Carnaval

Acabou o Carnaval, o ano começou: como se manter produtivo durante todo o ano?

O seu ano começa só depois do carnaval? Talvez você esteja atrasado... Saiba como recuperar o tempo perdido e aumentar a produtividade durante todo o ano!

Você já ouviu falar que o ano só começa depois do Carnaval, certo?

Especialmente quando a festa acontece no começo de fevereiro, o ritmo de trabalho só volta ao normal depois da Quarta-Feira de Cinzas.

Enquanto você ainda está encontrando glitter pelo corpo, que tal aproveitar para aprender como ser mais produtivo?

Separamos algumas dicas que vão te ajudar a render muito mais. Confira!

Elimine distrações

WhatsApp, Instagram, memes, vídeos de gatinhos, a música nova da Anitta…

Hoje em dia, é fácil de perder o foco. Afinal, a internet e o ambiente de trabalho fornecem distrações de sobra.

Segundo este estudo, somos interrompidos a cada 3 minutos quando estamos conectados.

Mas tanta informação e diversão atrapalham a nossa produtividade de maneiras que nem imaginamos.

Para o cérebro conseguir focar completamente em uma tarefa depois de ser distraído, são necessários de 15 a 23 minutos (os dados são desta pesquisa).

Para não deixar que isso aconteça com você, é necessário preparar o seu ambiente e eliminar distrações.

Tire o celular do cômodo, feche a porta e encerre todas as abas do navegador que não sejam essenciais para a tarefa que você está fazendo no momento — em especial o email e as redes sociais.

Defina um horário para checar o email

Um complemento da 1ª dica.

O email é uma das principais ferramentas de distração no ambiente de trabalho.

Quando você está no trabalho, por exemplo, pode desenvolver o hábito de resolver rapidamente todas as tarefas recebidas na caixa de entrada.

O resultado? Atraso para completar os seus objetivos principais, já que você interrompe constantemente as suas tarefas para se encarregar de outras que pipocam na caixa de entrada.

Pois aí vai uma dica:

Separe 3 momentos no dia para abrir a caixa de entrada e resolver tudo o que é possível em 3 minutos. Fora isso, agende o que demanda mais tempo.

No restante do dia, nada de aba com o email aberto!

Esse insight pode melhorar a sua produtividade de maneira absurda!

Descubra o seu horário mais produtivo

Todos nós temos partes do dia que são picos de produtividade, e isso tem muito a ver com o seu organismo, com o seu ciclo do sono e até com os seus hábitos alimentares.

Durante o dia, tente realizar as suas tarefas em horários diferentes e identificar em qual é mais fácil focar e dar conta de tudo.

A partir desse exercício de autoconhecimento, tente organizar o seu dia para deixar as tarefas mais difíceis ou as que precisam de uma motivação maior para esse horário em especial.

Tenha rituais

O ser humano é feito de hábitos.

Para melhorar a sua produtividade, uma boa dica é criar pequenos rituais para começar a trabalhar.

Ao serem feitos, eles mandam o recado para o seu cérebro que é hora de focar!

Pode ser relacionado à música que você ouve, ao seu ambiente de trabalho ou até mesmo a um alongamento antes de começar.

Por exemplo: separe um ambiente da sua casa para trabalho, coloque fones de ouvido com alguma playlist para concentração e se sente com a coluna ereta na cadeira.

Acredite, o foco virá naturalmente!

Metrifique o seu rendimento

O que não é medido não pode ser melhorado, já dizia Peter Drucker.

Como você vai saber se está mais produtivo se não metrificar o seu rendimento?

Para que isso não vire mais uma distração, use algumas ferramentas que façam isso por você, como o Rescue Time.

O app, quando instalado no seu desktop, mede quanto tempo você passou trabalhando e em quais sites ou programas você mais ficou.

Além disso, ele apresenta, semanalmente, gráficos de produtividade.

Tenha metas

Metas são a melhor maneira de encontrar motivação.

Você pode definir tanto metas de rendimento (“vou trabalhar 7 horas por dia essa semana”, por exemplo) quanto mais focadas nos objetivos (como “hoje vou escrever 2 artigos e fazer 1 curso”).

O importante é traçar metas específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com um prazo definido.

Não se esqueça, também, de separar uma hora no dia, na semana ou no mês para acompanhar o cumprimento desses objetivos e fazer um balanço dos fatores que ajudaram ou atrapalharam a sua jornada.

Liste as suas tarefas

Às vezes, temos tanta coisa para fazer, que ficamos até meio perdidos e sem saber por onde começar, não é mesmo?

Algo que ajuda muito nesses momentos é listar tudo o que precisa ser feito, definindo prioridades e uma ordem otimizada.

O Keep, do Google, pode ser de grande ajuda.

Nesse aplicativo é possível criar checklists com todas as tarefas do dia e mover os itens conforme você for identificando as prioridades.

Regule o seu sono

Sem o descanso adequado, a mente não funciona direito.

O ideal é, pelo menos, 7 horas de sono diárias para ter energia total ao desempenhar as tarefas.

Uma boa dica é ir para a cama mais cedo, deixando a TV, o celular e o computador longe do seu ambiente de descanso.

Um chá, um livro e algumas músicas relaxantes podem te ajudar a melhorar o seu sono e a dormir mais cedo.

Faça exercícios físicos

Outra dica boa para melhorar tanto o seu sono quanto a sua produtividade é fazer exercícios físicos, especialmente pela manhã.

Logo depois de correr, por exemplo, você vai sentir um boost de energia vindo, principalmente, da endorfina liberada durante o exercício.

É nesse momento que você pode ficar mais produtivo para acabar com aquela tarefa chatinha do dia anterior que ficou pendente…

Use a técnica Pomodoro

Umas das técnicas efetivas para aumentar sua concentração é a Pomodoro, na qual você divide o seu dia em blocos de trabalho e descanso.

Para cada 25 minutos de foco, 5 minutos de distrações. E a cada 4 pomodoros, 1 tempo de descanso maior (de 10 a 15 minutos).

Dessa forma, você condiciona o seu cérebro a trabalhar, pois ele saberá que depois do período de concentração haverá alguma recompensa.

Para te ajudar a medir os seus ciclos, você pode usar a extensão Forest para Google Chrome, Android e iPhone.

Ela também bloqueia os sites indesejados ou a tela do seu smartphone durante o Pomodoro, liberando o uso apenas depois que o tempo terminar.

Outro ponto positivo dessa aplicação é que você pode personalizar a duração do ciclo (afinal, 25 minutos nem sempre são suficientes para terminar uma tarefa).

Mas lembre-se: o cérebro consegue focar por cerca de 90 minutos sem distração!

Desligue as suas notificações

Sabe quando você está mega concentrado em uma tarefa, mas tudo acaba com uma olhadinha de longe para o smartphone, quando o danado denuncia novas mensagens ou interações no Instagram?

Não é preciso dizer o quanto isso é prejudicial para a sua produtividade, não é mesmo?

Desligar as notificações é algo que não só a trabalhar mais e com um foco maior, mas que também melhora os seus níveis de ansiedade.

Você pode se inspirar neste texto e remover todas as notificações push do seu celular (no Android, isso é bem fácil de fazer. Dê uma olhada neste tutorial).

Assim, você pode controlar melhor quando usar o smartphone, definindo as suas horas de uso pela sua vontade, e não pela frequência que os aplicativos requerem a sua atenção.

Cuide da sua alimentação

O trabalho intelectual, por mais que seja feito sentado em frente ao computador, exige muita energia.

O cérebro precisa de glicose para funcionar e, quando não estamos bem alimentados, facilmente ficamos fadigados, desmotivados e sem nenhum foco.

Por isso, nunca pule refeições e procure incluir carboidratos saudáveis na sua dieta.

Pode ser uma fruta, uma barrinha de cereais ou até mesmo um sanduíche com pão integral.

Masque chicletes (com moderação)

Essa dica é um hack de emergência que você pode usar quando o sono está atrapalhando o foco e o deadline está prestes a terminar.

É comprovado cientificamente que mascar um chiclete aumenta a concentração.

Isso acontece porque, quando mastigamos, o nosso cérebro recebe a mensagem que estamos nos alimentando. Assim, ficamos em alerta.

Mas use essa dica com moderação! Se virar um hábito, o chiclete pode causar gastrite e outros problemas no sistema digestivo.

Medite

Meditar todos os dias tem o poder de reduzir o estresse, aumentar a concentração e controlar a pressão arterial — fatores suficientes para melhorar a produtividade e a qualidade de vida.

Reserve alguns minutos e conte com a ajuda de aplicativos como o Calm e o Headspace.

Você verá a diferença que essa pequena pausa fará na sua disposição e no seu foco durante o dia.

Concentre-se em 1 tarefa por vez

O multitasking, que já foi tão celebrado nos ambientes de trabalho, pode ser um dos principais inimigos da produtividade.

Ao tentarmos focar em várias tarefas ao mesmo tempo, acabamos não concluindo nenhuma.

Para ter um dia muito mais produtivo, faça apenas 1 tarefa por vez, com concentração total.

Assim, você termina mais rápido o que precisa fazer e consegue executar o seu trabalho com maior qualidade e precisão.

Gostou das dicas? Conseguiu aprender novas maneiras de ser mais produtivo?

Aproveite para conhecer os 13 plugins do Gmail ideais para quem quer melhorar a performance!