Hospedagem WordPress: O que é, diferenças entre a Hospedagem Comum e para quem é indicada

Conhecer uma das principais opções de hospedagem disponíveis no mercado pode te ajudar — e muito — na hora de criar o site do seu negócio. Neste post, conheça mais sobre a hospedagem WordPress e sobre o que ela tem de diferente das demais!

Uma verdade que toda empresa vai descobrir, mais cedo ou mais tarde, é que para fazer marketing digital e ver resultados consistentes, de forma duradoura, é preciso ter um site próprio.

Por mais que as redes sociais sejam ambientes cada vez mais voltados para fazer negócios, é no seu próprio site que os clientes em potencial terão a chance de se conectar de forma mais profunda com a sua marca, entender e desejar seus produtos.

Logo depois de perceber isso, vem as dúvidas técnicas com relação à criação e a manutenção do site, como: é mesmo preciso investir em design responsivo? Como otimizar as páginas para SEO? E qual hospedagem escolher?

O foco deste artigo é responder a última. Entre as opções mais conhecidas, a hospedagem WordPress tem chamado a atenção de muitos empreendedores que buscam qualidade e simplicidade. Veja tudo que precisa saber sobre ela agora!

Neste artigo você vai ver:

  • O que é o WordPress, e por que ele é tão popular?
  • Quais os principais recursos do WordPress?
  • Quais as diferenças entre a hospedagem WordPress e a comum?
  • A hospedagem WordPress é indicada para mim?

O que é o WordPress, e por que ele é tão popular?

O WordPress é o sistema de CMS (Content Management System), ou sistema de gerenciamento de conteúdo, mais usado e respeitado no mundo.

Só para você ter noção de quanto ele é popular, 30% de todos os sites na internet usam o sistema!

Existem muitas outras opções de qualidade para gerenciar websites, quer sejam estáticos ou possuam conteúdo dinâmico, como blogs. Mas nenhuma delas sequer chega perto do WordPress em popularidade. Por quê?

Veja 3 dos principais motivos para isso acontecer:

Open Source

A primeira característica que torna o WordPress tão popular é sua estrutura Open Source, ou seja, ele é feito em código aberto.

Na prática, isso significa que qualquer programador que ler a documentação e estiver disposto a contribuir para o desenvolvimento do sistema pode participar em torná-lo melhor a cada dia.

Basta ler a documentação de como o CMS funciona e seguir os passos destacados para os membros da comunidade para ajudar a torná-lo mais rápido, estável e confiável a cada dia.

Esse modelo colaborativo de funcionamento — muito comum em vários tipos de sistemas digitais — também faz com que o WordPress seja gratuito.

Isso certamente pesa muito na escolha final dos usuários, já que plataformas fechadas envolvem investimentos muito altos, que estão fora do alcance de pequenos empreendedores e pessoas que querem apenas testar uma ideia de negócio.

Comunidade ativa

De nada adiantaria ser um software de código aberto se não tivesse voluntários dispostos a participar na manutenção da plataforma. Felizmente, a comunidade do WordPress é bastante ativa.

Essa comunidade se divide entre desenvolvedores, designers que se dedicam a criar templates para a plataforma e usuários que participam ativamente nos fóruns para tirar dúvidas de outros que passam por dificuldades técnicas.

Esse é outro fator que faz diferença na hora de selecionar uma plataforma, pois mesmo quem não conhece muito de programação pode aprender e contar com a ajuda de outros para realizar o que pretende.

Documentação extensa

A documentação de um sistema, principalmente Open Source, diz muito sobre ele, e não estou falando apenas de deixar claro como a plataforma funciona.

Ela serve para indicar o quanto o software em questão é organizado e sério em sua proposta de valor. Nesse respeito, o WordPress se sai bem mais uma vez.

Com uma documentação extensa, traduzida em diversos idiomas e que não para de evoluir, dá para perceber que o WordPress oferece a segurança necessária que qualquer organização precisa, mesmo para os projetos mais ambiciosos.

Opções de customização

Por último, mas não menos importante, estão as opções de customização quase infinitas que o WordPress oferece aos usuários.

Não importa quais sejam as suas ideias e necessidades, provavelmente podem ser feitas no WordPress, com qualidade superior a outras plataformas de gerenciamento.

É possível criar desde um simples blog para passar o tempo até um portal de notícias mundialmente famoso, ou uma operação de e-commerce completa.

Você pode mudar o layout, otimizar o SEO, automatizar publicações, estender funcionalidades, interagir com o público e realizar uma série de atividades importantes direto da interface administrativa, sem contar as opções avançadas para desenvolvedores.

Quais os principais recursos do WordPress?

Conhecer os principais recursos do WordPress é uma boa forma de ver se essa plataforma tem o que você precisa para a sua estratégia digital.

Afinal, só porque a maioria das pessoas faz bom uso dele que não significa que seja, automaticamente, a melhor escolha para o seu site.

Entre os maiores atrativos para sites de todos os tipos, de blogs a soluções de e-commerce, podemos destacar:

Temas acessíveis (e altamente customizáveis)

Escolher um tema no WordPress é tarefa das mais fáceis. Basta escolher entre milhares de layouts prontos, muitos deles gratuitos, e instalar na sua área administrativa em poucos minutos.

Como já destacado, o WordPress conta com uma comunidade gigantesca, então é fácil encontrar recursos para a plataforma, como temas gratuitos de qualidade.

Além disso, é possível comprar temas baratos e contratar um profissional habilitado para fazer os ajustes necessários e deixar o site com a identidade visual da sua empresa.

Assim, você tem várias opções para conseguir um site de qualidade, feito sem demora e custando uma fração do que seria investido na produção de um website do zero em alguns casos.

Estrutura completa de gerenciamento

Tudo que você precisa está no WordPress: funções para produzir, publicar e editar postagens, integrar ferramentas de marketing e vendas, analisar métricas de desempenho, interagir com o público por meio dos comentários e assim por diante.

É uma estrutura completa de gerenciamento, que pode ser usada de forma simples e contínua tanto por empreendedores individuais quanto por empresas multinacionais.

Existe até a opção de contar com vários subdomínios sob a mesma interface administrativa, o que é bastante útil para sites em vários idiomas ou para empresas que usam subdomínios relacionados entre si.

Plugins variados

Tudo que não for possível fazer com os recursos nativos do seu tema pode ser melhorado com a ajuda de plugins. Eles servem para aumentar o leque de possibilidades do seu site.

A biblioteca de opções é simplesmente impressionante, e conta com ferramentas de vários tipos para executar tarefas importantes e melhorar o desempenho do site.

Novamente, você tem a opção de comprar plugins Premium, se precisar de funções muito específicas.

Mas, normalmente, as empresas que os vendem contam com sistemas de suporte de qualidade, além de oferecer um valor que supera rapidamente o investimento.

Quais as diferenças entre a hospedagem WordPress e a comum?

Diante do grande apelo do WordPress, e baseando-se exatamente no fato de que a maioria dos sites usa a plataforma, muitos servidores decidiram oferecer uma opção direta e customizada: a hospedagem WordPress.

A maior dúvida de quem se depara com essa opção na hora de contratar um plano de hospedagem é: “será que essa é a solução mais indicada para mim?”

Antes de responder essa questão, vamos entender melhor as principais diferenças entre a hospedagem WordPress e a comum, também conhecida como hospedagem compartilhada.

São 4 diferenças principais que merecem a sua atenção ao fazer essa escolha importante:

Acesso ao painel administrativo

A primeira grande diferença da hospedagem WordPress para a alternativa mais comum no mercado, a compartilhada, diz respeito ao acesso do painel administrativo.

A hospedagem compartilhada opera na tecnologia CPanel conta com uma interface cheia de opções e caminhos diferentes para seguir.

Por outro lado, quem contrata o serviço exclusivo do WordPress tem apenas uma interface simples à disposição, com as ações básicas do sistema CMS.

Nessa versão simplificada, o usuário consegue criar contas de e-mail, adicionar domínios e realizar algumas outras ações específicas, mas nada muito diferente disso. É bem direto e prático.

Uso de outras plataformas

Numa hospedagem que dá acesso à interface CPanel, você tem uma flexibilidade muito maior para testar vários sistemas CMS ou mesmo instalar apenas uma versão HTML (a mais simples) do seu site.

