O que é CRO - Aprenda definitivamente o significado desta sigla

Otimização das Taxas de Conversão: aprenda agora mesmo a aumentar as suas!

Você sabe o que é CRO? Clique aqui e descubra o que é e como utilizá-lo para aumentar os lucros e os resultados da sua empresa!

Boa parte das empresas reconhece a importância do marketing digital para o sucesso do seu negócio e sabe que ter um site está entre as primeiras ações a serem realizadas.

Mas qual é o objetivo de um site? Em alguns casos, é gerar leads; em outros, fechar vendas de forma direta.

Independentemente disso, uma coisa é certa: todo site tem um objetivo, e, quando ele é alcançado, chega-se ao marketing como conversão.

Depois que a estratégia está em andamento e o site passa a converter, existem 2 opções para melhorar o desempenho:

  • aumentar o tráfego (maior número de pessoas e de conversões);
  • e otimizar a taxa de conversão atual.

É aí que entramos no assunto deste post. Afinal, o que é essa tal de otimização da taxa de conversão? Por que é tão importante saber sobre ela para ter resultados melhores no seu negócio?

Fique ligado! Neste post, você vai ver:

  • o que é a otimização da taxa de conversão;
  • por que o seu negócio precisa otimizar as taxas de conversão;
  • 3 elementos-chave do CRO que você precisa entender;
  • 6 maneiras práticas de otimizar a sua taxa de conversão.

Vamos lá?

O que é a otimização da taxa de conversão

A conversão acontece toda vez que um objetivo é alcançado no marketing digital.

Por exemplo: quando um visitante casual do seu blog preenche um formulário com dados pessoais a fim de baixar um e-book, ele passa a ser um lead, ou seja, um cliente em potencial.

De forma simples, ele foi convertido de visitante a lead. A partir desse momento, o blog tem de continuar nutrindo o seu interesse e, caso ele decida comprar o seu produto no futuro, será convertido de lead para cliente.

É claro que existem vários processos nesse meio tempo, e estamos fazendo uma simplificação só para passar a ideia do que significa conversão.

A taxa de conversão é uma média que calcula quantas pessoas são convertidas no seu site. Se o site tem 10 mil acessos mensais e 100 conversões nesse mesmo período, a taxa será de 1%.

Sabendo disso, a otimização da taxa de conversão — também conhecido como Conversion Rate Optimization (CRO) — nada mais é que um esforço contínuo de fazer essa média aumentar.

Afinal, quanto maior for a sua taxa de conversão, melhores serão os resultados da empresa.

Por que o seu negócio precisa otimizar as taxas de conversão

Será que a otimização da taxa de conversão é mesmo necessária para o seu negócio?

Essa pergunta merece um grande “sim”, não importa qual seja o seu nicho de mercado ou o tamanho do seu empreendimento.

Talvez, muitas das pessoas que visitam o seu site estejam prontas para serem convertidas, mas não o fazem porque encontraram algo errado que as desmotivou.

Fazer um trabalho de otimização vai resultar em menos oportunidades desperdiçadas e em esforços mais inteligentes por parte dos times de vendas e de marketing.

Existem vários objetivos que podem ser definidos para uma página, de modo que uma conversão pode representar diferentes ações.

Pensando nas mais comuns, veja os benefícios de otimizar a taxa de conversão do seu site:

Maior autoridade para a marca

Muitos projetos têm, entre os seus objetivos, conseguir gerar autoridade e fortalecer a marca por meio de conteúdo que eduque os consumidores, diferenciando a empresa dos concorrentes.

Se esse for o seu caso, o efeito da otimização nas suas páginas vai ser o crescimento do reconhecimento e da autoridade da marca. Por que podemos dizer isso?

A partir do momento que mais pessoas acessarem o seu conteúdo exclusivo, maior o poder de influência que a sua mensagem terá sobre elas. Com isso, as chances de se tornar uma marca respeitada no mercado aumentam muito.

Aumento das vendas

E se as vendas diretas forem o principal alvo do seu site? Nesse caso, a taxa de conversão maior se resume a uma única coisa: aumento das vendas.

Usando o mesmo exemplo: se o seu site com 10 mil visitantes mensais, que atraía 100 clientes, agora passar a atrair 110, terá um aumento de 10% nas conversões.

A princípio, pode não parecer muito, mas faça as contas de quanto dinheiro a mais isso vai render para o seu negócio.

Se você se lembrar de que as mudanças feitas na otimização da taxa de conversão muitas vezes envolvem a alteração de algumas linhas de texto ou a cor de um simples botão, fica fácil ver por que vale a pena investir nisso.

Aumento do ticket médio

O mesmo princípio do aumento das vendas se aplica ao ticket médio.

Considere que é mais fácil vender para alguém que já está levando algum produto (o famoso cross-selling) e verá mais uma oportunidade de ampliar os lucros por meio do CRO.

Em vez de simplesmente agradecer ao cliente pela compra, alguns testes e refinamentos no fluxo das páginas de checkout podem ajudar a apresentar recomendações úteis aos clientes.

Nesse caso, uma compra pode até dobrar de valor apenas por meio de algumas mudanças na forma de apresentar os produtos.

Com os incentivos certos, a sua empresa pode gerar vendas maiores sem tanto trabalho adicional. E o CRO é ótimo em mostrar quais são esses incentivos.

3 elementos-chave do CRO que você precisa entender

O CRO exige o conhecimento e o uso de alguns elementos-chave para funcionar bem.

Incluído nisso estão tanto algumas ferramentas quanto atitudes importantes para que a otimização da taxa de conversão aconteça da forma esperada.

Veja 3 aspectos que merecem a atenção de quem leva o CRO a sério e espera fazer um planejamento para otimizar as páginas a longo prazo:

1. Testes A/B

O conceito de testes A/B é muito comum no marketing digital. Trata-se de criar 2 versões da mesma página e apresentá-las ao público.

Depois de algum tempo, basta observar os resultados para ver qual converte melhor.

O teste A/B tem muitos detalhes e boas práticas que vale a pena conhecer e seguir (já explicamos em outros posts o que são e como podem ser bem usados).

Mas uma coisa é certa: sem testar as variações das suas páginas, é impossível descobrir o que realmente funciona melhor.

Muitas empresas perdem dinheiro porque criam uma versão boa de um site e se prendem a ela, sem considerar outras opções.

Especialmente no ambiente digital — em que os estímulos são constantes e as mudanças, frequentes —, é importante criar diferentes versões das páginas e observar quais respondem melhor às novas demandas e expectativas dos usuários.

2. Landing pages

As landing pages, ou páginas de conversão, são o lugar onde o processo de persuasão vai acontecer. Em outras palavras, é a página em que você faz uma oferta e o usuário pode aceitar (ser convertido) ou não.

As landing pages de sucesso contém algumas características em comum, como:

  • foco total na oferta;
  • conteúdo claro e objetivo sobre o que a pessoa vai ganhar;
  • provas sociais, sempre que possível;
  • gatilhos mentais;
  • CTA.

Quanto melhor for a qualidade das suas páginas de conversão, maior vai ser a sua taxa de conversão.

É por isso que vale a pena dedicar tempo para entender o que compõe uma landing page matadora e encontrar ferramentas para criá-las.

3. Experiência do usuário

A experiência do usuário também é um elemento importante da otimização da taxa de conversão porque se apoia totalmente em dados e em pesquisas para tomar as melhores decisões.

A experiência do usuário é boa quando as páginas são projetadas considerando informações relevantes, e não achismos sobre a melhor maneira de navegação.

Entender isso é fundamental, porque, em muitos casos, as decisões dos usuários não são racionais.

Por exemplo: por que um botão roxo converte melhor que um laranja? Por que uma foto de fundo tem desempenho melhor do que outra parecida?

Nem todas as descobertas vão ter uma explicação clara. Mas, quando se leva em conta a experiência do usuário, isso não tem tanta importância. Basta ter as informações certas e usá-las para estimular as conversões.

6 maneiras práticas de otimizar a sua taxa de conversão

A parte teórica já está muito clara. Agora, você provavelmente está se perguntando quais são algumas formas práticas de realizar a otimização da taxa de conversão no seu site.

A lista a seguir contém 6 dicas simples — mas muito eficazes — que podem elevar os seus resultados de forma radical se aplicadas da forma correta:

1. Teste versões das suas landing pages ao mesmo tempo

Testar as versões diferentes da sua landing page ao mesmo tempo é, certamente, a melhor abordagem, pois permite que as variações sejam colocadas à prova sob as mesmas circunstâncias.

Caso o teste seja feito com uma versão seguida da outra, para todo o público, surgem pelo menos 2 problemas:

  • os resultados podem ser influenciados por um fator externo e apontar uma taxa de conversão que não reflete a realidade;
  • o público pode perceber a mudança como inconsistência, especialmente se forem realizados testes com regularidade na página.

2. Crie um processo de qualificação de leads

A qualificação de leads é crucial para aumentar o índice de conversão. O processo de conversão não acontece da noite para o dia, especialmente se o objetivo for a venda.

Mas, em alguns casos, tudo que um visitante quer é falar diretamente com alguém que possa lhe mostrar como funciona o produto sem a necessidade de passar por todo o processo de nutrição.

Ofereça essa opção ao colocar links e CTAs para conversar com um representante de vendas ou para testar uma versão do produto, caso o seu negócio seja self-service.

Kit Planejamento do Funil de Vendas

3. Otimize os seus posts com maior tráfego

Sabe aqueles posts que fazem mais sucesso com o público e atraem a maior parte do tráfego do seu blog? Como você os tem usado para converter melhor os seus visitantes?

Se esses posts são ferramentas tão boas de atração, por que não usá-los também para oferecer algo mais aos visitantes?

Talvez, criar um CTA apropriado para o tema do post — mas que esteja de acordo com o objetivo principal da sua estratégia no momento — faça sentido para garantir um aumento na taxa de conversão.

4. Use chatbots para melhorar o atendimento

Os chatbots estão entre as maiores tendências da transformação digital. Por isso, as empresas que estão dispostas a investir nessa forma de interação podem esperar grandes resultados.

Além de automatizar uma parte importante do trabalho de toda empresa, que é prestar ajuda aos interessados, os chatbots fazem isso 24/7!

Ter “alguém” ajudando e tirando dúvidas durante todo o processo de conversão em uma página é certamente uma das melhores maneiras de navegar, e faz toda a diferença na decisão final do visitante/lead.

chatbots e marketing

5. Automatize os fluxos de trabalho

Criar fluxos automatizados de interação com os visitantes e os leads por meio de ferramentas de automação de marketing é outra forma importante de garantir que a taxa de conversão suba cada vez mais.

Esse tipo de interação — como enviar um e-mail depois que a pessoa toma determinada ação numa página — contribui para conduzi-la pela jornada do cliente. Confira um infográfico completo sobre o assunto:

a jornada do cliente

O engajamento será muito maior se os leads forem conduzidos de forma lógica a descobrir que o seu produto realmente é a melhor opção para eles.

6. Use o remarketing para ajudar a manter o interesse vivo

O retargeting, também conhecido como remarketing, é uma ferramenta incrível que permite a um site se reconectar com um visitante, mesmo quando ele estiver em outra página.

Por exemplo: suponha que alguém visitou a sua landing page, mas, por algum motivo, não aceitou a oferta no momento.

Por meio do retargeting, ele vai ser relembrado da oferta quando estiver acessando a sua rede social favorita ou algum site na web, o que reaviva a possibilidade de voltar ao seu site e ser convertido de vez.

Todas essas ações são práticas e podem ser aplicadas sem grandes dificuldades nas páginas do seu site ou do seu blog. Basta um bom planejamento de CRO e paciência para testar as hipóteses com sucesso.

A otimização da taxa de conversão é a melhor maneira de aproveitar ao máximo o tráfego gerado pelo seu site para conseguir resultados melhores. O segredo está em observar o comportamento dos usuários e oferecer sempre a versão que melhor atenda às suas expectativas.

Um dos objetivos de conversão mais comuns é a geração de leads. Veja como usar infográficos pode ser uma ótima forma de aumentar a sua base de leads rapidamente!

kit de geração de leads

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo