reconhecimento de marca

6 passos para conquistar um reconhecimento de marca efetivo

Você sabe a importância do reconhecimento de marca? Entenda seus principais benefícios e como ele pode alavancar os resultados do seu negócio!

O que fazer para conseguir um reconhecimento de marca invejável? Sorte? Muita verba? Publicidade em massa?

Talvez você até precise um pouco de alguns desses quesitos, mas isso é o de menos.

O erro de muitos é achar que apenas as empresas gigantes conseguem gerar reconhecimento de marca. Saiba que isso é um mito, pois até mesmo uma pequena pastelaria consegue o seu lugar ao sol com as estratégias certas.

Neste post, vamos explicar o que é o reconhecimento de marca e mostrar os seus benefícios e alguns passos para conquistar esse objetivo.

Confira!

O que é o reconhecimento de marca?

Imagine as pessoas reconhecendo a logomarca da sua empresa só de bater o olho. Ou melhor: tendo bons sentimentos ao avistá-la. Legal, não é mesmo?

Uma estratégia de reconhecimento de marca visa colocar a sua marca na mente dos consumidores de maneira positiva.

Para isso, será necessário trabalhar todos os aspectos do seu negócio, desde a escolha do nome até o atendimento ao cliente.

Para conquistar esse objetivo, é necessário paciência e perseverança, pois é um processo lento e construído aos poucos (mas, quando você vê o resultado, percebe que valeu a pena).

É importante frisar que você precisará de uma boa gestão para ter uma marca forte no mercado. Somente dessa forma você consegue alinhar a comunicação com a filosofia da empresa.

De nada adiantará comunicar que você entrega X se o consumidor chegar o estabelecimento e receber Y…

Quais são os seus benefícios?

Clientes fiéis

Quando a sua marca se distingue das demais e conquista reconhecimento do público, a tendência é que você ganhe seguidores fiéis.

A marca passa a fazer parte do estilo de vida das pessoas, e muitos desses clientes passam a defendê-la com unhas e dentes.

Quem nunca presenciou uma discussão fervorosa sobre qual smartphone ou sistema operacional é melhor?

Recomendação

O marketing de recomendação, também conhecido como boca a boca ou marketing de indicação, é uma modalidade bastante eficaz.

As recomendações têm um peso enorme na hora do consumidor optar por determinado produto ou serviço. Logo, se você tem clientes defensores da marca, eles não hesitarão em te indicar.

As redes sociais e ferramentas de avaliação online potencializaram esse processo. Segundo pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 90% dos consumidores pesquisam na internet antes de realizarem uma compra. Isto é, não precisamos mais perguntar aos amigos e aos familiares.

Credibilidade

Ao atingir certo nível de reconhecimento, a empresa consegue ampliar a sua carteira de clientes apenas com o seu nome.

Esse status conquistado facilita bastante no momento de fechar vendas e firmar contratos.

Vamos supor que você queira aprender a tocar guitarra. Então você vai precisar ir até a loja de instrumentos musicais e escolher uma entre as diversas opções.

No entanto, como você é novo nesse universo, não sabe de fato qual é a melhor. Nesse caso, provavelmente você vai escolher uma guitarra de uma marca conhecida.

Segundo pesquisa da HubSpot, apenas 29% dos consumidores perguntam para saber mais sobre o produto para os vendedores.

Como conseguir um reconhecimento de marca?

1. Se necessário, reformule o branding

O branding é o ponto de partida para a sua marca ser conhecida e desejada.

Ele deve ser definido desde o início e acompanhado durante todos os anos de vida da empresa. Ou seja, é a gestão da imagem da sua marca em geral.

O que você vende? Produtos? Serviços? É preciso ir além dessas obviedades e vender uma ideia.

O cliente de uma boate não está ali só por causa das bebidas e petiscos, mas para viver uma experiência.

Muitas vezes a marca não consegue ser reconhecida por um erro de branding. Sendo assim, é necessário encontrar um novo caminho e se reposicionar no mercado.

2. Faça uma segmentação de mercado efetiva

Obviamente, o posicionamento adotado precisa levar em consideração a persona.

Se o seu target não se identificar com a imagem que você está passando, todo o seu planejamento vai por água abaixo.

A verdade é que ninguém consegue ser bom em tudo. Se você escolhe abrir uma loja de roupas, é imprescindível selecionar um público para atingir.

Um exemplo é a Centauro. Essa rede de lojas de artigos esportivos atende clientes de diferentes perfis. Entretanto, eles têm algo em comum: a paixão pelo esporte.

3. Crie um vínculo emocional com o consumidor

Assim que você formular o seu branding, será definido a filosofia da empresa, valores, crenças, objetivos, entre outros detalhes importantes.

A partir de então, é preciso criar uma forma de se comunicar com o público que transpareça essa personalidade.

Imagine uma padaria que tem como diferencial a capacidade de produzir muitos pães. O dono do estabelecimento adquiriu um equipamento de última geração, e ninguém tem uma igual na cidade.

O que ele deve anunciar nesse caso? Seu equipamento ultramoderno? Com certeza não! O que os consumidores precisam saber é que eles terão pães quentinhos a todo momento.

4. Preocupe-se com a identidade visual

Não é apenas a comunicação verbal que deve ser levada em consideração, mas também a não verbal. Todos os elementos que compõem a sua marca passam uma mensagem.

A Apple é um excelente exemplo. O visual clean dos produtos, dos pontos de vendas e da publicidade são facilmente identificados. Esses elementos evidenciam a mensagem que a Apple quer passar: inovação e qualidade.

A sua identidade visual deve seguir uma linha em todos os meios de comunicação e no seu estabelecimento físico. Isso vale para o site, as páginas nas redes sociais, os anúncios nas mídias tradicionais e onde mais você estiver presente.

5. Esteja presente nos diferentes meios de comunicação

Estar nos diferentes meios é essencial para sua estratégia de reconhecimento de marca. Não estamos dizendo para você investir em todas as mídias, mas diversificar.

Da mesma forma que existem aqueles que só investem nas redes sociais (pois o custo é menor), também há quem coloca toda a sua verba na TV por ser uma mídia de massa.

Se a sua intenção é ser reconhecido NO seu segmento, é preciso explorar todo o potencial das mídias on e offline. Dessa forma, você consegue atingir sua persona onde ele estivar.

6. Crie estímulos sensoriais

Falamos muito da parte visual das marcas, como o público as enxergam. Porém, é importante explorar os outros sentidos: audição, paladar, olfato e tato.

Desse modo, as pessoas conseguem associar a sua imagem quando entrarem em contato com determinado som, sabor, cheiro ou textura.

As motos da Harley Davidson, por exemplo, possuem um ronco único. É possível identificá-las de longe apenas pelo barulho do escapamento. O som já virou uma marca registrada da fabricante.

Esses detalhes criam lembranças nas mentes dos consumidores.

Contudo, deve-se tomar cuidado para não estimular demais os sentidos e causar sentimentos negativos.

Sabe aquele perfume forte ou aquela música alta e frenética em algumas lojas? Na maioria dos casos, é bom evitar.

O reconhecimento da marca pode ser ocasionado por diversos fatores, e é necessário que você encontre o seu caminho para se diferenciar dos demais.

Agora que você conferiu nossas dicas para conquistar um reconhecimento de marca, que tal conhecer as 20 ações de marketing que você precisa usar na sua estratégia?

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo