Mercadologia

Mercadologia: o impacto do marketing nos resultados da empresa

O conceito de mercadologia (também chamado de marketing em algumas traduções) é o estudo do mercado com o objetivo de aumentar a competitividade de uma organização, serviço ou produto e, por consequência, conseguir mais lucro.

Se você chegou até este post, certamente já ouviu falar da mercadologia como um conjunto de práticas para aumentar suas vendas.

Mas você realmente sabe o que esse conceito significa e como ele impacta nos resultados da sua empresa?

O conceito de mercadologia (também chamado de marketing em algumas traduções) é o estudo do mercado com o objetivo de aumentar a competitividade de uma organização, serviço ou produto e, por consequência, conseguir mais lucro.

Em outras palavras, muito além de pensar maneiras de aumentar suas vendas finais, a mercadologia parte de estudos aprofundados para te ajudar a posicionar sua empresa estrategicamente.

Ela faz isso por meio de investigações que nos permitem:

  • entender melhor as expectativas dos consumidores;
  • analisar sua força diante dos concorrentes;
  • descobrir oportunidades para expansão;
  • aumentar o valor da sua marca; e
  • investigar vários outros aspectos do seu negócio.

Ou seja, o aumento das vendas é o nosso objetivo final.

E, neste texto, vamos te explicar como usar a mercadologia na prática para chegar a esse resultado.

Vamos lá?

O uso da mercadologia para entrar no mercado

Um dos momentos mais importantes na história de qualquer empresa é o go to market (a entrada em um determinado mercado).

Esse momento pode ser a abertura de um novo negócio, o lançamento de um produto e até a internacionalização de uma companhia.

Para você ter uma ideia, uma mera mudança de rótulo já é um go to market, já que se trata de uma novidade para o mercado.

Quem empreende sabe que no go to market não dá para sair atirando para todos os lados e ver onde e quando seu produto funciona.

Você precisa se preparar antes, fazer testes de aceitação com a audiência e preparar o terreno para obter um retorno positivo logo de cara.

Ou seja, você precisa de estudos mercadológicos.

Uma análise profunda do mercado vai te ajudar a traçar o melhor plano para lançar o seu produto ou serviço e garantir que ele seja um sucesso!

Para criar um plano de go to market, você precisa realizar um estudo mercadológico de 2 etapas:

1ª etapa

  • Quem é seu alvo, o público para o qual você deseja vender?
  • Onde ele está?
  • O que valoriza?
  • Por quais motivos escolheria você diante de tantas opções?

Você pode descobrir isso realizando testes de validação com a própria audiência.

Com a internet, você pode distribuir formulários e promover pesquisas de mercado facilmente.

Essas pesquisas te ajudarão, inclusive, a saber se realmente há público para o produto ou serviço que você pretende lançar no mercado.

2ª etapa

  • Como você vai atingi-lo para que compre seu produto?
  • Onde seu produto será vendido?
  • Como será divulgado?
  • Quanto vai custar?

Para isso, você poderá se basear em tendências de mercado.

O marketing de conteúdo é, atualmente, a melhor maneira de impactar as pessoas na internet.

Da mesma forma, as vendas remotas têm crescido em companhias de todo o mundo, provando que é possível escalar seus resultados comerciais mantendo um time mais enxuto.

Os estudos da concorrência também podem ajudar na hora de definir como você vai alcançar seu público (vamos explicar isso no próximo tópico).

A análise da concorrência com estudos mercadológicos

O benchmarking é uma técnica de mercadologia baseada em análise comparativa.

Resumidamente, você monitora o que os parceiros e concorrentes estão fazendo com o objetivo de descobrir os pontos fortes e fracos de seus produtos e processos.

Os pontos fracos se tornam ações a serem evitadas na sua companhia, e as melhores práticas são absorvidas e replicadas.

Olhar para a concorrência é extremamente importante, pois entender as estratégias do seu competidor é uma excelente maneira de encontrar o caminho certo para superá-lo.

E cabe aqui apontar que fazer benchmarking é muito diferente de fazer espionagem industrial.

O benchmarking foca principalmente na observação dos competidores, mas nunca colhe informações sigilosas sobre eles, OK?

Existem várias ferramentas que podem ajudar a fazer o monitoramento de concorrência de forma legal e tranquila.

No universo do marketing digital, por exemplo, é possível utilizar plugins e plataformas para descobrir:

  • como seus concorrentes se posicionam na internet;
  • quais são seus principais canais de aquisição; e
  • com que frequência eles publicam conteúdo.

Essas informações ajudarão você a criar um plano de ação para atingir o seu alvo certeira e rapidamente.

Então, você poderá colocar os esforços do seu time de marketing na atração de clientes e otimizar as vendas da sua companhia, como falaremos agora.

A mercadologia na geração de novos clientes

A maior responsabilidade de um time de marketing é entregar oportunidades suficientes para o time de vendas fechar novos contratos e gerar o lucro esperado para a empresa.

Como explicamos no começo deste post, atirar para todos os lados não é uma opção.

Para atrair e conquistar clientes, também é preciso muito mais do que uma propaganda legal do seu produto.

No final das contas, o que você precisa é prover a solução perfeita para a pessoa correta e na hora certa — uma tarefa nada simples…

Assim como na elaboração de um plano go to market, para ser um sucesso absoluto nas vendas, 1º você precisa saber quem é a pessoa correta para abordar suas características e necessidades.

Segundo, precisa traçar toda a jornada de compra dela, do 1º contato com sua empresa ao fechamento da venda.

A melhor maneira de obter essas informações é por meio de uma pesquisa de persona, um estudo mercadológico realizado com seus melhores clientes com o objetivo de definir o perfil do seu cliente ideal.

Dessa forma, você saberá exatamente quem precisa atrair, com que linguagem se comunicar, o que dizer, onde dizer e — o mais importante — a maturidade da pessoa em relação à decisão de compra.

Por fim, vale dizer que esses são apenas 3 exemplos de momentos em que a mercadologia impacta diretamente nos resultados da sua empresa.

Afinal, os estudos mercadológicos podem ser úteis em várias etapas dos processos de marketing — na hora de mandar um email, escrever um blog post, compartilhar uma imagem nas redes sociais…

Gostou deste post e quer colocar tudo isso em prática agora mesmo?

Listamos 5 ferramentas bastante acessíveis que vão te ajudar a criar uma estratégia de marketing completa na sua empresa. Confira!

 marketing-de-conteudo-primeiros-passos