facebook api de localização

Facebook pretende criar anúncios baseados em dados de localização do Instagram

Quer ficar por dentro de como o Facebook planeja utilizar do histórico de localização do Instagram para criar anúncios mais amigáveis para os usuários da rede? Então confira este post!

O que mais se comenta atualmente é a série de tropeços que o Facebook deu este ano e que lhe custaram uma perda considerável de credibilidade.

E um dos que mais repercutiu nos últimos dias foi um novo vazamento que deixou expostos mais de 50 milhões de perfis e, em seguida, surgiram ainda mais notícias sobre perda de dinheiro — e de confiança.

Mas como muitas vezes acontece, para cada novo problema, uma nova ideia.

Até porque o gigante da interação social não é tão fácil ser derrubado. Apesar de todos os seus problemas, continua oferecendo novidades para não perder espaço.

Quer saber qual a mais nova estratégia do Facebook? Então continue com a gente!

Como o Facebook usará os dados de localização do Instagram?

Como muitos já sabem, a corrida para gerar renda em redes sociais se concentrou no uso de anúncios pagos.

Por isso, todas as plataformas tentam encontrar saídas econômicas nessa área, ampliando ao limite as possibilidades de espaços para colocar anúncios.

Mas como fazer isso sem prejudicar a experiência do usuário?

De acordo com os últimos testes do Facebook, além dos stories ads, uma ótima solução para isso seria mostrar anúncios relevantes para cada pessoa, tendo como base a sua localização.

Portanto, para expandir a oferta de anúncios pagos sem perder qualidade na experiência, seria preciso, em primeiro lugar, ter um senso de oportunidade muito apurado.

E para isso o Facebook usaria não apenas sua Inteligência Artificial, mas também dos seus dados no Instagram.

Como funcionarão os anúncios baseados na localização do Instagram?

Cruzando o histórico de localização gerado enquanto o usuário está ativo, ou não, no aplicativo, o Facebook teria informações detalhadas, de modo a lhe oferecer um anúncio no momento em que você está próximo do seu anunciante.

Além disso, esses dados estariam disponíveis para os usuários em seu perfil de atividade do Facebook, mostrando mapas diário com informações de onde você esteve nos últimos dias.

Mas você pode estar pensando: com toda essa crise de confiança, não quero que meus dados sejam utilizados dessa forma.

E de acordo com a empresa, isso não é um problema, pois você teria a possibilidade de inserir as configurações do seu Instagram e inibir a troca de dados.

Com um único porém: não seria mais possível ativar a sua localização no aplicativo de fotos.

E aí? O que você achou dessa possível integração entre Facebook e Instagram?

Uma coisa é certa, o Facebook não deixa de nos surpreender, por isso, se você quer ser um especialista no assunto, faça o download do nosso ebook Marketing no Facebook e aprenda tudo sobre ele!

Marketing no Facebook

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo