Gamificação no E-commerce

Gamificação no E-commerce: o que é e como utilizar?

A gamificação é um processo que envolve estratégias de jogos em ambientes variados. Entenda como ela pode ser aplicada no seu e-commerce!

Você conhece a estratégia que pode te ajudar no aumento engajamento e estímulo de consumo dos seus clientes?

Nesse artigo falaremos sobre a importância da gamificação no e-commerce e as melhores formas de aplicar dentro das suas estratégias de marketing.

Antes de entrarmos nos detalhes sobre as técnicas aplicadas nesta estratégia, apresentaremos para você o conceito sobre o que é gamificação. Então vamos lá.

O que é gamificação?

Podemos definir que a gamificação (ou ludificação) é composta por diversas técnicas que adotam mecanismos e processos utilizados nos jogos, só que em contextos externos.

Na grande maioria das vezes a gamificação é aplicada em cenários em que o objetivo é aumentar uma interação com as pessoas, fazendo com que elas adotem um determinado comportamento desejado por quem a desenvolveu.

O poder da gamificação

Uma grande parcela das empresas já têm adotado essa estratégia, como projetos envolvendo sistemas de aprendizagem de Ensino à Distância e ONGs. Por isso, a aplicação da gamificação no e-commerce não seria diferente.

Para confirmar o poder dessa estratégia separamos algumas estatísticas para você:

  • 53% das entidades ligadas à tecnologia disseram que, em 2020, o uso de gamificação será generalizada.
  • Em 2018, o mercado global de gamificação atingirá US $ 5,5 bilhões.
  • A gamificação pode ajudar no aumento da probabilidade de cliques para compra em 600%.
  • Campanhas de gamificação, se aplicadas da maneira correta, pode gerar um aumento de até 2X o tempo que os clientes gastam em seu site.
  • Segundo uma pesquisa, 48% da pessoas entrevistadas disseram que eles gostam quando sites ou aplicativos permitem aos compradores ganhar pontos fazendo compras.

Gatilhos fundamentais na gamificação

Em qualquer estratégia de gamificação é muito importante que 2 tipos de gatilhos mentais sejam aplicados constantemente, sendo eles o de recompensa e punição.

Recompensa

Os jogos estão presentes no cotidiano da maioria das pessoas e em todas as faixa etárias. Por isso, a aplicação dessa estratégia pode te ajudar para aumentar o resultado de vendas do seu negócio.

Segundo um estudo realizado pela Translational Psychiatry da Nature, o relatório aponta que quando jogamos, a área do cérebro que aponta maior desenvolvimento está interligada ao sentimento de recompensa que estimula a liberação da dopamina em nosso organismo, que hormônio responsável pelo prazer e satisfação.

Punição

Não há nada pior do que ver escrito “game over”, correto?

Esse sentimento de perda reflete a punição, que também é um outro gatilho muito importante nas suas estratégias de gamificação e que deve ser inserida no momento certo para que instigue o usuário a executar uma determinada ação para não perder um “prêmio”, por exemplo.

Isso faz com que desperte o senso de urgência dessa pessoa.

Maneiras de aplicar a gamificação no seu e-commerce

Existem algumas maneiras simples para você iniciar a gamificação no seu e-commerce, sendo elas:

Emblemas de conquista e níveis de conquistas

Se você quer gerar um senso de exclusividade, os emblemas são a melhor escolha, pois com eles você consegue fazer com que os seus clientes aumentem seu ticket de compra.

Por exemplo: clientes que fazem compras de até R$ 50,00 possuem o emblema bronze, já os que possuem compra de R$ 100,00 se tornam prata. Isso vem acompanhado de uma série de benefícios como descontos, sorteios e promoções.

Veja este exemplo do Mercado Livre, que concede diferentes emblemas de acordo com o avanço do usuário em suas compras:

Mercado Livre Gamificação

Programas de fidelidade

O programa de fidelidade é uma ótima forma de aumentar a taxa de recompra em sua loja virtual, pois faz com que a frequência de compra dos clientes aumentem. Você pode adotar ofertas como “na terceira compra, o frete é gratuito”.

Veja o exemplo:


Programa de fidelidade

Sistemas de pontuação

Para empresas que desejam aumentar o engajamento entre os clientes da sua loja, uma boa maneira é o sistema de pontos, pois ele instiga o senso competitivo, sendo um ótimo gatilho para sua estratégia.

Veja o exemplo da Tim Beta:

Tim Beta

 

Construindo um projeto de gamificação para o seu e-commerce

Agora que você já sabe o que é preciso para executar essa estratégia, chegou a hora de partirmos para fase prática. Antes de tudo, é fundamental entender alguns conceitos que compõem a gamificação.

Os 3 principais elementos da gamificação

Nessa primeira fase é muito importante que você conheça os três elementos que deverão compor a estratégia, sendo eles dinâmicas, mecânicas e componentes. Veja a esquematização deles na Pirâmide dos elementos de Jogo, adaptada por Werback e Hunter (2012):

pirâmide dos elementos de jogos

Dinâmicas

Dentro dessa camada podemos dizer que é onde está todos os temas relacionados a estrutura do jogo, ou seja, a fase que está conectada a experiência do jogador.

Mecânicas

Podemos dizer que compõem elementos mais característicos ao jogo e menos abstratos. É o conjunto de ações que podem ser executadas no jogo.

Componentes

Na terceira e última camada se encontram os elementos mais claros e específicos do jogo, que podem ser vistos e gerar interação com o jogador.

Agora que temos os conceitos base entendidos, vamos ver como desenvolver a estratégia de gamificação no seu e-commerce:

Desenvolva um framework

Para facilitar na criação do framework do seu projeto, podemos utilizar o modelo desenvolvido por Kevin Warback que é composto por 6 elementos:

elementos da gamificação

Defina seus objetivos

Para desenvolvimento de qualquer estratégia ou ação de marketing, você deve ter um objetivo bem claro, pois ele deverá estar alinhado diretamente com os resultados que a empresa deseja alcançar. Para estabelecer essas informações, responda duas perguntas bem simples:

  1. Por que você deseja gamificar?
  2. Quais são resultados que deverão ser atingidos?

Esboce o comportamento desejado

Um erro e todo seu projeto pode ser comprometido. Assim, é importante que você saiba guiar o comportamento dos seus clientes de acordo com os objetivos estratégicos definidos na fase anterior.

Para deixar esses comportamentos mais fáceis de serem mapeados, inclua perguntas como:

  • O que seu cliente deve fazer?
    Exemplo: Aumentar a frequência de compra em nossa loja
  • Como ele deve fazer?
    Exemplo: Fazendo mais de 3 compras no trimestre
  • Onde ele deve realizar essas ações?
    Exemplo: Em nosso programa X de pontuação de cliente
  • Quanto ele deve executar essa ação?
    Exemplo: A cada 2 meses

Descreva os jogadores

Aqui é muito simples, basta você desenvolver a persona ideal para participação da sua estratégia, mapa da empatia ou até mesmo o quadro criado por Richard Bartles que compõem os 4 tipos de jogadores.

Activy Loops

Nessa fase você precisa de uma ajuda profissional, seja uma agência de marketing digital ou um especialista em sua equipe. Não é qualquer pessoa que consegue trabalhar com as técnicas de game design necessárias para os processos da gamificação, como motivação, ação e feedback.

Foque na diversão dos seus clientes

Quando estiver criando a dinâmica, a mecânica e as composições é fundamental que você não tenha como objetivo apenas aumentar os resultados do seu e-commerce. É claro que essa é a meta final, mas você deve prestar especial atenção se sua estratégia de gamificação está instigando o cliente, deixando o processo de compra mais divertido e natural.

Escolha uma ferramenta

A escolha da ferramenta, basicamente não é a escolha da tecnologia que fará o gerenciamento dos dados, e sim a maneira como você manterá os seus clientes engajados dentro do programa. Você pode usar sistemas de pontuação, níveis, emblemas e cupons, por exemplo.

Estabeleça um acordo de desempenho e desenvolvimento

Agora você deverá estabelecer algumas informações para avaliar o desempenho e também evolução dos seus clientes dentro do programa. São elas:

  • Perfil. Exemplo: ouro, prata e bronze.
  • Objetivos. Exemplo: 3 compras no trimestre, mínimo de X reais em compras.
  • Medição. Exemplo: 5 compras no trimestre equivalem à categoria ouro, 3 compras à prata.
  • Planejamento de desempenho. Exemplo: cupons, pontos ou qualquer outro item que incentive o usuário a atingir uma meta.
  • Planejamento de desenvolvimento. Exemplo: fazendo X, Y e Z, chega-se a categoria ouro.

Tenha sempre em mente que nunca é bom manter as pessoas no mesmo nível, por isso trace estratégias para fazer com que eles evoluam dentro do programa.

Expandindo o alcance da sua estratégia

Além, é claro, da sua base de clientes, você pode utilizar alguns canais como forma de atrair um novo público para o seus programas.

Redes Sociais

Uma das melhores maneiras de atrair um público é através das redes sociais, além de ser uma mídia que gera demanda para a sua loja, ela também possui um ótimo custo benefício em questão de investimentos em mídia paga.

Influenciadores Digitais

Se seu objetivo é gerar maior credibilidade para a sua estratégia e também atrair um público do seu nicho de mercado, usar os influenciadores digitais pode ser um ótimo caminho! Segundo uma pesquisa realizada pela Nielsen, em torno de 84% dos consumidores tomam decisões com base em opiniões de fontes confiáveis.

Monitore os seus resultados

Uma boa estratégia de gamificação para um e-commerce é aquele que possui ajustes e otimizações constantes de acordo com os feedback dos seus clientes e também com a análise das métricas de desempenho.

Por isso, para concluirmos este artigo aconselhamos que você faça o monitoramento desses dados periodicamente para obter bons resultados ao longo dessa jornada.

Gostou deste artigo ou ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário