Música para vídeos

Música para vídeos: como colocar uma trilha sonora efetiva em suas produções?

A trilha sonora é um importante elemento dos vídeos: elas desperta emoções e sensações, deixa a produção mais interessante e engaja o espectador. Mas, para isso, é preciso que a música seja escolhida de forma cuidadosa de acordo com o vídeo. Quer entender mais? Leia este conteúdo completo!

O que seriam dos filmes sem a trilha sonora? Assim como os filmes, vídeos que possuem uma boa música de fundo engajam mais e, claro, emocionam a audiência!

Pense só: é só tocar a Marcha Imperial que a gente imediatamente se lembra de Star Wars, certo?

Faça um trabalho mental e pense em todas estes filmes ou séries: Friends, A Pantera Cor de Rosa, Titanic, Tubarão. Se você já assistiu, com certeza lembrou da música de cada um deles, acertei? Esse é o efeito que as músicas têm.

Elas ativam certas regiões do cérebro que são ligadas às emoções. Os vídeos são ferramentas extremamente versáteis por isso. Como podem ser utilizados para passar diversas emoções, a utilização desse formato de conteúdo vai desde ao entretenimento, empreendedorismo e até mesmo o marketing.

Ao produzir seus conteúdos em vídeo, por mais que sejam produções caseiras, é importantíssimo que você escolha músicas adequadas para a trilha sonora.

Mas tome cuidado! Devido a questões de direitos autorais, escolher uma música para seus vídeos pode não ser um processo tão simples, ainda mais se o seu objetivo é ganhar dinheiro com seu conteúdo.

Quer saber como escolher músicas para seus vídeos e aprender um pouco sobre bancos gratuitos? Confira neste artigo e inspire-se!

Pense no seu tipo de conteúdo

A primeira dica para escolher músicas incríveis para seus vídeos é pensar, não só no seu conteúdo, mas em qual emoção você quer passar. Um dos maiores erros que você pode cometer é escolher uma música que passa sensação de suspense se o seu vídeo é de comédia.

Então, pense no que você quer que sua audiência sinta. O seu vídeo deve deixá-los relaxados? Pensativos? Animados? Empolgados? Tudo isso vai ser influenciado pelo tipo de música que você escolher.

Um exemplo: o seu objetivo é deixar as pessoas relaxadas? Busque músicas mais calmas (com número de bpm baixo), instrumentos como violinos e violoncelos casam muito bem. Mas se o seu objetivo for deixar a audiência bem empolgada, animada e atenta a sua mensagem, o ideal é escolher músicas que têm um ritmo mais rápido, com batidas mais marcadas e um pouco mais de percussão.

Uma boa dica para se inspirar é procurar referências em outros vídeos e prestar atenção na trilha sonora deles. Busque canais bem estabelecidos que tenham boas produções de conteúdo e que realmente investem na estratégia de trilhas sonoras e utilize-os como guia.

Mas cuidado! É importante prestar atenção em alguns detalhes na hora de escolher a música para o seu vídeo, afinal, você pode, mesmo sem querer, infringir os direitos autorais em algum momento.

Por isso, trabalhe apenas com músicas que você possui autorização legal para usar. A melhor forma de evitar a burocracia de conseguir direitos autorais é utilizar músicas de bancos gratuitos. Confira como eles funcionam a seguir.

Cuidados importantes ao escolher uma música para vídeo

1. Direitos autorais

Utilizar alguma música que você não tem autorização em seus vídeos pode acarretar em diversos problemas.

No YouTube, por exemplo, todo vídeo que fere os direitos autorais de alguém é excluído do programa de monetização, além de ter os áudios removidos permanentemente.

E, acredite, você pode até encarar um processo na justiça pela utilização sem autorização de propriedade intelectual de outras pessoas. É por isso que é extremamente importante prestar atenção no tipo de música que você quer colocar nos seus vídeos.

Para ter certeza que você está utilizando uma música legalmente permitida, a melhor saída é buscar as canções em bancos gratuitos na internet.

Existem várias opções de bancos e milhares — ou até milhões! — de opções prontas para utilização e download. Alguns são organizados por gênero musical e até mesmo por “clima” (lembra do que falamos sobre quais emoções suas músicas devem passar?).

O próprio YouTube possui um banco próprio, chamado de YouTube Audio Library, para auxiliar os produtores.

Outros sites legais que valem a pena conhecer são:

2. Hits atuais

Já percebeu que, hoje em dia, os hits se renovam a cada semana? A facilidade de distribuição de música com os serviços de streaming e sua popularização contribui ainda mais para essa rapidez.

Quanto a isso, é importante tomar cuidado com a utilização de hits atuais em seus vídeos. É claro que, no momento em que a música está em alta, faz muito sentido utilizá-la para engajar a audiência. O problema é que, como os hits são passageiros, a chance do seu vídeo ficar desatualizado rapidamente é muito grande.

Além disso, há também a chance de você perder um pouco da audiência utilizando músicas que você gosta, afinal, não é todo mundo que tem o mesmo gosto e algumas pessoas podem acabar desistindo de assistir seu vídeo se não gostarem do artista.

E claro, isso tudo além da questão de direitos autorais que já mencionamos acima! Por isso nossa dica ainda é utilizar músicas dos bancos livres, de preferência instrumentais, para não distrair o público da mensagem principal do seu vídeo.

Como colocar música nos seus vídeos?

O trabalho não acaba quando a gravação termina!

O período de pós-produção é muito importante. Afinal, é nesse momento que você irá ajeitar tudo que precisa de algum toque final, inclusive as músicas. Ou seja, não precisamos te contar que as músicas são adicionadas posteriormente, e não gravadas juntamente com o vídeo, certo?

Para colocar música em seus vídeos você vai precisar de aprender um pouquinho sobre edição de vídeos, mas não se preocupe, não é nada muito complexo de se fazer. Inclusive, hoje em dia, já é possível fazê-lo pelo seu próprio smartphone, sem que seja necessária a instalação de softwares pesados no seu computador.

Se você já é produtor de conteúdo em vídeo há algum tempo, pode utilizar o mesmo programa que você já usa para suas edições, porque com certeza ele possui essa funcionalidade.

Agora, se você ainda não conhece muito de edição de vídeos, pode começar com programas mais básicos, não muito complexos de mexer.

Pelo Computador

Uma boa dica é o Windows Movie Maker. Ele é um programa bem simples de mexer e, provavelmente, já veio instalado no seu computador. Para fazer edições simples, como colocar músicas nos vídeos, é bastante efetivo, mesmo sendo um software um pouco limitado.

Outro programa bem legal que vale a pena conhecer é o iMovie. Tão simples quanto o Movie Maker, é uma alternativa bem interessante que funciona em dispositivos Mac.

Se você já se considera um pouco expert em edição, pode conferir outras opções de softwares, que vão do simples ao avançado, clicando aqui!

Pelo smartphone

Um aplicativo muito utilizado é o Viva Video. Ele funciona tanto em aparelhos iOS quanto em Android, é de fácil utilização e ainda possui diversas funcionalidades, entre elas, a de adicionar trilhas sonoras.

O VideoShow, que também funciona em dispositivos iOS e Android, é um dos apps de edição mais populares no mercado. Assim como o Viva Video, permite a inserção de músicas nos vídeos, também facilita as montagens, cortes e utilização de filtros.

E se você não usa nem Android nem aparelhos da Apple, pode utilizar o aplicativo Video Tuner. Esse app é especial para o sistema operacional Windows Phone. É um app um pouco mais limitado, é verdade, mas para o propósito de inserir músicas nas produções, funciona perfeitamente.

Mas veja bem, é importante tomar alguns cuidados na hora de editar seus vídeos e adicionar trilhas sonoras.

É fácil errar na mão na edição e sua estratégia ir por água abaixo, e as músicas, que deveriam ajudar o engajamento, acabarem atrapalhando. Mas não se preocupe, confira algumas dicas de boas práticas para evitar esses possíveis erros no seu conteúdo em vídeo:

Dicas de edição

Cuidado com o volume

O áudio do seu vídeo é essencial e você deve dar atenção especial a esse aspecto. Já reparou que vídeos que possuem um áudio ruim, mesmo que tenham um bom conteúdo, são difíceis de assistir até o final?

Então, além de preocupar com a gravação de um áudio de boa qualidade, é importantíssimo ficar de olho na música de fundo adicionada na edição.

Um erro comum é errar a mão no volume da música de fundo. Pense só, a trilha sonora não deve ficar em primeiro plano, já que isso pode distrair da mensagem principal do seu vídeo. Se você colocar uma música muito alta e ela ficar mais evidente que o áudio original do seu vídeo, a audiência pode desistir rapidamente de assistir seu vídeo.

Lembre-se, a trilha sonora é importante, mas o seu conteúdo é o essencial!

Cuidado com a qualidade da música escolhida

Você se lembra das dicas que demos lá em cima do artigo? O clima que a música passa é muito importante, mas de nada adianta escolher a música perfeita se a qualidade dela estiver ruim, não é mesmo?

Assim como a qualidade da gravação do seu vídeo, a qualidade da música também deve ser impecável. Se você colocar uma gravação ruim (abafada, confusa, com muitos ruídos etc.), mesmo que o áudio do seu vídeo esteja excelente, a música irá dar a impressão que o vídeo é ruim.

Então, antes de colocar a música no seu vídeo, teste a qualidade e tenha certeza que é uma música sonoramente agradável.

E aí, gostou das dicas? Tem alguma outra dica sobre músicas para vídeos que acha que a gente esqueceu? Só deixar aí nos comentários! Mãos à obra!

Se quer aprender mais sobre vídeos, não deixe de baixar nosso material completo sobre o assunto:

marketing em vídeos