homem usando o google trends

Google Trends: como ele pode ajudar a sua empresa?

Não seria ótimo ter uma ferramenta que permitisse ler a mente da sua persona antes dela pesquisar algo na Internet? O mais próximo disso que podemos usar atualmente é o Google Trends.

Quem trabalha com Marketing de Conteúdo sabe a importância de se comunicar bem com o seu público e produzir um material que dialogue com as necessidades dele. Afinal, quanto mais úteis forem seus posts, vídeos e artigos, melhor a relação com seus consumidores!

Mas para isso, você precisa saber o que sua persona pensa, quais assuntos a interessa e como ela faz buscas na Internet. Em outras palavras, você precisa dominar as tendências de pesquisas na sua área de atuação.

E é aí que entra o Google Trends! No artigo de hoje, você vai aprender:

  • o que é o Google Trends;
  • por que utilizá-lo;
  • como dominar as suas funções;
  • como usar seus dados para otimizar sua estratégia de marketing.

Ansioso? Então vamos começar!

O que é o Google Trends e por que utilizá-lo

Criado há mais de 10 anos, o Google Trends é uma das muitas ferramentas criadas para ajudar empresas e criadores de conteúdo a explorar o poder máximo que a Internet oferece.

O instrumento, que é disponibilizado gratuitamente pelo Google, permite que você acompanhe o nível de buscas na Internet de uma palavra-chave específica ou um tópico geral.

Além disso, você ainda pode comparar diferentes termos de pesquisa e avaliar a sazonalidade ou progresso de algum assunto durante um longo período de tempo.

Isso é possível pois o Trends utiliza uma base de dados do próprio Google, que guarda o histórico de todas as pesquisas feitas no seu buscador desde 2004 (excluindo termos com poucas buscas ou com caracteres especiais).

O Google Trends é vital para quem trabalha com Marketing de Digital pois a ferramenta é o mais próximo de um acesso à mente da sua persona que podemos ter.

Basicamente, a ferramenta permite que o seu planejamento editorial seja muito mais completo e eficaz, com mais chances de obter os resultados positivos que você espera. Excelente, não é mesmo?

primeiros passos no marketing digital

Como usar o Google Trends no seu planejamento

Uma das vantagens do Google Trends é que seu funcionamento é muito simples. Nem de cadastro você precisa! Basta entrar no site oficial e começar a fazer suas pesquisas.

Nesse artigo, nós vamos acompanhar ponto a ponto como explorar ao máximo o pontecial dessa ferramenta. Abaixo, você tem um print com a página inicial do Google Trends:

captura de tela do google trends

A página inicial da ferramenta pode ser dividida em dois pontos principais: seu cabeçalho e seu corpo.

No cabeçalho, na parte superior, você tem o acesso ao menu principal do Trends (o primeiro ícone no canto superior esquerdo) e à barra de pesquisa para explorar tópicos ou palavras-chave específicas.

Já no corpo da homepage, você confere alguns dos assuntos mais populares do dia, com a opção de filtrar os tópicos por categorias ou localização.

Nós vamos começar nossa análise pela funcionalidade mais famosa do Google Trends: a pesquisa por tópicos e palavras-chave. Na barra de busca da página inicial, nós digitamos “Marketing de Conteúdo” e esse é o resultado:

captura de tela do google trends

Logo na parte de cima do relatório sobre o nosso termo, é possível ver a opção de selecionar outros tópicos para comparar o volume de buscas e ver qual é mais popular. Se você clicar em “+ Comparar”, pode digitar qualquer outro termo e ver a relação entre ambos.

No menu debaixo, existem 4 opções de filtros e configurações para a sua pesquisa:

  • a primeira permite filtrar os dados com base na localização dos usuários;
  • a segunda define o intervalo do estudo (pode ser desde a última hora até 2004, com vários intervalos pré-definidos);
  • o terceiro campo permite filtrar pesquisas com base em categorias estabelecidas. É especialmente útil quando você procura por um termo que tem dois significados diferentes, como “programação”, que pode se referir ao conjunto de filmes em cartaz no cinema (na categoria Artes e Entretenimento), ou desenvolvimento de softwares (na categoria Computadores e Eletrônica);
  • a última opção permite selecionar a fonte dos dados: pesquisas no Google, Google Imagens, Google Notícias ou no Youtube.

Rolando a página, temos acesso a essa informação:

captura de tela do google trends

Esse bloco de informação mostra o nível de interesse do tópico pesquisado nas sub-regiões da localização selecionada. Por exemplo, no nosso caso, buscamos pelo interesse de Marketing de Conteúdo no Brasil, então vemos o interesse no assunto dividido pelos nossos 27 estados (mais o Distrito Federal).

Na parte superior direita do bloco, é possível selecionar se você quer a subdivisão em estados ou cidades, baixar os dados em CSV (para planilhas de Excel), obter o código para incorporar a informação no seu site ou compartilhá-la nas redes sociais.

Na parte final do relatório, temos mais dois blocos com informações interessantes:

captura de tela do google trends

O da esquerda mostra tópicos que estão relacionados ao termo que foi pesquisado. Na nossa busca por “Marketing de Conteúdo”, por exemplo, vemos termos em ascensão como a Rock Content, SEO (Otimização para motores de busca), LinkedIn, Estratégias de Marketing e livros relacionados de Marketing de Conteúdo.

No lado direito, temos a lista de pesquisas feitas no Google relacionadas ao termo buscado. No nosso caso, a busca mais popular é “o que é marketing de conteúdo”.

Nos dois blocos temos a possibilidade de fazer o download dos dados, incorporá-los em nosso site e partilhá-los nas redes sociais. Além disso, podemos selecionar as informações entre os termos “Em ascensão” ou “Principal”. Ou seja: aqueles que ganharam relevância no período selecionado e os mais populares em números totais ao mesmo tempo.

Guia do SEO 2.0

Esse é o recurso mais importante do Google Trends, mas não é o único. Veja abaixo algumas outras funções da ferramenta:

Tendências de Pesquisa

A primeira função extra do Google Trends você já conhece, pois ela já apareceu na página inicial da ferramenta: é a Tendências de Pesquisa.

Esse recurso permite acessar os principais assuntos pesquisados no Google na última hora. É possível filtrar as tendências por localização e conferir as pesquisas mais populares em tempo real pelo mundo.

Também é possível conferir as tendências de dias anteriores e se inscrever para receber notificações do Google pelo email com atualizações de hora em hora sobre os tópicos mais pesquisados.

captura de tela do google trends

Tabela de classificação

Essa função é atualizada uma vez por ano, com um balanço geral dos principais assuntos dos últimos 12 meses.

É possível fazer uma leitura mais completa da sociedade e ver os principais tópicos que foram buscados no Google durante o ano passado (e anteriores).

captura de tela do google trends

Como interpretar os dados na sua estratégia

Conseguiu assimilar todas essas informações até aqui? Ótimo, pois agora iremos ver na prática como aplicar tudo isso para sua empresa.

No nosso exemplo prático, vamos fingir que somos donos de uma agência de viagens. Nossa missão é preparar um calendário editorial básico com alguns conteúdos para o ano de 2018. Vamos começar?

Nosso primeiro passo é abrir o explorador de tópicos do Google Trends (pela opção Explorar, no Menu Principal) e filtrar os conteúdos que queremos:

captura de tela do google trends

Nós escolhemos trabalhar com um período de 1 ano atrás de dados, todos oriundos do Brasil e de pesquisas feitas no buscador do Google.

Uma das informações que chama a atenção é que, apesar de haver um ligeiro aumento de buscas no meio do ano, há uma estabilidade bem grande durante o ano, exceto no período do Ano Novo, quando esse tópico explode em pesquisas.

Ou seja, nosso pico é no intervalo entre 31 de dezembro e 6 de janeiro, com uma estabilidade de 60% disso em buscas durante todo o ano. Isso nos diz para poupar uma parte do nosso orçamento de Google Adwords para essa época, na tentativa de extrair o máximo desse aumento de interesse.

No campo de consultas relacionadas, vimos alguns termos interessantes como “checklist viagem”, “calculo de viagem”, “mala de viagem media” e “planeje sua viagem”. Essas buscas deram a ideia para criarmos alguns conteúdos interessantes, como os seguintes:

  • um post com a palavra-chave “checklist viagem” com os itens básicos que todo turista deve carregar;
  • um vídeo mostrando o que devemos carregar em uma mala de viagem padrão;
  • um aplicativo que permite calcular automaticamente o custo de uma viagem inserindo apenas algumas informações.

Esses três conteúdos já são bem interessantes para a nossa estratégia e oferece muito valor à nossa persona. Porém, olhando mais tópicos relacionados listados pelo Google Trends, achamos “lugares para viajar no Brasil”.

Quando clicamos em Explorar nesse termo, podemos obter uma lista de destinos buscados pelas pessoas:

captura de tela do google trends

Como foi possível ver, destinos como Fernando de Noronha, Arraial do Cabo, Jericoacoara, Porto de Galinhas e Gramado estão entre os mais buscados para turistas no Brasil.

Segundo o Google Trends, Gramado é o destino mais popular procurado entre aqueles na nossa lista. Porém, seu pico acontece no meio do ano e não no Ano Novo, que é nossa data mais importante.

Em segundo lugar vem Porto de Galinhas, que tem mais pesquisas na média durante o ano, mas é apenas o 3º destino mais popular na nossa data especial. Arraial do Cabo (o terceiro mais procurado no geral) foi o mais buscado no pico de pesquisas nos últimos 12 meses.

Em quarto lugar nas pesquisas em geral vem Jericoacoara (mas apenas o último no pico do Ano Novo) e em último Fernando de Norona (mas que brilha na nossa data específica).

Esses dados mostram a importância de produzir o conteúdo sobre Gramado com prioridade, mas também mostra que podemos dividir uma futura campanha de Adwords em dois períodos: um buscando o pico de Gramado no Inverno e outro priorizando os destinos de verão no Ano Novo.

Como deu para ver, com apenas alguns cliques no Google Trends conseguimos estabelecer um calendário editorial com bastante conteúdo. Nós poderíamos ir mais longe nesse exemplo, mas já deu para ver como a ferramenta funciona, não é mesmo?

Rotinas-de-Marketing

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo