foto ilustrativa para SEO para Google Imagens

Aumente o tráfego do seu blog com o SEO para Google Imagens!

O Google Imagens é um dos mecanismos alternativos de busca do Google, assim como as pesquisas de vídeo, notícias, shopping, livros e mapas.

Por meio dele, as pessoas podem encontrar sites, conteúdos ou fotos específicas usando os resultados de imagens em vez de textos e links.

É o caso, por exemplo, de buscas por referências de decoração, roupas, pratos de comida ou fotos de algum famoso ou evento.

Uma particularidade do Google Imagens é a possibilidade de fazer uma pesquisa não só por palavras-chave. Veja abaixo as diversas maneiras de pesquisar!

Como pesquisar imagem no Google?

Existem 4 formas de pesquisas por imagens no Google. Abaixo nós iremos explicar cada uma delas.

Pesquisa por URL

Agora você pode iniciar uma procura por meio de uma imagem, desde que seja enviada do seu computador ou por meio de um URL de uma outra imagem da web.

Veja abaixo como pesquisar imagem no Google:

  1. Vá para o Google Imagens e clique no ícone de câmera:google imagem
  2. Você terá acesso à tela abaixo, na caixa de texto, insira a URL da imagem que você quer pesquisar:
  3. google-imagensPronto! Você terá informações sobre a imagem como a fonte, palavras-chave ligadas a ela, além de outras opções de tamanho:

google imagem

Pesquisa por upload de imagem

A pesquisa por upload funciona de forma parecida com a por meio de URL. Confira o passo a passo!

  1. Você acessa novamente o Google Imagens e clica no ícone de câmera:
  2. google-imagensAgora, em vez de inserir a URL, clique na outra opção, “Envie uma imagem” e depois clique em “Escolher arquivo”:google-imagens
  3. Você automaticamente vai ter acesso às pastas do seu computador, selecione a imagem que você quer pesquisar:google-imagens
  4. Agora o Google pesquisará sua imagem e pronto! Você terá acesso à mesma tela e informações de quando pesquisou por URL.

Arrastar e soltar uma imagem na caixa de pesquisa

Para pesquisar por upload, você pode pular a etapa de clicar para procurar o arquivo e simplesmente arrastar a imagem direto da pasta do seu computador para a caixa de pesquisas do Google:

google-imagens

Clicar com o botão direito em uma imagem

Quando você estiver em um site, ver uma ilustração ou foto e querer saber mais a respeito, nem precisa copiar a URL ou salvar a imagem em seu computador para fazer a pesquisa reversa!

Se você estiver usando o Chrome ou o Mozilla Firefox, com um simples clique, é possível usar a busca por imagens.

Veja o passo a passo:

  1. Sobre a imagem, clique com o botão direito do mouse e selecione a opção “Procurar imagem no Google”:
  2. google-imagensPronto! Uma nova guia será aberta com todas as informações sobre a imagem pesquisada:

google-imagens

Ferramentas de pesquisa

Além da pesquisa reversa, o Google Imagens oferece diversas ferramentas para você filtrar a busca e encontrar resultados mais precisos. Você tem acesso a elas na barra acima dos resultados, clicando em “Ferramentas”, como no print:

google-imagens

Nas opções, você poderá selecionar:

  • Tamanho: escolha entre opções predeterminadas de resolução (Grande, Médio e Pequeno), determine o tamanho mínimo para sua imagem na opção “Maior que” ou determine um tamanho exato para o seu resultado na opção “Exatamente…”);

google-imagens

  • Tempo: determine a idade do seu resultado, escolhendo entre “Em qualquer data”, “Nas últimas 24 horas”, “Na última semana” ou defina um intervalo de tempo exato em “Intervalo personalizado”;

google-imagens

  • Procure imagens parecidas ou encontre mais tamanhos na terceira opção, selecionando entre “Aparência similar” ou “Mais tamanhos”;

google-imagens

  • Direitos de uso: escolha quais imagens você vai ver conforme os direitos de uso, ideal principalmente para quem está procurando imagens de uso livre para um post ou peça.

google-imagens

Por que as imagens do seu site precisam aparecer nesses resultados de busca?

Preparamos uma breve lista com 4 razões para comprovar que o seu site ou blog podem crescer se forem otimizados para o Google Imagens.

Confira nas próximas linhas!

Produz um crescimento mais rápido no ranqueamento

Uma vantagem do Google Imagens é que, ao fazer apenas uma simples rolagem no mouse para descer a tela, dezenas de resultados são exibidos — algo em torno de 30 a 40 imagens.

Logo, as chances de o público ser impactado pelas imagens do seu site são bem maiores do que nas pesquisas textuais, que comportam 10 resultados por página (sendo que as pessoas raramente avançam para a segunda ou terceira página).

Possibilita aparecer nos resultados de pesquisa de texto

Um detalhe do funcionamento que pode ser considerado um benefício é a chance de uma imagem do seu site aparecer nos resultados globais de pesquisa.

Se você costuma utilizar o Google, já deve ter notado que, para algumas buscas, as imagens são exibidas antes, ao lado ou entre os resultados de links.

Por exemplo, se você for ao Google e fizer uma pesquisa por “Quentin Tarantino” (famoso diretor de filmes, como Os Oito Odiados e Pulp Fiction), verá que as fotos dele aparecem ao lado dos links.

Gera mais tráfego para o site ou blog

Se você pode aparecer mais rapidamente no topo dos resultados de pesquisa e ainda tem a possibilidade de exibir suas imagens nos resultados de texto, é natural que o tráfego em seu site ou blog seja maior.

Mais do que um caminho alternativo, o Google Imagens é uma fonte complementar de visitantes, assim como são as redes sociais, o e-mail e outros canais indiretos.

Os segredos do tráfego orgânico

Melhora experiência de consumo de conteúdo

Esse é um benefício mais voltado para os visitantes. Quando você utiliza e otimiza as imagens em seus conteúdos, pode-se melhorar a experiência dos usuários de 3 maneiras:

  1. Oferece uma opção a mais de imagem para uma determinada pesquisa: se você postar uma foto, meme, montagem ou ilustração própria, há uma boa chance de atrair visitantes por ser algo novo, ou seja, com ângulo, visão, cores e contextos diferentes das demais imagens sobre o mesmo assunto;
  2. Torna o entendimento do conteúdo mais lúdico: as imagens ajudam a ilustrar e a explicar tutoriais e conceitos mais complexos;
  3. Promove a acessibilidade: quando as imagens não são carregadas, o Google exibe as tags alt text (veremos mais sobre elas mais à frente) para descrever o conteúdo da imagem aos leitores. No caso de deficientes visuais, essa mesma tag poderá ser lida por programas que falam o conteúdo dos sites. Assim, as imagens ficam acessíveis a todo tipo de público.

Como fazer o SEO de suas imagens para o Google Imagens?

O SEO para fotos, figuras e demais ilustrações não é carregado de tantas técnicas como as otimizações de páginas e textos.

Ainda assim, há algumas modificações importantes para fazer o seu site ou blog serem mais bem ranqueados nas buscas por imagens.

Quer saber o que precisa ser feito? Então veja as 5 dicas que selecionamos para você!

1. Ajuste os nomes dos arquivos das imagens

Como é que você costuma nomear as imagens que você sobe para o seu site? Se você não costuma descrever as imagens nos nomes dos arquivos, então está no caminho errado.

Junto com a alt text (assunto do próximo tópico), o nome do arquivo é uma maneira de o Google ler a imagem. Afinal, o motor de busca não consegue visualizar uma figura da forma como vemos.

Por isso, se você upar uma foto de um tênis de corrida preto da Adidas, o nome do arquivo poderia ser “tenis-de-corrida-preto-Adidas.jpg”.

Lembre-se de que cada palavra deve ser separada por hifens (o Google também não lê espaços) e não devem conter acentos.

O nome do arquivo pode aparecer, em diversas ocasiões, na URL da imagem, isto é, tornam as coisas muito mais fáceis para o Google.

