Googlebot

Googlebot, entenda como funciona o robô do Google

O Googlebot é um programa desenvolvido pelo Google com a finalidade de rastrear as páginas públicas da web.

Você já se perguntou como o Google conhece tantos sites para retornar milhares (ou até mesmo milhões) de páginas nos resultados das nossas pesquisas no buscador?

Apesar de um pouco extensa, a resposta pode ser resumida em uma palavra: Googlebot.

Caso nunca tenha ouvido falar no Googlebot, não se preocupe. Neste post, vamos entender o que é esse recurso tão particular do Google, como ele funciona e qual é o seu impacto para o site da sua empresa.

Acompanhe!

O que é o Googlebot?

O Googlebot nada mais é do que um programa de computador desenvolvido pelo Google com a finalidade de rastrear as páginas públicas de toda a web.

Também chamado de crawler, spider ou bot (versão encurtada de robot), esse software navega de página em página por meio dos links que encontra em busca de novas webpages ou conteúdos atualizados.

Todos eles serão adicionados ao índice do Google, um processo conhecido como indexação.

O índice funciona como um banco de dados do mecanismo de busca.

É lá que ficam armazenadas as informações que o Googlebot conseguiu examinar nas páginas pelas quais passou, como a URL, o título e o conteúdo em formato de texto.

Para conseguir inspecionar as bilhões de páginas existentes na internet, o Google precisa manter diversas instâncias desses bots funcionando simultaneamente em um conjunto de computadores.

Vale lembrar que os outros buscadores têm os seus próprios bots. Por isso, usamos Googlebot para nos referirmos ao crawler específico do Google.

Como funciona o processo de rastreamento?

O processo de rastreamento do Googlebot precisa ter um ponto de partida.

O programa utiliza uma lista de URLs já definida anteriormente com base em rastreamentos já realizados.

Essa lista também é atualizada com a ajuda dos próprios webmasters, que podem enviar seus sitemaps diretamente pelo Search Console (uma ferramenta gratuita com diversos recursos que permitem analisar a situação do seu site no Google).

À medida que o Googlebot visita os sites dessa lista, ele detecta os links presentes em cada página e os inclui na fila de páginas a rastrear.

Conforme ele encontra conteúdos novos, mudanças nas páginas e links quebrados (quando um link não direciona para uma página válida e exibe o código de erro 404), envia essas informações ao índice para que ele seja atualizado.

Qual é o impacto do Googlebot no seu site?

Agora que você entende como funciona o processo do Google para fazer o rastreamento e a indexação de páginas, fica mais fácil compreender de que modo o Googlebot impacta o seu site.

O Google domina o mercado de buscas, contando com mais de 90% de participação — o que faz dele o buscador mais utilizado no mundo.

Tamanha quantidade de usuários explica o fato de esse mecanismo de busca ser uma excelente fonte de tráfego para muitos sites (e por que não para o seu?).

Contudo, o requisito mais básico para que isso ocorra é que o Google conheça o seu site.

Ou seja, ele precisa estar presente no índice para ter a possibilidade de aparecer no SERP, sigla em inglês para Search Engine Results Page ou página de resultados das pesquisas.

Quanto mais relevante for o conteúdo das suas páginas, maiores serão as chances de elas aparecerem com um bom posicionamento nas pesquisas e atrair a atenção dos usuários.

Mas isso já entra no assunto de Search Engine Optimization (SEO)…

Sendo assim, na próxima seção, vamos focar em maneiras de garantir que o Googlebot consiga visitar as suas páginas.

Como saber se o Googlebot consegue rastrear o seu site?

Para que uma página seja rastreável pelo crawler, é necessário construí-la com os padrões de HTML e não mantê-la com acesso pública, já que o bot não consegue transpor um sistema de acesso protegido por senha.

Sites criados em Flash, por exemplo, não são rastreáveis pelo Googlebot.

Inclusive, o uso dessa tecnologia já é considerado ultrapassado no mercado de busca e em outras áreas.

Superados esses requisitos, um cuidado que é preciso ter é verificar o robots.txt.

Trata-se de um arquivo que fica na raiz do site e define as páginas ou diretórios aos quais os bots podem ter acesso ou não.

Essa verificação é importante porque o profissional que desenvolveu o site pode ter configurado para que o Googlebot e outros bots não façam o rastreamento das páginas enquanto elas estiverem em fase de testes.

Por algum equívoco ou esquecimento, acontece de o robots.txt permanecer com essa restrição, impedindo que o Google e outros buscadores indexem as webpages.

E uma das maneiras mais simples de fazer essa verificação é por meio do Google Search Console, que citamos anteriormente.

Dentro da ferramenta, acesse a opção “Rastreamento” e depois “Erros de rastreamento”.

Na aba “Busca de robots.txt”, é possível visualizar se o Googlebot teve algum problema para rastrear o seu site nos últimos 90 dias.

Aliás, dentro da opção “Rastreamento” também existem as “Estatísticas de rastreamento”.

Com esse recurso, você consegue ver informações sobre a atividade do Googlebot dentro do seu site, como o número de páginas rastreadas por dia e o tempo que ele leva para fazer o download de uma página.

Também existe a opção de “Buscar como o Google” e analisar como o buscador processa as páginas do seu website.

Basta inserir a URL e clicar em “Buscar”. Depois, é só conferir os detalhes do teste para garantir que tudo está funcionando corretamente.

Por fim, concluímos que o Googlebot é parte essencial da inclusão do seu site no Google e a frequente atualização do índice conforme você renova ou adiciona novos conteúdos.

Se por algum motivo você bloqueá-lo ou dificultar o seu trabalho de rastreamento, poderá perder uma das melhores fontes de tráfego orgânico que existem e, possivelmente, deixar passar ótimas oportunidades com usuários com o potencial de se tornarem clientes.

Se você gostou deste post, continue se informando com nossos posts sobre SEO e o funcionamento dos mecanismos de busca.

Fica a sugestão de conferir o passo a passo completo e definitivo para indexar as suas páginas no Google!

 Chatbots e Marketing ebook

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo