreviste alguns clientes da empresa

Para entender mais sobre os diferenciais da empresa, uma boa tática é conversar com alguns dos clientes dela. Eles são capazes de contar um pouco sobre pontos positivos e negativos do produto ou serviço.

Tente fazer um modelo de entrevista para descobrir:

  • Qual é o perfil desses clientes?
  • Por que eles usam o produto ou serviço?
  • O que eles gostam no produto ou serviço?
  • O que poderia ser melhorado?

Se você conseguir conversar com 3 clientes, já é o suficiente para dar uma boa base para a entrevista.

Tome um café com alguém da equipe de vendas

Depois que você já tiver estudado um pouco sobre a empresa, vale a pena conversar com pessoas que estão no time de vendas.

Essa abordagem com certeza ajudará você a entender como funciona o funil de vendas da empresa. E para começar, basta adicionar alguns membros da equipe de vendas no LinkedIn e começar uma conversa por lá.

Para aumentar suas chances de tomar um café com alguém da equipe de vendas, tente ser direto logo na primeira mensagem. Já dê algumas sugestões de dia e horário para a conversa e ofereça a opção de fazer por Skype.

Encontre o contato do tomador de decisão

Quando você se sentir confortável o suficiente para falar com o tomador de decisão, existem algumas ferramentas que podem  ajudá-lo. Só tome cuidado para não queimar sua chance por não estar preparado.

O ideal é você acionar o tomador de decisão quando já tiver passado por pelo menos uma das dicas acima, ou seja, quando tiver estudado sobre o cliente, quando tiver uma noção do processo de vendas ou quando já tiver conversado com alguém do time.

Na hora de encontrar o contato do tomador de decisão, uma ferramenta chamada Hunter pode ajudá-lo bastante. Essa ferramenta faz uma busca em diversas fontes e geralmente encontra os emails que você precisa.

Depois que você conseguir o email, outra ferramenta útil é o Boomerang para o Gmail. Nela, você consegue agendar o envio de emails e reenviar os emails automaticamente, caso a pessoa não tenha aberto.

Você deve lembrar que esses tomadores de decisão são pessoas ocupadas. Então tente personalizar bem seu email e ser bem objetivo na sua proposta. Dessa forma seu email tem mais chance de ser aberto e respondido.

Tente já criar interesse logo no assunto do email. Algumas ideias de assuntos seriam “Passei pelo seu funil de vendas e encontrei um erro” ou “Tenho algumas sugestões para seu funil de vendas”.

Consegui a entrevista e agora?

Se você usar alguma das duas estratégias que ensinamos acima, você já estará bem preparado para a entrevista.

No dia da entrevista, você só precisará manter sua postura de bom vendedor!

Mas como fazer isso?

  • Tenha um case de sucesso em mente: tenha na ponta da língua aquela sua melhor venda, daquele cliente que trouxe o maior resultado para a empresa.
  • Esteja preparado para dinâmicas: em processos seletivos como o da Hubspot os candidatos precisam fazer simulações de vendas na hora da entrevista.
  • Esteja preparado para feedbacks: também no processo do Hubspot, os candidatos são avaliados conforme sua flexibilidade de receber feedbacks sobre argumentação de vendas e adaptar-se rapidamente.
  • Pratique entrevistas: se candidate para processos seletivos, mesmo se você não quiser passar. Dessa forma você chegará na entrevista principal mais treinado.

Você já conseguiu entrar num grande time de vendas? Conte para nós como o que você fez nos comentários!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo