Como surgiu o marketing

Como surgiu o marketing? Conheça um pouco dessa história

Tão integrada ao nosso vocabulário, a palavra marketing muitas vezes se perde entre diferentes significados.

Etimologicamente falando, marketing vem da palavra market, que inglês quer dizer “mercado” ou “comercializar”.

Em uma definição simples: marketing é o conjunto de processos envolvidos na comercialização de algum produto ou serviço. Mas como surgiu o marketing?

Até mesmo profissionais da área se esquecem de olhar para o passado e refletir sobre o que foi feito e como chegado até aqui.

Este post vai te levar por uma viagem na história da antiga arte de compra e venda e como ela se desenvolveu até chegar nos moldes atuais. Acompanhe:

O marketing como campo de estudo

Entre matérias consagradas — como Física, Química e Matemática —, o marketing é um iniciante.

Os primeiros trabalhos divulgados na área datam de 1940.

O americano Walter Scott publicou um artigo sobre a influência da psicologia na propaganda. Também nessa época, foi lançado um estudo chamado “leis de gravitação do varejo”, de William J.Reilly.

A partir daí, muitos teóricos começaram a surgir, oriundos de áreas como:

  • administração;
  • economia;
  • finanças;
  • e psicologia.

O marketing ainda é uma área pluralista e abrangente — sendo a computação a mais recente integração.

Mas essa história começa bem antes, em tempos nos quais ler era um privilégio para poucos…

A história dos meios de comunicação

A prensa tipográfica

Da pacata cidade alemã de Mainz, veio o homem que revolucionou não apenas o marketing, como também a forma de comunicação de toda a sociedade.

Johannes Gutenberg foi o responsável pela criação da prensa tipográfica em 1450, em plena Idade Média.

Nessa época já havia a comercialização de bens materiais. Mas, antes da impressão, a publicidade se resumia a poucos cartazes feitos a mão.

Outro detalhe é que a maioria da população era analfabeta, ou seja, o boca a boca era a ferramenta de marketing da vez.

O advento da tipografia criada por Gutenberg iniciou um processo de proliferação em massa da informação — o que com o tempo acabou sendo usado como formas de anunciar produtos e serviços.

O marketing está diretamente conectado aos meios de comunicação. Assim, a evolução dessas tecnologias se funde com a evolução do marketing, mesmo que esse termo abranja muitos outros aspectos.

Vamos conferir como surgiram algumas das principais mídias:

A revista e o jornal

Também na Alemanha, em 1663, foi publicada a 1º revista, chamada Erbauliche Monaths-Unterredungen (“Edificantes Discussões Mentais”, em tradução livre).

No Brasil, a pioneira foi a publicação baiana chamada As Variedades ou Ensaios de Literatura, de 1812.

jornal, outra mídia impressa de grande relevância, ganhou vida em 1605, com o alemão Relation aller Fürnemmen und gedenckwürdigen Historien.

Já nas terras tupiniquins, o 1º jornal foi o Gazeta do Rio de Janeiro, de 1808.

Os cartazes e os outdoors

Existem registros de cartazes antes mesmo da invenção da prensa tipográfica. Mas a quantidade cresceu substancialmente nos anos que seguiram a invenção de Gutenberg.

Imagine que naquela época a impressão era algo raro e, como consequência, extremamente caro. Dessa forma, os cartazes eram uma maneira de economizar ao se buscas atingir um grande número de pessoas.

Com o objetivo de crescer ainda mais o alcance do público, o outdoor foi criado. Chamado de billboard nos Estados Unidos, o 1º registro desse meio data de 1867.

A TV, o rádio e o telefone

De 1920 a 1949, grandes invenções revolucionaram a comunicação e, consequentemente, impactaram o marketing.

A história acompanha um mesmo padrão: cria-se um novo meio de comunicação e surgem novas formas de fazer propaganda.

O 1º registro de uma propaganda em rádio é de 1922.

Na televisão, o 1º comercial foi ao ar no ano de 1941. A estreante foi a marca de relógios Bulova Clocks, e o comercial atingiu 4 mil televisores.

O telefone trouxe consigo a era do telemarketing, prática muito comum até pouco tempo no Brasil e no mundo.

Hoje, é cada vez mais raro receber uma ligação de alguma empresa. Esse tipo de ação é considerada invasiva e causa mais dano do que benefícios para uma marca.

A era digital

O 1º computador foi criado em 1946 e pesava quase 50 toneladas. Já a internet ganhou vida em 1969.

Mas foi apenas nos 1980 que as primeiras grandes redes começaram a funcionar e tiveram o seu boom nos anos 1990, com a criação da World Wide Web.

A 1ª forma de propaganda na internet veio com os banners, sendo o 1º deles datado de 1994.

O mais surpreende é que o pioneiro foi, também, um grande sucesso: atingiu uma taxa de cliques de 40% — número muito acima da média atual, que é de 0,05%.

O marketing digital

Os anos 1990 podem ser chamados como a era dos grandes portais da internet. Foi nesse período que nasceram empresas como AOL, MSN e Yahoo!.

Na mesma década, a Amazon vendeu o seu 1º livro, e correio eletrônico (o e-mail) passou a ser de uso comum. Isso estimulou o surgimento das primeiras campanhas de e-mail marketing.

Mas, de todas as empresas e as invenções na internet, talvez uma possa ser considerada a mais revolucionária: o Google e o seu potente buscador.

As redes sociais também se destacam como ferramentas de marketing da era moderna. No Brasil, a 1ª grande rede foi o Orkut, agora substituída pelo Facebook, pelo Instagram e pelo Twitter.

O marketing atualmente vem trilhando um caminho inverso ao da história, tornando-se menos invasivo e mais receptivo. Essa é a premissa do inbond marketing, cujo objetivo é fazer o cliente encontrar as empresas de forma cada vez mais natural.

Muita coisa aconteceu desde a invenção da impressora até os aplicativos de celular. Todavia, o objetivo do marketing continua o mesmo, e as diferentes mídias se adaptam para se manterem relevantes.

Mas é inegável que estamos vivendo a era do marketing digital. De acordo com a revista Forbes, até o de 2021, os investimentos anuais na área vão chegar a 120 bilhões de dólares nos Estados Unidos. No Brasil a tendência é a mesma.

Agora que você aprendeu sobre como surgiu o marketing, leia este post sobre o Google Acadêmico e aprofunde os seus estudos!