2. Descreva as imagens no atributo alt text

O alt text é o fator mais importante de SEO para imagens, fotos e figuras. Trata-se de um atributo de descrição que deve ser inserido no código HTML de uma imagem.

Mas pode ficar tranquilo, pois você não precisa ser um grande entendedor de programação para fazer isso.

Algumas plataformas, como o WordPress, facilitam a inserção dessa tag.

Por exemplo, quando você sobe uma imagem do seu computador para o sistema, ele oferece a possibilidade de preencher um campo chamado “Texto Alternativo”. É ali que você deve descrever a sua imagem.

Essa descrição deve ser breve, objetiva e, se possível, com a palavra-chave da página onde a imagem está inserida.

Esse trecho deve descrever a imagem para que os robôs do Google consigam saber do que se trata a imagem.

Por exemplo, se você subiu uma foto do livro “A Arte da Guerra” em um post do seu blog, o código da imagem com a tag alt text poderia ficar assim:

<img src=”capa-a-arte-da-guerra.jpg” alt=”Capa do Livro A Arte da Guerra” />

Dica importante: evite a repetição de palavras-chave tanto no nome do arquivo quanto na alt text de uma mesma imagem. O Google entende isso como uma forma de manipulação dos algoritmos, o que pode resultar em punições para o seu site.

mini checklist de blog

3. Inclua uma legenda para as suas figuras

A legenda não é um fator que influencia diretamente no SEO de uma imagem. Sua atuação é mais focada no SEO da página, com o objetivo de manter a atenção do leitor na página.

E isso é importante porque tem muita gente que acessa um site depois de clicar na imagem dos resultados de pesquisa, salva o arquivo no computador e logo fecha a página.

Essa atitude é péssima para o site, pois costuma aumentar a taxa de rejeição, fazendo o Google entender que aquela busca não foi satisfatória para o usuário.

Com as legendas, o leitor pode entender o contexto no qual aquela imagem está inserida e, com isso, se interessar pelo restante do conteúdo.

Com os visitantes permanecendo mais tempo no site e uma menor taxa de rejeição, suas páginas vão ranquear melhor tanto nos resultados de texto quanto nos de imagens.

4. Alinhe as imagens com o conteúdo da página

O contexto da imagem em relação ao conteúdo da página também influencia indiretamente no ranking.

Por exemplo, uma imagem de um motor de carro estará mais bem posicionada em um texto sobre mecânica de automóveis do se estivesse em um artigo sobre viagens.

Portanto, as imagens e o texto da página precisam conversar, se complementarem.

5. Reduza o tamanho dos arquivos

Essa é outra técnica que afeta mais o SEO da página, mas como mexe com as imagens, vale a pena ser lembrada.

Essa redução de tamanho de arquivo é relevante para acelerar o carregamento das páginas.

Afinal, um dos fatores que mais atrasam a abertura é o peso das imagens, e ninguém gosta de um site que carrega lentamente, não é mesmo?

Portanto, utilize programas que diminuem o tamanho dos arquivos sem perder tanto a qualidade das imagens. Ferramentas como o Optimizilla, Kraken.io e TinyPNG.

O Google Imagens é uma rota interessante de ser explorada para atrair mais tráfego para o seu site ou blog.

Enquanto a maioria das páginas focam nos resultados de busca textuais ou de vídeos, você pode crescer se otimizar suas imagens do jeito certo.

Para isso, garanta ao menos que elas tenham o nome do arquivo e a tag alt text ajustadas.

O Google só entenderá a descrição e o contexto da imagem se esses trechos forem corretamente preenchidos. Enfim, tratam-se dos fatores mais diretos no ranking das suas imagens nos resultados de pesquisa.

Aqui, você pôde conferir como otimizar o seu site para ranquear melhor no Google Imagens.

Agora, o próximo passo é saber escolher as fotos e figuras para tornar os seus posts mais atrativos e engajadores.

Por isso, indicamos a leitura do nosso artigo com os 103 melhores bancos de imagem gratuitos para você achar as melhores imagens para os seus posts!

Tamanho de imagem nas redes sociais