Estudo de mercado

Passo a passo: fazendo um estudo de mercado de alta qualidade

O estudo de mercado possibilita compreender aspectos quantitativos e qualitativos do nicho que você pretende atuar ou já está atuando.

Ele funcionará como um guia para determinar a eficiência das suas campanhas publicitárias e campanhas de marketing.

Esse tipo de estudo é muito importante para os negócios, pois a partir dele é que se conhece:

  • o público-alvo (Persona);
  • os concorrentes;
  • os principais comportamentos de compra dos consumidores;
  • os principais segmentos do nicho.

Assim, por meio do estudo de mercado, é possível ter uma visão holística do nicho desejado e criar estratégias de ação para o negócio.

No entanto, para alcançar esse resultado, é necessário fazer um estudo de mercado de forma adequada e com alta qualidade.

Neste post, você entenderá quais são os principais tipos de pesquisa de mercado existentes e alguns passos que devem ser tomados para realizar um estudo de mercado relevante e assertivo.

Vamos lá?

Conheça os principais tipos de pesquisa de mercado

Uma pesquisa de mercado consiste no esforço organizado para coletar informações sobre nichos e consumidores específicos.

Geralmente esse tipo de pesquisa é feito utilizando métodos e técnicas estatísticas para que as informações obtidas possam subsidiar a tomada de decisões estratégicas para o negócio.

Existem várias classificações para as pesquisas de mercado. Uma das classificações existentes divide esse tipo de pesquisa em:

  • pesquisa de oportunidade: venda, produto e mercado;
  • pesquisa do esforço de vendas: organização de vendas, vias de distribuição e propaganda.

Outra classificação divide a pesquisa de mercado em 3 diferentes subtipos.

O 1º deles é a pesquisa exploratória, que possui como objetivo descobrir novas tendências.

Já o 2º subtipo é a pesquisa descritiva, que tem como finalidade descrever as características de determinada situação.

O 3º subtipo, a pesquisa experimental, destina-se a testar hipóteses específicas sobre determinado aspecto do mercado.

Uma metodologia de pesquisa de satisfação que é muito utilizada no mundo é a Pesquisa de Mercado de Net Promoter Score (NPS). Nesse método de pesquisa, os consumidores respondem a seguinte pergunta: “quanto você indicaria a nossa empresa para um amigo, em uma escala de 0 a 10?”.

Os entrevistados que dão notas 9 e 10 são considerados promotores da marca; os que dão notas 7 e 8 são neutros; já aqueles que dão notas igual ou menor do que 6 são considerados detratores da marca.

Outro exemplo de pesquisa de mercado é fazer um teste de nome para novos produtos e serviços, pois escolher o nome para um novo empreendimento não é tarefa fácil e tem grande impacto para o negócio.

Por meio desse tipo de pesquisa é possível verificar se as pessoas gostam ou não da sonoridade de um nome. Pode-se também avaliar se o nome remete à ideia de um produto mais barato ou caro, além de possibilitar a avaliação da intenção de compra dos entrevistados.

Um tipo de pesquisa exploratória que pode gerar insights interessantes é a pesquisa de mercado de hábitos de consumo focada nas redes sociais. A partir desse tipo de pesquisa, é possível saber qual é a rede social mais adequada para a marca estar presente, levando-se em consideração os hábitos e o perfil do público-alvo.

Portanto, existem diversos tipos de pesquisa de mercado, e o formato mais apropriado para ser utilizado vai depender da demanda da empresa.

Descubra 7 passos para fazer um estudo de mercado com sucesso

Muitos negócios são iniciados sem ser feito um bom estudo de mercado nem um planejamento. Isso é um erro muito comum e pode gerar diversos problemas.

Assim, fazer um estudo de mercado de qualidade é essencial para quem quer ter um negócio bem-sucedido.

Para que um estudo de mercado seja eficiente, não é preciso que ela seja complicado. No entanto, é imprescindível conhecer qual é a estrutura fundamental que um estudo de mercado deve ter.

Alguns aspectos essenciais que um estudo de mercado deve abranger são:

  • barreiras de entrada;
  • concorrência;
  • mercado-alvo;
  • necessidades do mercado-alvo;
  • regulamentação;
  • segmentação.

A segmentação pode ser definida como o processo de identificação do perfil de grupos distintos de compradores em relação às suas necessidades e às suas preferências.

Dependendo do mercado de atuação, é muito importante fazer a segmentação do público-alvo, principalmente caso os concorrentes já adotem essa postura.

Ter um mercado-alvo consiste em identificar um nicho de mercado que tenha potencial para gerar lucratividade.

Além de identificar o mercado-alvo, é muito importante identificar as necessidades do mercado-alvo, ou seja, saber quais são as necessidades do público-alvo de um nicho e como o produto e/ou serviço que será oferecido poderá suprir essas necessidades.

Avaliar a concorrência é um aspecto muito relevante em um estudo de mercado. Não basta saber quais são as necessidades do público de um nicho do mercado, é preciso também saber o que os concorrentes estão fazendo e oferecer soluções diferenciadas aos consumidores.

Antes de iniciar um negócio, um aspecto para ser pensado são as possíveis barreiras de entrada no mercado. Como o próprio nome indica, esse aspecto se refere aos obstáculos que precisam ser vencidos para entrar no nicho de mercado.

Fazer a identificação das barreiras de entrada no mercado serve, também, para descobrir o quão difícil é para novos concorrentes investirem no mesmo nicho.

É preciso considerar toda a regulamentação envolvida no negócio. Um estudo de mercado, portanto, deve considerar os custos com burocracias e com a contratação de contadores, advogados, entre outros profissionais especializados.

Veja, a seguir, um passo a passo para te ajudar a elaborar um estudo de mercado de forma simples e eficiente:

1. Definir as perguntas a serem respondidas com o estudo

Antes de iniciar um estudo de mercado, é preciso saber qual a razão pela qual ele é necessário.

Geralmente um estudo de mercado é feito para saber a viabilidade de um novo empreendimento, para lançar um novo produto, para identificar oportunidades de negócio etc.

Em seguida, deve-se definir quais são as perguntas para as quais se deseja obter respostas, pois isso vai dar todo o direcionamento das pesquisas a serem realizadas, impactando a análise e a conclusão dos resultados.

2. Identificar o público-alvo e segmentá-lo

Conhecer bem o público-alvo é essencial para elaborar estratégias de marketing e de vendas. Você precisa saber informações específicas como:

  • onde moram;
  • o que gostam ou não gostam de fazer;
  • como preferem ser atendidos;
  • etc.

Os critérios mais comuns para fazer a segmentação do público-alvo são:

  • segmentação geográfica: onde o público-alvo mora e trabalha;
  • segmentação demográfica: características como sexo, idade, classe social etc.;
  • segmentação psicográfica: valores, estilo de vida e personalidade;
  • segmentação comportamental: onde o público-alvo procura conteúdos e produtos.

A partir dessas informações, é possível criar as personas do negócio, ou seja, representações semi-fictícias do seu cliente ideal.

3. Verificar quais são os concorrentes e as suas principais ações

Essa etapa do estudo de mercado consiste em identificar quais são as outras empresas que ofertam o mesmo produto ou serviço que você deseja vender. Isso possibilita um Benchmarking eficiente.

Além de saber quem são os concorrentes, deve-se entender:

  • como eles trabalham;
  • quais são os seus pontos fortes e negativos;
  • quais canais utilizam para fazer o atendimento aos clientes;
  • qual é a margem de lucro dos produtos ou dos serviços que oferecem;
  • etc.

4. Apurar a regulamentação sobre o mercado-alvo

É importante saber quais são os órgãos governamentais e até mesmo instituições não governamentais que exercem influência sobre o mercado-alvo que se pretende atuar ou já está atuando.

5. Selecionar e desenvolver técnicas para recolher informações

Para obter as informações necessárias para responder as perguntas previamente definidas, deve-se, primeiramente, selecionar as técnicas de pesquisa mais relevantes para cada objetivo. As técnicas de pesquisa podem ser qualitativas ou quantitativas.

As técnicas qualitativas se preocupam com o significado, e não com os números, podendo revelar opiniões, motivações e atitudes dos consumidores. As 2 técnicas de pesquisa qualitativa mais utilizadas são a discussão de grupo e a entrevista pessoal.

Já técnicas quantitativas são feitas para a obtenção de dados quantificáveis, que podem ser submetidos a tratamentos estatísticos. Nesse caso, geralmente são usados formulários e questionários.

6. Coletar as informações e fazer a análise dos dados obtidos

Para coletar as informações, pode-se fazer buscas na internet, entrar em contato com entidades governamentais e com o público-alvo, além de visitar empresas concorrentes.

Depois de recolher as informações, é importante organizá-las para que possam ser feitas análises de resultados e a elaboração das conclusões do estudo.

7. Incluir os resultados do estudo de mercado no plano de negócios

A partir da realização de um estudo de mercado, você saberá:

  • quais são os melhores setores ou nichos de mercado para investir;
  • quais são as falhas atuais do mercado;
  • onde há boas oportunidades;
  • e como funciona a sua concorrência.

É importante utilizar todas essas informações para elaborar o plano de negócios e ter uma visão holística do empreendimento.

Dessa forma, existem diversos tipos de pesquisa de mercado, e o formato mais adequado para ser usado depende das perguntas que se pretende responder e da demanda da empresa.

Além disso, para fazer um estudo de mercado eficiente, primeiramente é preciso definir as perguntas a serem respondidas com o estudo. Deve-se, também, identificar o público-alvo, segmentá-lo e verificar quais são os concorrentes e as suas principais ações.

Não deixe de apurar a regulamentação sobre o mercado-alvo. Após selecionar e desenvolver técnicas para a coleta de informações, é necessário fazer a análise dos dados obtidos e incluir os resultados do estudo de mercado no plano de negócios

Quer saber mais informações relevantes sobre estudo de mercado? Então leia o post “5 formas da pesquisa de mercado potencializar o seu conteúdo”!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo