Joe Pulizzi

Quem é Joe Pulizzi e o que ele pensa sobre marketing de conteúdo

Empreendedor, palestrante, e autor. Joe Pulizzi é um dos caras mais evangelizadores do marketing de conteúdo. Confira tudo sobre o que ele propõe!

Joe Pulizzi é um dos caras mais evangelizadores do marketing de conteúdo. Ele fundou uma companhia, a Content Marketing Institute (Instituto do Marketing de Conteúdo) para educar e treinar empresas no tema e promover um evento.

Segundo ele, você consegue atrair mais clientes sem precisar gerar um mundo de informações e anúncios. Basta produzir conteúdo que seja relevante e provocante para eles.

A seguir, vamos falar sobre quem é Joe Pulizzi e quais os temas que ele trata em seus livros. Preparado?

Quem é Joe Pulizzi

Empreendedor, palestrante, podcaster, autor de cinco livros e co-autor de outros dois. Tudo sobre marketing de conteúdo!

Uma das obras de Joe Pulizzi, “Marketing de Conteúdo Épico”, lançada em 2014, foi nomeada um dos “Five Must Read Business Books of 2013” (traduzindo, 5 livros de negócios que você tem que ler de 2013), pela Fortune Magazine. Esse livro foi escrito com o objetivo de nos mostrar que é possível fazer um trabalho incrível com pouco marketing.

Joe Pulizzi já falou em mais de 400 locais, em 16 países diferentes e fez discursos para grandes organizações, como Nestlé, General Motors, Oracle, DuPont, SAP, HP e Dell.

E como se não bastasse, ele escreve para um dos blogs de marketing de conteúdo mais influentes do mundo.

Marketing agora é conteúdo

O marketing de conteúdo, como você já sabe, é um conceito relativamente novo, mas o termo foi cunhado no início dos anos 2000.

Quem faz marketing de conteúdo está saindo na frente. Com uma estratégia bem traçada, você vende e fideliza o novo consumidor, que está cansado do excesso de propagandas tradicionais.

5000 mensagens por dia

Você acredita que recebemos pelo menos 5000 mensagens de marketing todo dia?

Não sentimos o peso disso objetivamente, mas a verdade é que estamos saturados. E Joe Pulizzi acredita que para o profissional de marketing a coisa complica ainda mais.

Isso acontece porque, na visão tradicional, o modelo de marketing de baseia em falar sobre as vantagens de cada produto e das empresas que vendem. Mas para se destacar no mar de informações, não adianta mais fazer isso.

É aqui que o marketing de conteúdo entra como opção para sua marca se tornar relevante.

Níveis do marketing de conteúdo

Para que você adote o marketing de conteúdo, primeiro precisa entender quais são seus níveis. Segundo Joe Pulizzi, caso você já tenha começado a produzir, pode estar em um destes três:

  • Entende seu papel: aqui, você já tem uma estratégia que funciona para se destacar e as pessoas já entram no seu site em busca dos seus posts, por exemplo.
  • Líder de pensamento: sua marca já criou autoridade sobre o assunto, produzindo conteúdo que vai além do escopo do produto. Você é considerado um especialista no seu segmento.
  • Contadora de histórias: com o storytelling, você já criou uma relação emocional com seus clientes. Sua mensagem inspira e mostra personalidade.

Conheça seu público

Joe Pulizzi sugere que as empresas adotem a criação de personas. Elas são uma representação fictícia da sua audiência e servem para você conseguir fazer aquele conteúdo relevante que citamos acima. Você pode aprender mais lendo o livro Buyer Personas, de Adele Revella.

O processo de criação de personas é simples. Você deve descrever seu cliente e entender características demográficas e também um pouco mais aprofundadas, como porque essa pessoa precisa da sua empresa.

Depois disso, você consegue criar conteúdo que seja direcionado para ela. Não tem como escrever direcionando para alguém sem saber quem é essa pessoa, não é mesmo?

Joe Pulizzi explica então como é formado um time de marketing de conteúdo e quem são as pessoas que colocam isso para funcionar:

  • Gerente de conteúdo: supervisiona todas as iniciativas de marketing de conteúdo e assegura que elas correspondam à estratégia definida inicialmente
  • Editor-chefe e criadores de conteúdo: o editor trabalha liderando os criadores de conteúdo. Criadores de conteúdo podem ser escritores freelancers que têm a habilidade de escrever histórias baseados na persona de audiência de sua companhia e nos nichos de conteúdo selecionados.
  • Gerente de audiência: garante que seu conteúdo tenha os efeitos de marketing desejados e que eles estejam sendo consumidos. É a pessoa que faz todo o monitoramento dos resultados e de como o conteúdo tem chegado aos clientes.

Joe Pulizzi ainda diz que para que as atividades sejam bem coordenadas, é interessante que você tenha um calendário editorial. Ele serve para coordenar todas as peças a serem criadas, revisadas e republicadas pelo seu time de marketing de conteúdo.

SEO e redes sociais

Mas conteúdo não é só criação. Você precisa também saber como distribuí-lo.

Você precisa agora planejar como vai utilizar as redes sociais e otimizar seu conteúdo para os buscadores. Escolha bem as suas redes sociais, estando presente onde sua audiência está e descubra o que ela procura na internet quando está pensando em comprar seu produto.

Joe Pulizzi sugere que você adote uma estratégia chamada de 4-1-1, baseada no seguinte formato semanal de criação de conteúdo para mídias sociais:

  • Compartilhe 4 conteúdos de influenciadores (entre retweets e compartilhamentos de blogs, portais, celebridades)
  • Publique 1 conteúdo original, exclusivo e único.
  • Por fim, publique 1 conteúdo que fale sobre vendas como cupons, lançamentos de produtos ou press releases.

Percebeu que foram 6 conteúdos e apenas 1 deles fala sobre a sua empresa? Assim, você consegue engajar seu público e tem menos chances de ficar “falando sozinho” a cada dia. Isso é a chave do novo marketing, que você pode entender melhor lendo “Marketing 4.0”.

Já a otimização para os buscadores, como o Google, acontece investindo em SEO. Seu time deve identificar as palavras-chave que as personas dos seus clientes estão buscando e planejar conteúdos que respondam a essas dúvidas.

Joe Pulizzi indica ferramentas como Moz, Semrush e Google Keyword Planner para fazer isso.

Métricas são seu diagnóstico

Lembra do gerente de audiência? Essa é a parte dele. Como tudo no marketing de conteúdo é novo e está sempre mudando, não adianta apenas se basear em fórmulas prontas para criar sua estratégia.

Você precisa medir os resultados a cada passo e fazer melhorias constantes baseadas neles. Joe Pulizzi determina 4 grupos principais de métricas: consumo, compartilhamento, geração de leads e vendas.

Cada uma tem um papel único e importante. De preferência, todos os membros do time devem estar a par delas e devem ser acompanhadas constantemente. Veja só o conceito dessas métricas um pouco mais aprofundado:

  • Métricas de consumo de conteúdo: servem para saber se as pessoas estão lendo, assistindo e realmente sendo impactadas pelo conteúdo que você cria. Exemplos: visualizações de videos e visualizações de páginas do blog.
  • Métricas de compartilhamento: incluem ações como curtidas, compartilhamentos, tweets e envios por email. Indicam que seu conteúdo tem feito as pessoas falarem sobre você.
  • Geração de Leads: a capacidade do conteúdo ser monetizado no futuro também vale a pena ser avaliada. Leads são pessoas que compartilharam suas informações de contato com a sua empresa através de preenchimento de formulários, cadastros em newsletters etc.
  • Vendas: aqui é fácil: seu conteúdo está vendendo mesmo? Se as pessoas realmente compraram, quer dizer que todos os seus esforços estão valendo a pena.

Mas não se contente. Meça e melhore sempre!

Aprendizado com Joe Pulizzi

E aí, o que achou das ideias de Joe Pulizzi? Se você quer começar a produzir conteúdo para a sua companhia, precisa seguir esses preceitos. Eles vão nortear o que você publica na internet, sempre direcionado para atrair as pessoas, educá-las sobre o que você oferece e vender.

Outro livro muito interessante de autoria do Joe Pulizzi é o Content Inc. Vale a leitura!

Quer ter acesso ao resumo completo do livro do Joe Pulizzi? Não deixe de acessar a plataforma do 12Minutos. Você encontra lá não só esse, mas vários textos sobre as obras mais incríveis do mundo dos negócios.

Esse artigo foi escrito pela equipe de conteúdo do 12Minutos, a plataforma que seleciona, lê e resume os mais importantes livros de não ficção, transformando-os em microbooks e audiobooks. Baixe agora o app na Play Store ou na App Store e bons aprendizados!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo