18 ideias de fazer testes A/B em suas campanhas de email marketing

18 ideias de fazer testes A/B em suas campanhas de email marketing

Como potencializar suas campanhas de email? Aprenda agora mesmo 18 ideias que você pode testar: assunto, corpo do email, assinatura, agendamento, dentre várias outras dicas.

Precisa de algumas ideias para melhorar as taxas de resposta das suas campanhas de email?

Este post pretende ser uma lista de idéias de testes A/B que empresas B2B podem executar com suas campanhas de email. Queremos compartilhar ideias realmente úteis que possam incentivá-lo e provocá-lo para que você crie seus próprios testes a medida em que for aprimorando suas campanhas.

Existem duas regras quando se trata de fazer testes A/B com campanhas de e-mail:

  • Você deve fazer testes constantemente (nunca envie apenas uma versão de um email).
  • E você nunca deve executar vários testes em uma só vez.

Vamos analisar as nossas duas regras um pouco mais e depois entrar nas dicas do nosso guia.

Testes A/B para campanhas de email: sempre e nunca

Muito fácil de lembrar, certo? Sempre e nunca.

Novamente, você SEMPRE deve testar algo, mas certifique-se de NUNCA testar todos os tipos de coisas de uma só vez. Fazer uma coisa de cada vez ajudará você a saber exatamente o que está funcionando e o que não está.

Existe um motivo para se concentrar em uma coisa de cada vez:

Assim você consegue saber especificamente o que funcionou e o que não funcionou. Acompanhar os “vencedores” e os “perdedores” em cada teste afetará seriamente todas as principais métricas de suas campanhas de email.

No entanto, se você tentar algo na linha de assunto e também na primeira frase do email, como você saberá qual delas causou uma reação positiva ou negativa?

Resposta: você não saberá.

Portanto, certifique-se de executar constantemente testes únicos para uma parcela da base e manter uma boa contagem dos resultados.

Pensando na efetividade dos testes A/B, elaboramos uma lista repleta de ideias. Algumas são autoexplicativas e outras que precisarão de um pouco de conhecimento. Para os testes mais complexos, incluímos breves tutoriais.

Confira agora 17 ideias diferentes de testes A/B que você pode implementar!

Ideias para Linha de Assunto do e-mail

1. Comprimento da linha de Assunto

Este é um tópico bastante óbvio.

A regra é que o assunto do email seja geralmente mais curto, mas há muitas exceções e muitas pesquisas feitas sobre este tema.

Dê uma olhada nesta captura de tela de um estudo feito pelo ReturnPath sobre nº de caracteres vs. taxa de leitura.

Caracteres linha de assunto email segundo return path

2. Começar um assunto com letra minúscula

Redatores sempre gostam de colocar letra maiúscula na primeira letra de cada palavra em um título.

Mas às vezes não é bom. As postagens que capitalizam a letra inicial de cada palavra geralmente têm um desempenho pior do que aquelas que são escritas como uma frase normal. Assim, em uma campanha de emails, tente um teste comparando:

  • Seus Problemas de Pessoal estão Resolvidos, [Primeiro nome]
  • seus problemas de pessoal estão resolvidos, [Primeiro nome].

3. Personalização de linha de assunto com nome

Este é bastante auto-explicativo. Experimente duas variações de um email: um com o primeiro nome na linha de assunto e outro sem.

4. Emojis na linha de Assunto

Millennials estão começando a tomar uma tonelada de decisões de compras B2B. E acontece que eles amam emojis.

Teste se suas buyers personas tendem para essa determinada faixa etária para testar o efeito desses elementos na mensagem.

5. Pergunta na linha de assunto

As pessoas são (geralmente) treinadas para serem gentis em seu trabalho. Se alguém tiver uma dúvida enquanto você está por perto, você provavelmente tentará responder, certo?

Usar a mesma lógica no mundo das campanhas de emails pode ter um resultado positivo. Certifique-se de usar a pontuação adequada.

6. Clareza X Curiosidade

Geralmente seguimos a regra: colocamos o que está no email na linha de assunto e o que está na linha de assunto no corpo do email.

Dito isso, às vezes vale a pena colocar uma prévia do conteúdo na sua linha de assunto.

Um bom exemplo disso seria o assunto: Perguntamos a 57 proprietários de agências sobre 2018 e…

Isso está muito longe do “você nunca vai adivinhar o que aconteceu a seguir”, o jargão de isca que passa por entretenimento hoje em dia.

Leia mais dicas de títulos para email marketing.

Crie assuntos automaticamente com o Gerador de Assuntos de email.

Ideias para o corpo do e-mail

7. Introdução na primeira linha X Nenhuma introdução na primeira linha

Normalmente nos esquivamos de pensar na introdução por dois motivos:

  • esta linha pode ser vista antes que as pessoas abram o email;
  • porque eles não se importam. Mas, como você vai saber, certo?

Mas fazer este teste pode trazer resultados interessantes. Uma ideia é ir direto ao ponto e outra é alongar para despertar a curiosidade. Confira o exemplo:

Opção 1: Olá, [primeiro nome]
Meu nome é Josh Slone e recentemente montei uma lista das 10 maiores mudanças que estão chegando à [indústria].

Opção 2: Olá, [primeiro nome]
Quer ver uma lista das 10 maiores mudanças que chegam ao [setor] este ano? Eu coloquei esta lista em conjunto para empresas como….

8. Primeira Linha para o “ponto de dor” do lead

Se você dedica algum tempo ao desenvolvimento de seus perfis de compradores ideais, consegue entender melhor as dores e as necessidades deles.

Com esses dados você pode fazer um teste de email muito bom com o ponto de dor.

Exemplo: O [nome da empresa] está com problemas para acompanhar o ROI de campanhas sociais?

9. Linkando para algo X Pedir para enviar

Incluir um link para sua oferta ou uma isca no email é comum, mas você não está atrás de leitores casuais ou de conversas.

Uma maneira potencialmente fantástica de condução é oferecer o recurso, mas com a condição de que o destinatário diga o que deseja. Vale a pena um teste.

10. Tom formal X Tom pessoal

Este tópico exige um exemplo.

Você quer ser sempre gentil e nunca seco, mas há momentos em que um tom mais profissional pode lhe dar melhores resultados.

Com órgãos do governo ou grandes empresas, os colaboradores estão tão acostumados a falar formalmente que você poderia usar o mesmo tom.

Aqui está um exemplo para esse caso:

Olá, [Sr.Srta. Último Nome]

Você está tendo problemas [insira o problema aqui]? Eu juntei [recurso]….

Mesmo falando em um tom formal, você pode gerar uma aproximação com o usuário. Confira o exemplo a seguir:

Olá [Sr.Srta. Último Nome]

Meu nome é [Seu Nome] e tenho uma pergunta sobre [assunto]. Você ou alguém do seu departamento [problema]…

Testes de horário e sequência dos envios

11. Teste de agendamento para campanhas de emails

Tudo se resume ao momento certo. O principal ponto em relação ao tempo é, na verdade, a necessidade do destinatário de sua solução naquele momento específico.

No entanto, você pode se posicionar para obter respostas mais positivas usando dados dos testes performados para determinar suas maiores chances de sucesso.

Dica extra: geralmente, para empresas B2B, terça a quinta-feira são os dias ideais. Mas vimos campanhas bem-sucedidas começarem às segundas e sextas-feiras.

12. Ordem de Sequência dos emails

Você conhece a cena do filme Tróia, onde Brad Pitt (Aquiles) está correndo em direção ao gigante?

Ele tem um escudo e o gigante atira uma lança em sua direção. Uma vez que a lança atinge o escudo de Aquiles, ele a derruba. Às vezes, seu primeiro email é assim.

A ideia é inserir seus leads na luta.

Depois que eles se envolvem, você pode tentar coisas diferentes para iniciar uma conversa. Muitas vezes gostamos de dizer coisas como: “Já conferiu o que enviamos? Eu adoraria ouvir seus comentários.”

Mas isso só funciona se eles clicaram no seu email ou baixaram o conteúdo. Se eles não fizeram uma coisa nem outra, talvez você tenha que tentar colocar a mesma oferta de forma diferente na sequência de emails ou criar uma nova oferta.

13. Nº de emails em uma sequência

Geralmente, são necessários de 5 a 8 pontos de contato para fechar um negócio e sugerimos criar diferentes formatos.

Isso significa que você pode enviar um correio de voz, interagir via mídia social e email para fechar um acordo.

Mas como os emails são melhores? Poderia ser qualquer número, mas você tem que testar.

14. Cronometrando as sequências

A quantidade de tempo entre os emails é muito importante. Se um contato ver seu primeiro email, mas não pode clicar naquele momento, ele poderá ficar mais propenso a clicar no próximo se você enviar outro email 24 horas depois.

Ao mesmo tempo, isso pode ter um efeito reverso, incomodando muitas pessoas e fazendo com que as pessoas cancelem o recebimento. Neste ponto o teste é fundamental para rastrear esses comportamentos.

Ideia para usar Post Script (P.S.)

O P.S. muitas vezes são a primeira coisa que as pessoas leem e têm uma taxa de leitura de quase 100% (se o email for aberto). Portanto, há uma enorme razão para testar emails com Post Script e com CTA (chamada para ação).

O P.S. deve ser um recurso para testar, especialmente no primeiro email. É realmente o único lugar lógico para deixar uma opção para o lead excluir outros emails.

15. Usando o P.S. para repetir o CTA principal X CTA alternativo

Repetir seu CTA geralmente é uma boa ideia, mas testar uma segunda oferta às vezes pode funcionar.

Digamos que o seu CTA principal seja um webinar sobre como maximizar anúncios CPC e você também tem uma planilha/guia que explica algumas das mesmas informações.

Veja duas ideias de como seu P.S. poderia ser:

  • Aqui está outro link para o webinar “7 Estratégias CPC para 2018”. Eu realmente espero ver você lá, [First Name]!
  • Webinar não é sua praia? Criamos esta planilha para ajudar você a levar seus anúncios CPC ao próximo nível. Adoraria saber o que você achou!

Ideias para Assinaturas de emails

A assinatura de e-mail é frequentemente ignorada, mas é um excelente local para garantir a conformidade com o anti-SPAM, além de permitir que você fortaleça sua credibilidade.

16. Tipos de assinatura

De acordo com este post da revista Forbes, existem 89 maneiras de assinar um email.

Você provavelmente não vai gostar de todos eles, mas há muitas ideias por lá.

17. Assinatura com imagem X Assinatura sem imagme

Inserir uma imagem pode ser interessante. Escolha entre uma foto sua ou o logotipo da empresa. Experimente todos e compare os desempenho das campanhas com cada tipo.

18. Assinatura com X sem links Sociais

Normalmente sugerimos um email de vendas sem muito floreio.

Você quer que o foco esteja na oferta do email, não nos seus perfis sociais. Dito isto, os links sociais podem ser benéficos em alguns casos.

Por exemplo: se você vende serviços de marketing para redes sociais, os leads podem querer verificar os seus perfis.

Agora é com você! Você pode começar seus testes A/B de campanhas de email com essas dicas iniciais do nosso guia e evoluir de acordo com os resultados alcançados e seus novos objetivos.

Para aprender ainda mais sobre estratégias de email, confira o Guia do Email Marketing da Rock Content:

ebook email marketing

Esse post foi escrito pela  LAHAR, um software de automação de marketing robusto com essas e muitas outras funcionalidades.