Marketing para agências de viagens: como conquistar mais clientes?

Marketing para agências de viagens: como conquistar mais clientes?

Como conquistar mais clientes, vender mais viagens e realizar o sonho de diversas pessoas? Entenda agora mesmo 10 dicas de marketing para agências de viagem e como elas podem ajudar sua agência a alcançar resultados!

Colocar o pé na estrada é a paixão de muitos, e as agências de viagem sempre facilitaram e realizaram esse sonho. No entanto, a competição está cada vez mais acirrada.

A internet permite que os próprios usuários encontrem passeios, passagens e hospedagem. Com preços baixos e tudo a um clique de distância, viajar ficou cada vez mais fácil.

Apesar da facilidade proporcionada pela internet, muitos potenciais viajantes estão sem tempo (e até mesmo sem habilidades) para fazer pesquisas extensas e tomar decisões.

E é aí que entram as agências!

Mas ainda há uma questão importante:

Como ser encontrado e, mais do que isso, escolhido pelas pessoas para realizar um momento tão importante quanto uma viagem? A resposta está no marketing digital.

Quer entender mais? Então veja estas dicas que você pode aplicar em sua agência de viagem para atrair mais viajantes!

Entenda sua persona

Não adianta, você não vai conseguir ter todos os clientes do mundo. Por isso, o conselho é: entenda e foque na sua persona.

A persona é um personagem semi-fictício que representa seu comprador ideal. Entender suas demandas, desejos e dores é fundamental para oferecer a melhor solução. Ou seja: descubra quem são suas personas e entenda elas profundamente.

Mas por que isso é tão importante?

É a partir desse entendimento que você vai guiar todos os seus esforços. De nada adianta você vender pacotes de intercâmbio se sua persona é um jovem que quer fazer uma viagem romântica para algum lugar exótico.

Ainda não tem uma persona definida para a sua agência? Não se preocupe, temos um ebook perfeito para ajudar você a construí-la. Faça o download agora mesmo:

O guia para geração de Personas

Proporcione a melhor experiência

Pensando no que falamos sobre a definição da persona, é a partir do entendimento dela que você vai compor suas ofertas. Vamos usar o exemplo anterior:

Se sua persona é o Bruno — de 25 anos, que sonha em conhecer lugares exóticos na companhia de sua namorada durante as férias —, você pode orientar todas suas ações a partir do que ele deseja.

Um pacote de viagem para a Tailândia, por exemplo, pode ser exatamente o que ele está procurando.

Só que qualquer agência de viagem pode oferecer um pacote para a Tailândia, certo? Então, qual será o seu diferencial?

Crie ofertas diferentes, monte uma boa estrutura, ofereça facilidades. E o mais importante: mostre que você pode fazer diferente.

É aí que entram várias ações de marketing, as quais abordaremos a seguir:

10 dicas de marketing para sua agência de viagem

1. Construa um bom site

Pensar em marketing, visibilidade e vendas e não utilizar o meio digital é um tiro no pé. O seu potencial cliente está online, assim como outras agências as quais ele pode recorrer.

Se você não criar um bom site já está ficando para trás. O seu site é a identidade online da sua empresa!

Portanto, é fundamental que ele:

  • mostre os valores de sua empresa;
  • apresente sua proposta de serviço; e
  • proporcione uma boa experiência digital para seu potencial cliente.

Por isso, preste atenção aos seguintes fatores:

Design

Entrar em um site simples, mas visualmente agradável é ótimo. Pense no seu usuário ao investir no design do seu site.

Torne a navegação fácil e faça com que seja intuitivo encontrar o que procura. E lembre-se: muitas vezes, menos é mais. Cores claras e elementos definidos são fortes aliados nesse momento.

Responsividade

Em 2017, o tráfego online vindo de dispositivos móveis superou o computador (e todos os outros aparelhos). Ou seja: a maioria das pessoas agora usam seus smartphones para acessar a internet.

Portanto, o seu site deve ser navegável nesses dispositivos. Isso se chama responsividade, que vai muito além de deixar seu site bonito para a tela do smartphone. Ela promove uma boa navegação, retém o usuário por mais tempo e otimiza a experiência da visita.

Conversão

Esse é um elemento fundamental a ser pensado para qualquer site. A conversão é qualquer tipo de ação que o usuário performa no seu site e que leva em direção à compra.

Como seu potencial cliente vai comprar, por exemplo, se você não deixa uma proposta de valor clara e botões que o incentivem a concluir a compra? Para otimizar a conversão, é necessário inserir chamadas para ação (CTAs), como botões na barra superior e ao lado de cada oferta.

Mas atenção: não exagere! Preze pelo bom senso e insira CTAs estratégicos. Caso contrário, eles se tornarão poluição visual.

2. Tenha um blog

O blog funciona como uma revista digital, um grande catálogo no qual você tem a oportunidade de criar conteúdo exclusivo e relevante.

No blog, é ideal que você siga as mesmas boas práticas que no site. No entanto, é importante entender que ele tem uma função diferente.

Enquanto seu site tem a clara proposta de mostrar sua marca, suas ofertas e levar os clientes a, de fato, realizar a compra, o blog tem uma proposta de:

  • atrair;
  • encantar;
  • educar;
  • ajudar;
  • e só depois começar a orientar os visitantes a compra.

Como fazer isso? Por meio de conteúdo relevante, como veremos a seguir:

3. Crie conteúdo relevante

As pessoas estão o tempo todo pesquisando informações sobre viagens na internet:

Quanto custa uma viagem para a Disney? Onde comer em Salvador? Como chegar até Machu Picchu?

Imagine se sua agência conseguir responder essas perguntas por meio da criação de conteúdo interessante e otimizado?

Várias pessoas chegarão até o seu domínio por meio desses materiais! Isso gera brand awareness e proporciona um relacionamento de confiança com os potenciais consumidores, o que potencializa as vendas. Chamamos isso de marketing de conteúdo. Quer entender mais sobre a estratégia? Leia o Guia do Marketing de Conteúdo:

Baixe o ebook marketing de conteúdo: primeiros passos

4. Crie promoções

Todo mundo quer viajar, e promoções são um grande incentivo em todas as áreas.

Crie pacotes diferentes, proporcione diferentes formas de parcelamento e ofereça a oportunidade de desfrutar de serviços VIP em datas estratégicas, como baixa temporada ou datas comemorativas.

5. Seja visual

O conteúdo visual é cada vez mais fundamental para atrair os usuários.

Fotos e vídeos geram mais engajamento do que texto. Portanto, usar esses recursos é essencial para sua estratégia de marketing. A grande vantagem para agências de viagem é que o aspecto visual é muito atrativo e relativamente fácil de executar.

Invista em fotos de destinos, experiências e viagens em geral, tanto no seu site e blog quanto nas redes sociais. Isso desperta o interesse, chama a atenção e proporciona engajamento, aumentando as chances de realizar vendas.

6. Use as redes sociais

As redes sociais são aliadas fundamentais em estratégias de marketing atualmente.

Mas atenção: isso não significa que você precisa criar uma conta para sua agência em todas elas. Descubra em quais sua persona está presente e invista nelas.

Como já falamos, a área de turismo é extremamente visual. Por isso, pode ser interessante investir em redes como Instagram e Pinterest, nas quais as postagens visuais têm grande destaque. Além disso, são redes que geram muito engajamento. O Instagram é, atualmente, a principal rede para engajamento e a preferida dos brasileiros, segundo a Social Media Trends 2018.

O Facebook também é uma rede social estratégica, além de ser a maior rede social B2C do mundo.

Os canais de atendimento da rede também são bastante relevantes para a experiência do usuário, permitindo um contato mais próximo entre marcas e consumidores.

Já o YouTube pode ser um canal interessante para educar o mercado e gerar interesse. Você pode criar uma série de vídeos com dicas de destinos, passeios e outros assuntos relevantes para quem quer viajar.

Assim, você proporciona conteúdo relevante e ainda permite uma interação bem próxima com o consumidor.

7. Invista em email marketing

Muitos pensam que usar email é ultrapassado, mas estão errados: 92% dos adultos online usam email!

Ele é uma oportunidade valiosa de estabelecer um relacionamento direto com seus clientes e potenciais clientes, oferecendo conteúdo e ofertas diretamente em sua caixa de entrada.

Se nas redes sociais dependemos do algoritmo para chegar até as pessoas e nos motores de busca precisamos de esforços de SEO, o email marketing demanda apenas um trabalho bem-feito para chegar até a caixa de entrada dos usuários.

Assim, investir em email marketing é fundamental para uma estratégia digital relevante. Ele aumenta as chances de compra e estabelece um relacionamento mais próximo com sua persona.

A dica de ouro do email marketing é: não compre listas de email!

Isso é ruim para os usuários, que não autorizaram o seu contato. Consequentemente, eles terão uma visão negativa da sua marca e marcarão seus emails como spam, o que trará prejuízos enormes para a entrega dos emails.

Por isso, invista em construir uma lista de email aos poucos. Você pode fazer isso por meio de pop ups de tela, incentivando as pessoas a preencherem um campo com o email em troca de descontos ou de materiais ricos.

Uma vez que você construiu sua lista de emails, é hora de enviá-los. Para agências de viagem, existem 2 tipos estratégicos de email a serem usados:

Newsletters

As newsletters são, basicamente, um compilado de conteúdos relevantes que você pode enviar para uma base de assinantes, de forma a atraí-los para seu blog e fortalecer o relacionamento.

Você pode fazer newsletters temáticas, como “As melhores dicas da semana” ou “Os melhores destinos da América Central”. O segredo é sempre testar e ver quais temas sua audiência mais gosta.

Ofertas

Quem nunca recebeu uma promoção de passagens áreas ou de hospedagem e ficou muito interessado, chegando até mesmo a comprar?

Ofertas são poderosos gatilhos para sua audiência. Usadas da maneira correta e com planejamento estratégico, elas podem alavancar as vendas de pacotes!

8. Invista em retargeting e remarketing

Com certeza você já viveu a experiência de entrar no Facebook e ver um anúncio sobre algo que estava pesquisando a pouco na internet, não é mesmo?

Bom, isso é chamado de retargeting ou remarketing, e há diferenças sutis entre eles. Mas o princípio é o mesmo: basicamente, é possível “marcar” os usuários que pesquisaram um termo ou entraram em um site para, posteriormente, mostrar anúncios relacionados para eles.

Isso é valioso para sua agência, pois possibilita que pessoas já interessadas no que você tem a oferecer vejam seu produto em meio a outras informações, ficando com aquilo na cabeça. Pense em fazer anúncios estratégicos, com valores especiais e ofertas irrecusáveis.

Se quiser aprender a usar a ferramenta do Facebook Ads para potencializar suas ações, confira este guia prático da ferramenta!

Facebook ads ebook

9. Use reviews e avaliações como prova social

Uma das coisas mais valiosas que agências de viagem ou qualquer negócio na área de turismo são as avaliações e comentários de outras pessoas.

Lembre-se: você está vendendo experiências.

Não é apenas uma viagem, vai muito além disso: é a concretização de um sonho. Por isso, cada detalhe conta.

E, com certeza, seus potenciais clientes vão querer saber as experiências que seus clientes tiveram. Afinal, é com base em experiências anteriores que eles vão avaliar a qualidade dos seus serviços e considerar fechar uma compra, certo?

Isso é muito comum em vários tipos de negócio.

Usar cases de sucesso, por exemplo, funciona muito bem para empresas B2B. Já para aquelas que lidam diretamente com o cliente, os reviews e comentários funcionam muito bem.

Eles atestam a qualidade do seu serviço, funcionando como prova social e influenciando (para o bem ou para o mal) a intenção de compra dos prospects.

Assim, ter bons comentários e avaliações sobre seu serviço pode ser a diferença entre uma venda ou não. Da mesma forma, comentários negativos podem ter um grande impacto negativo no fechamento de negócios.

Mas atenção:

Se receber comentários negativos, nunca seja grosseiro! Responda com atenção e busque solucionar o problema apontado pela pessoa, mostrando empatia e compreensão. A dica é: destaque os comentários positivos!

Mostre-os em seu site, faça postagens em suas redes sociais e incentive seus clientes a avaliarem seu negócio em sites de viagem (caso você utilize) e no Facebook.

10. Considere os chatbots

Os chatbots podem não ser uma prioridade no momento, mas eles certamente são uma aposta forte para o futuro do marketing digital e do relacionamento e atendimento ao cliente.

Considere usá-los para responder dúvidas frequentes de seus clientes, encaminhá-los para páginas estratégicas e até mesmo para automatizar o envio de conteúdo de seu interesse. As possibilidades são muitas!

Tudo pronto para colocar essas dicas em prática? Comece agora mesmo e veja os resultados exponenciais que a sua agência de viagem pode obter!

Gostou deste conteúdo sobre marketing para agências de viagens? Então deixe um comentário e compartilhe suas ideias com a gente!