Já com a hospedagem WordPress isso não acontece. O plano contratado é específico, e não há o que testar ou explorar. Tudo se resume a manter um sistema WordPress em funcionamento, nada mais.

Vale lembrar que a hospedagem compartilhada também dá acesso ao sistema WordPress, então optar por ela não significa abrir mão do CMS. Apenas requer um pouco mais de familiaridade com a interface na hora da instalação.

Recursos extras

A hospedagem WordPress também conta com alguns recursos extras, algo já esperado em troca da flexibilidade que se perde com relação às opções convencionais.

Uma das vantagens é que ela oferece backup automático do site e do sistema, algo que aumenta bastante a segurança da operação. Outro recurso que costuma fazer parte desse tipo de solução previne ataques de hackers.

Ainda outro benefício é o CDN (sigla em inglês que significa “Rede de Distribuição de Conteúdo”), uma forma de agilizar o carregamento das páginas — isso é importante para a experiência do usuário e até para o ranqueamento no Google!

Preço

Com os benefícios a mais que acabamos de citar, nada mais natural que haver uma diferença de preço na hospedagem WordPress. Certo?

Levando em conta que a hospedagem compartilhada é o modelo mais usado no mundo e que a concorrência é enorme, essa solução é mais barata que a hospedagem WordPress.

Mas, mesmo que o preço seja importante para a sua decisão, não presuma logo que é melhor deixar de lado a hospedagem WordPress. Pense em qual é a sua condição como cliente.

Você tem o conhecimento necessário para usar o CPanel sem dificuldades? Caso não tenha, quanto gastaria para contratar um profissional dedicado a manter o sistema?

Todos os custos devem ser considerados, assim como o tempo que vai gastar caso decida cuidar pessoalmente do sistema. O barato pode sair caro, e a comodidade da hospedagem WordPress é bastante atraente nesses casos.

A hospedagem WordPress é indicada para mim?

Agora que você já sabe o que muda da hospedagem WordPress para a compartilhada, fica mais fácil decidir se ela é realmente indicada para a sua empresa ou se vale a pena apostar em outra opção.

A resposta a essa pergunta é: depende. Mas calma, não vou ser vago e te deixar na dúvida! Basta considerar alguns pontos importantes sobre as suas necessidades e características, e vai ficar fácil escolher.

A hospedagem WordPress é indicada para você caso se encaixe nos seguintes critérios:

  • busca o máximo de simplicidade: se não conhece nada de programação e não tem alguém que cuide disso na sua empresa, a hospedagem WordPress é mais prática;
  • já conhece o sistema: é importante que você já conheça o sistema, ou ao menos já entenda como ele funciona, para não se decepcionar depois;
  • tem um blog ou e-commerce: blogs e lojas virtuais exigem constante atualização, já que lidam com grande volume de conteúdo, e poucos sistemas são tão completos para gerenciar isso quanto o WordPress.

A hospedagem WordPress pode não ser a melhor opção caso você prefira os pontos abaixo:

  • flexibilidade: se prefere a flexibilidade de fazer testes para comparar o WordPress com outros sistemas CMS ou acessar a interface CPanel da hospedagem, melhor escolher a solução comum;
  • conhecimento do sistema: se não faz ideia de como funciona o WordPress, melhor não se comprometer com uma hospedagem que o oferece como única opção para gerenciar seu conteúdo;
  • ter um site estático: se seu site é estático e não precisa de atualizações ou conteúdo recorrente, o WordPress não é necessário, e pode ser mais útil escolher uma hospedagem compartilhada.

Assim, a escolha pela hospedagem WordPress depende do seu perfil e do que procura para o seu site no momento. A facilidade de instalação e alguns recursos extras são válidos caso não tenha conhecimento e já esteja decidido pelo WordPress. Caso contrário, é melhor usar a hospedagem compartilhada, que é também mais flexível.

Ainda está na dúvida sobre o WordPress, e quer se aprofundar mais no CMS mais usado no mundo?Então confira nosso Guia de WordPress para blos corporativos.

Wordpress para Blogs Corporativos

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo