tipos de consumidores

Facebook Ads: aumente suas conversões utilizando públicos personalizados por tráfego no site

Você sabe como potencializar o alcance dos seus anúncios no Facebook Ads e gerar mais engajamento e visitas no seu site? Entenda.

Você quer aumentar as conversões em sua landing page? Que tal aproveitar melhor o potencial dos seus clientes e visitantes, aqueles que já demonstraram interesse em sua oferta?

É possível atingir esse público importante de forma simples através da plataforma de anúncios do Facebook.

A rede social oferece uma ferramenta que segmenta seus públicos com base nas interações com as páginas do seu site para impactar esses usuários em cada etapa do funil de vendas.

A segmentação por públicos personalizados do seu site é imbatível em sua assertividade.

Ele permite que você segmente consumidores por comportamento para identificar as melhores oportunidades de conversão.

Você pode direcionar seus anúncios no Facebook baseado em quais páginas a pessoa visitou, quais não visitou, o número de vezes que acessou e muito mais.

Incrível, não?

Esses anúncios são uma tática incrível para conhecer melhor seu público e aumentar a sua taxa de conversão. Aproveite as dicas e comece agora mesmo!

Quem está interessado? Exiba o anúncio certo para as pessoas certas

O poder dos anúncios do Facebook está na segmentação.

Mais importante do que escrever o texto perfeito, selecionar a imagens mais chamativa e decidir qual o valor do lance é atingir as pessoas que têm mais chance de realizar a ação desejada.

E quem são essas pessoas? Na maioria dos casos, elas são quem já visitou o seu site antes.

Segmentar uma audiências avançada personalizada pelo tráfego do seu site permite criar campanhas de remarketing no Facebook que vão atingir pessoas que já interagiram com o seu produto ou conteúdo, ou seja, demonstraram interesse na sua proposta de valor.

Com uma boa combinação de filtros, os seus anúncios vão atingir apenas quem teve uma interação qualificada com o seu negócio.

As principais opções de filtro são:

  • As páginas do seu site que alguém visitou (ou não visitou);
  • A frequência com que alguém visita o seu site ou página específica;
  • O tempo de permanência em seu site ou uma determinada página;
  • Quanto de receita ele já gerou para o seu negócio.

O tráfego do seu site é um tesouro de oportunidades e trabalhar essa segmentação é bem mais eficiente do que gastar todo seu orçamento visando pessoas que não te conhecem.

Cada filtro desses ainda tem detalhes que podem ser combinados para montar uma estratégia de segmentação para anúncios com grande chances de sucesso.

facebook ads

É fácil fazer esses anúncios segmentados no Facebook?

Qualquer anunciante do Facebook com um site pode criar anúncios de remarketing para visitantes do site. Você só precisa colocar na sua página um trecho de código (também chamado de “pixel“).

Sempre que esse pixel é disparado, o Facebook é notificado de que um usuário visitou uma página do seu site.

O Facebook busca às regras de anúncio que você criou para conferir se esse usuário pertence a algum público segmentado e decidir qual anúncio ele deve receber

O seu papel é criar regras que vão direcionar os visitantes para grupos específicos com base nas páginas específicas que eles visitaram, quando essa visita ocorreu, e qual foi o comportamento dele no site.

Depois de formar esses grupos você pode criar anúncios criados perfeitamentes para o tipo de atividade executada em seu site. Assim, você oferece soluções sob medida para o tipo de experiência do visitante, em cada etapa do funil.

Instalou o pixel do Facebook no seu site é quer começar a usar essa ferramenta poderosa? Vão bora ver como.

Como criar uma audiência segmentada pelo público do seu site

criar público personalizado no facebook ads

Agora que o seu pixel está instalado corretamente é hora de criar públicos segmentados para os visitantes do site!

Um detalhe importante antes de começarmos: você não precisa de um pixel diferente para cada página do site e nem para tipos de audiência. Cada conta de anúncio do Facebook tem apenas um pixel que precisa estar em todas as páginas do site.

O ideal é que você crie um pixel avançado para rastrear conversões e valores, mas esse tipo de remarketing pode ser feito com o pixel básico.

Ok, agora vamos criar as regras que determinam em quais audiências os visitantes do seu site vão ser enquadrados. Para isso, siga os seguintes passos:

    1. Acesse o modulo Audiencias no Facebook Ad Manager
    2. Clique em Públicos e depois em Criar Públicos
    3. Selecione Públicos Personalizados
    4. Clique em Tráfego do Site

Pronto, você chegou na tela onde vai potencializar a sua audiência. Agora deve explicar para o Facebook qual comportamento você quer trabalhar.

Quais São As Opções de Segmentação No Facebook?

Opções de segmentação no Facebook Ads

Não estava exagerando quando disse que essa é uma ferramenta muito poderosa! São muitas regras de segmentação dentro de uma única opção de público.

Veja algumas opções que você pode utilizar para aumentar a taxa de conversão das suas campanhas:

  • Todos os visitantes do site;
  • Pessoas que visitaram uma página específica;
  • Pessoas que visitaram uma página específica, mas não visitaram uma outra;
  • Pessoas que visitam uma página com certa frequência;
  • Pessoas que passam muito tempo no seu site;
  • Opções avançadas por eventos pixel (a principal é Conversões, ou “Purchases”);
  • Combinações personalizadas.

Vou explicar cada uma delas e dar exemplos de como podem melhorar as suas campanhas.

1. Todos os visitantes do site

Fazendo a segmentação por todos os visitantes do site

A primeira opção é segmentar todos que visitaram o seu site. Essa opção é a mais abrangente, mas pode ser o suficiente se você não tem um alto volume de acessos.

O Facebook permite indicar uma janela de tempo de 1 a 180 dias. Quem acessou o seu site há menos dias tende a ser mais relevante porque a experiência foi mais recente. Quanto mais recente a data limite for, menor será o seu público.

É por isso que você pode indicar a janela de tempo para essas visitas. Digite o período que deseja e clique em Criar Público.

Leve em consideração o volume de tráfego que seu site recebe para não criar uma audiência restrita demais.

Caso o número de acessos da página seja mais alto você pode criar mais de uma audiência deste tipo para trabalhar anúncios diferentes para reengajar visitantes mais antigos com uma oferta chamativa.

2. Pessoas que visitaram uma página específica

Segmentação baseada em pessoas que visitaram uma página específica

Você pode gerar uma audiência de pessoas que visitaram uma página específica, que pode ser uma certa landing page, um produto, uma publicação no blog ou até mesmo um grupo de páginas.

Essa opção é muito boa para quem tem possui alto volume de acessos que permita enviar anúncios segmentados pelo tipo de experiência do usuário.

Para fazer isso basta inserir os URLs exatos, ou termos que ele contenha, e qualquer pessoa que tenha visitado esses URLs será adicionada ao seu público.

Observe que existem opções para “URL contém”, “URL não contém”  “URL é igual a” e que também é possível determinar o intervalo em dias.

Ao selecionar  “URL contém” você pode inserir URLs parciais ou termos para segmentar visitantes por várias páginas relacionadas.

Através desse agrupamento você pode anunciar um carrossel de posts semelhantes para quem lê sobre um temas. Pode criar um público que baixou vários materiais ricos e trabalhar uma oferta.

É excelente também para um e-commerce onde é possível trabalhar trabalhar anúncios relacionados ao tipo de produto acessado.

A outra opção deste tipo de público é selecionar “URL é”. Aqui, você vai indicar para o Facebook que ele só deve capturar as pessoas que visitaram uma página específica.

3. Pessoas que visitaram uma página específica, mas não visitaram outras

Pessoas que visitaram uma página da web específica mas não outras

A simples combinação de URLs acessados pode acabar incluindo páginas indesejadas. Uma boa prática para evitar este tipo de problema é combinar “URL Contém” com “URL Não Contém”.

É mais fácil entender na prática.

Digamos que você tenha um e-commerce. Com essa opção de segmentação você pode separar as pessoas que viram a sua página de carrinho, mas não chegaram até sua página de confirmação de compra.

4. Refinar pela frequência com que alguém visita o seu site ou página específica

Segmentação pela frequência de visitação

Você pode clicar em “Further Refine By” para refinar ainda mais esse comportamento de acesso às suas páginas, indicando a frequência

Frequência é o número de vezes que a pessoa acessou a página. Uma alta frequência pode indicar que alguém está bastante interessado em um conteúdo ou produto.

Essa variável pode ser filtrada por “Igual ou maior que”, “Maior Que”, “Igual”, “Não é Igual”, “Menor ou Igual”, “Menor Que”.

Uma exemplo prático é criar audiências com pessoas que acessaram um conteúdo/produto várias vezes, mas não realizaram a ação que você queria. Geralmente essa pessoa estão bem engajadas ou querem muito alguma coisa mas existe alguma barreira no caminho da conversão.

Você pode atingi-la com conteúdos de fundo de funil ou oferecer um benefício extra para conseguir a conversão.

5. Refinar pelo dispositivo utilizado para acessar o site

Segmentação pelo dispositivo

Ao clicar em “Refinar ainda mais por” você ainda tem a opção de filtrar pelo dispositivo que a pessoa acessou o seu site.

Separar por dispositivos nos públicos personalizados por acesso é diferente de separar por dispositivos na veiculação do anúncio.

No filtro de público você informa ao Facebook que a audiência são pessoas que já acessaram o seu site em algum dispositivo (celular, android, desktop).

No anúncio, você diz que o seu anúncio só vai aparecer para quem – no momento do anúncio – estiver navegando através do device tal.

É confuso então um exemplo:

Você pode mostrar um anúncio de um produto ou landing page que vai ser veiculado apenas no desktop para pessoas que acessaram seu site pelo celular.

Muitas vezes o consumidor navegar pelo mobile para converter no desktop, e assim você consegue lembrar ele de concluir a ação mais tarde quando estiver no computador.

6. Segmentar pelo tempo de permanência na página

Segmentar pelo tempo de permanência na página

O tempo gasto na página geralmente indica o engajamento da pessoa com o conteúdo.

Aqui você consegue selecionar as pessoas que ficam mais tempo na sua página para qualificar melhor o tráfego antes de exibir um anúncio para alguém que nem mesmo leu o que você tinha a dizer.

Esse agrupamento funciona por percentual, e também pode ser segmentado por seu site como um todo ou por página(s). Você pode precisa escolher o percentual e o Facebook segmenta esse número de pessoas que passaram mais tempo na página nos últimos dias.

7. Pixel Avançado: Segmentar Por Eventos

Segmentar por eventos - pixel avançado

Se você tem o novo pixel do Facebook instalado pode utilizar os vários eventos e tipos de conversão para atingir as pessoas em cada etapa do fluxo.

O mais importante de todos os eventos avançados é o evento de conversão, e é com ele que vamos trabalhar.

O evento “Purchase” indica uma conversão no seu site e ao selecioná-lo o Facebook vai criar uma audiência baseada nas pessoas que já converteram no seu site.

Você pode refinar pelo número de vezes que essa conversão aconteceu, com que frequência ela aconteceu, em qual período de tempo e também o valor.

Essa opção é excelente para trabalhar o pós venda, tentar um upsell ou venda complementar. Ela também funciona muito bem quando utilizada em conjunto com as ferramentas de audiências semelhantes e segmentação por interesses.

8. Tudo Junto e Misturado

O mais legal é que todas essas opções podem ser usadas ao mesmo tempo.

Digamos que você tem um e-commerce, tipo de site onde o remarketing funciona extremamente bem. Você poderia criar uma audiência que:

  • Visitou um tipo de produto do site, com a opção de URL Contém;
  • No mínimo 3 vezes, com a opção de frequência;
  • Nos últimos 60 dias, com a limitação do período;
  • Não visualizou a página de Check Out (não comprou) com a opção de não visitou página que o URL Contém.

O objetivo poderia ser exibir um anúncio contendo um cupom de desconto as pessoas que acessaram alguns produtos muitas vezes recentemente mas não compraram.

Algumas outras ideias com audiências combinadas são

  • Anunciar um produto que resolve o problema levantado em um post que a pessoa acabou de ler no blog. Use o tempo de duração na página para filtrar as pessoas que realmente consumiram a informação.
  • Um anúncio para quem acessou a página confirmação apenas uma vez nos últimos 180 dias oferecendo outro novo produto que complementa a experiência dessas pessoas. Você ainda pode indicar que gostaria que ela já estivesse demonstrando interesse acessando a página desta segunda oferta.
  • Convidar para um webinar as pessoas que mais acessam páginas sobre um determinado assunto.

As possibilidades são muitas e criam audiências segmentadas que passam a ser alimentadas automaticamente pelo tráfego do seu site.

Segmentar seus anúncios para qualificar tipos de públicos e comportamentos dentro do seu site viabiliza o trabalho com alto volume de leads sem prejudicar a experiência do consumidor.

Basta entender a jornada de compra do seu cliente, aplicar a segmentação de leads em cada etapa e usar a imaginação para entregar anúncios relevantes e chamativos.

Essa é apenas uma das ferramentas disponíveis para turbinar sua atuação nas redes sociais, sendo o Facebook apenas uma delas.

Confira este guia completo de como fazer marketing de conteúdo nas redes sociais para conquistar o seu público com posts relevantes.

ebook marketing nas redes sociais

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo