Google Adsense

O que é Google Adsense? Como ele funciona? Como posso usá-lo?

Quer monetizar o seu blog mas ainda não sabe o que é Google Adsense? Corrija agora esse erro grave lendo esse artigo completo!

Se, por um lado, milhões de empresas buscam resultados melhores através dos links patrocinados, há um grande mercado para quem exibe esses anúncios.

O Google Adsense, um dos maiores programas de anúncios do mundo, é uma ótima opção para quem deseja ganhar dinheiro com um site ou blog.

Por meio dele, você consegue aumentar a receita do seu site de forma simples e automatizada, sem se preocupar demais.

Mas, o que é o Adsense, como ele funciona e como usá-lo da forma correta e ter os melhores resultados? É isso que vamos ver agora!

O que é o Google Adsense, afinal?

Talvez você não conheça o Google Adsense, mas, com certeza, já o viu em ação. Como assim?

O Adsense nada mais é do que uma plataforma que o Google criou para exibir os anúncios de seus milhões de clientes em sites e blogs espalhados pela web.

Então, sabe aquele site de notícias ou blog legal que você gosta de acompanhar? Se lembra daqueles banners de anúncios em vários formatos que eles exibem?

Há grandes chances desses anúncios serem exibidos por meio do Adsense, já que esse programa é um dos maiores e mais conhecidos do tipo no mundo.

Não é preciso fazer muito para usar o Adsense: você só precisa de um site com conteúdo original, uma conta do Google, telefone e endereço postal para se inscrever.

Quem usa o Adsense não precisa pagar nada, apenas divide com o Google a receita gerada com os anúncios exibidos.

As possibilidades de customização são muitas, o que torna o Adsense tanto atrativo quanto intimidador em alguns casos, principalmente para quem não conhece nada sobre o assunto.

Mas não é preciso ter medo. O Google tem simplificado a ferramenta a cada dia, e com a orientação certa você consegue monetizar seu site ou blog tranquilamente.

Como o Google Adsense funciona?

Muitas pessoas ainda tem dúvida sobre como funciona o Adsense, e deixam de usá-lo por medo de ser complicado demais.

Mas, não precisa ser assim. Veja um pequeno passo a passo de como o programa funciona:

Milhões de anunciantes disputam espaço no seu site

Milhões de empresas e profissionais anunciam todos os dias no Adsense, e eles naturalmente competem por espaços como os que você tem à disposição no seu site.

Dentre esses, é claro que nem todos vão se encaixar no seu nicho de conteúdo e falar com a sua persona, mas o Adsense tem mecanismos que resolvem esse problema facilmente.

Desse modo, somente os anúncios que tem a ver com o seu público são exibidos no seu site.

Esse encaixe é bom para quem anuncia, para o público interessado e para você, que gera mais receitas por conta disso.

Você decide os anúncios que vai exibir

A personalização de que falamos não acontece só por parte do Google, você tem liberdade total para escolher que anúncios quer ou não exibir.

Por isso, caso uma de suas preocupações seja com relação ao tipo de anúncio que vai ser veiculado, não precisa ter medo.

Nada do que você considerar impróprio para o seu público ou que não condiz com os princípios editoriais do seu site vai ser exibido.

Se exibir anúncios de texto, pode também alterar as cores deles, para que combinem melhor com o visual do seu site e fiquem mais atraentes.

Além de escolher o tipo de anúncio, você tem liberdade também de definir entre os muitos formatos, de acordo com os espaços que tiver reservado para isso em cada página.

Por fim, é só copiar e colar os snippets de código do Adsense no seu site para que os anúncios passem a funcionar.

Quando alguém vê o anúncio, você recebe

Essa é a melhor parte de usar o Adsense, receber sempre que o público se interessar e clicar em um dos anúncios exibidos.

É preciso entender alguns aspectos nesse respeito. Um deles é que o clique precisa ser qualificado para que você realmente seja pago.

Por exemplo, se alguém clicar no anúncio sem querer e fechá-lo em seguida, isso não conta.

Assim que tiver um valor mínimo em sua conta do Adsense, pode resgatar esse valor, que é pago mensalmente pelo Google.

Vale lembrar que pagamento não é feito imediatamente, e sim 21 dias depois do pedido. 

Então, é bom se planejar bem e seguir todos os passos estabelecidos pelo Google para o processo de pagamento.

Você aprende o que fazer com os relatórios do Adsense

Como toda ferramenta do Google, o Adsense conta com relatórios precisos que te ajudam a acompanhar o progresso dos anúncios.

Por meio deles, é possível ver os ajustes que farão maior diferença em aumentar as receitas e comparar também os resultados das alterações que você já fez.

O Adsense tem até um aplicativo para dispositivos móveis que permite acompanhar os resultados mesmo quando estiver em movimento.

6 tipos de anúncio do Adsense

As opções de anúncios são vastas para usar no seu site. Por isso, é importante entender bem cada uma delas, não acha?

Veja quais são os tipos de anúncio do Adsense e onde cada um se encaixa melhor:

Anúncios de texto

Os anúncios em texto são os mais simples que você pode exibir. Normalmente, eles incluem um título, que também é um link.

Esse link, ao ser clicado, leva o usuário até a página do anunciante.

Além disso, há também uma ou duas linhas de texto e um link para o site, que aparece em verde.

Os anúncios em texto são normalmente conhecidos como links patrocinados, e costumam aparecer nas páginas de resultados.

Anúncios gráficos

Entre as formas mais comuns de anúncios, estão os gráficos, que consistem basicamente de banners de vários tamanhos e formatos.

São mais de 15 opções de formato que você pode escolher na hora de veicular anúncios gráficos, que podem ser colocados em partes específicas da página.

A probabilidade de receita maior não é garantida, mas essa é certamente uma das opções mais usadas por quem usa o Adsense.

Rich Media

Já viu aqueles anúncios que, além de serem banners, são também interativos? Vídeos, gifs e outras animações são parte do que conhecemos por Rich Media.

Esse tipo de anúncio normalmente chama mais atenção do público, já que dependendo da ação realizada — como passar o mouse por cima do anúncio — fica impossível não ver o que foi preparado.

Só é preciso ter cautela para não deixar que os anúncios em Rich Media prejudiquem de alguma forma a experiência do usuário, e se tornem incômodos.

Blocos de links

Blocos de links também são bastante simples, e mais sutis, já que não apresentam nada gráfico.

Esses blocos apresentam uma série de tópicos que se relacionam com o conteúdo do site. Ao clicar nele, o usuário não vai para a página de um anunciante, como nos outros casos.

Ele é direcionado para uma página de anúncios do Google. Se nessa página ele clicar em algum anúncio, aí você recebe.

Anúncios responsivos

Muito se fala hoje na importância de ter sites responsivos para atender as necessidades de quem navega usando dispositivos móveis, certo?

Naturalmente, os anúncios também precisam se encaixar nesse contexto, caso contrário um mercado gigantesco estaria sendo desperdiçado.

Felizmente, o Google Adsense tem as ferramentas necessárias para que você consiga exibir e gerenciar anúncios responsivos.

Esses anúncios são redimensionados automaticamente com base no espaço disponível, e levam em conta também a direção da tela (modo retrato ou paisagem).

Conteúdo correspondente

Esse tipo de anúncio exige um pouco mais do seu site, já que tem de atingir a certos requisitos do Google primeiro.

Esses requisitos dizem respeito principalmente ao tráfego do site e ao número de páginas únicas.

O conteúdo correspondente é, basicamente, um bloco de matérias que podem interessar ao seu público, mas foram produzidas pelos anunciantes.

Se algum de seus leitores clicar em uma matéria recomendada, você recebe.

4 formas que o Adsense pode ser usado

Há pelo menos 4 formas em que o Adsense pode ser usado para te ajudar a ganhar mais dinheiro.

Veja quais são elas e quando faz sentido escolher cada uma:

Adsense para o conteúdo de um site ou blog

A forma mais comum de usar o Adsense é em sites de conteúdo, como portais de notícias e blogs, por exemplo.

Sites corporativos e de serviços normalmente não veiculam anúncios, já que isso seria uma distração do objetivo principal e prejudicaria também a marca.

Sites de conteúdo, por outro lado, normalmente geram renda justamente por meio de anúncios, de modo que o Adsense é perfeito para eles.

A forma mais comum são os já conhecidos banners, links de texto e blocos de conteúdo relacionado, que vimos acima.

Pesquisa personalizada no seu site

Outra forma bem interessante de usar o Adsense é por incluir seus anúncios na página de pesquisa do seu site.

Quando alguém pesquisa algo no seu site, anúncios relacionados com a pesquisa são mostrados.

Esses anúncios personalizados com base no assunto da pesquisa aumentam as chances de que os usuários encontrem algo interessante e cliquem na oferta.

Além disso, o nível de customização é alto, para que você tenha flexibilidade para definir a aparência da caixa de pesquisa.

Anunciar em sites de jogos

Isso talvez seja novidade para muitos, mas sites de jogos também podem se beneficiar do Google Adsense para exibir anúncios de vários tipos.

Antes de carregar a página principal, um vídeo ou animação pode aparecer em tela cheia, por exemplo.

Isso prende a atenção do público, que já busca por entretenimento e está em um momento mais descontraído, receptivo a esse tipo de interação.

Anúncios em vídeos

Para quem não sabe, o Youtube é uma empresa que pertence ao Google, e aqueles anúncios que aparecem no meio dos vídeos são do Adsense!

Você pode fazer o mesmo com os vídeos que passa em seu site, e exibir anúncios que são integrados a eles.

Em determinado momento do vídeo, o anúncio aparece, sem atrapalhar o consumo do conteúdo, mas com o potencial de despertar o interesse do espectador.

4 dicas para usar o Adsense com maestria

Por se tratar de uma ferramenta tão completa e potencialmente lucrativa, é essencial que você saiba explorar bem os recursos do Adsense para ganhar ter sucesso.

Confira essas 4 dicas práticas para gerar mais receita com os anúncios do Google na sua página:

Otimize os canais de anúncio

Os canais que você usa para exibir os anúncios, ou seja, seu site, blog, página de vídeos, etc. precisam ser otimizados a fim de trazer resultados mais interessantes.

Como isso pode ser feito? Quanto mais bem arquitetado for o seu site, mais fácil vai ser para garantir que os anúncios recebam a devida atenção sem prejudicar o conteúdo.

Esse equilíbrio é que vai te fazer gerar boas receitas e manter os visitantes recorrentes.

Melhore o design dos anúncios

É verdade que o design dos anúncios depende muito dos anunciantes, mas é você quem escolhe o que vai exibir no seu site, além dos formatos que prefere utilizar.

Então, escolha bem os anúncios que deseja exibir, veja se algum dos formatos não traz resultados tão bons quanto outros e faça alterações sempre que preciso.

Isso faz grande diferença na quantidade de cliques que você vai receber no fim das contas.

Realize testes A/B

Testes A/B são uma ótima maneira de saber o que dá melhores resultados. É bem simples: teste duas soluções diferentes e compare qual desempenha melhor.

Você pode testar desde os tipos de anúncios até o formato e tamanho, a distância entre os anúncios e o conteúdo e uma série de outros elementos na página.

Por fim, agir em cima do que encontrou é fundamental. Mantenha só o que gerar mais receita, e continue testando outros itens da página.

Encontre um parceiro especializado

Montar uma estratégia bem-sucedida de Adsense nem sempre é fácil. Como vimos, são muitos detalhes para ficar atento.

Então, se achar necessário, recorra a um dos parceiros certificados do Google para te ajudar em alguns dos pontos analisados aqui.

Eles com certeza o ajudarão a conseguir extrair mais do seu conteúdo e monetizar de forma mais ativa o seu site ou blog.

Mesmo com tantos formatos de anúncios e opções de uso para eles, o Google Adsense não é complicado demais. Tudo que você precisa fazer é escolher o que melhor se encaixa com o seu site e continuar testando novas soluções para encontrar o que dá melhores resultados.

Se você não gostar do Adsense, sabia que há muitas outras formas de ganhar dinheiro com o seu conteúdo? Veja aqui 25 alternativas ao Adsense!