Tendências de marketing digital

As 7 maiores tendências de marketing digital que você precisa conhecer

Manter-se atualizado é fundamental no mercado de marketing digital. Conheça as principais tendências de marketing digital!

O acesso à internet no país cresceu 22% desde 2012, e hoje 36.7 milhões de lares já possuem conexão direta à rede.

Isso significa que o número de pessoas que podem ser atingidas por uma boa estratégia de marketing digital também cresce e, junto disso, vem a necessidade de inovar.

Quer descobrir o que há de melhor no mercado?

Para ajudar, preparamos esse texto com as tendências de marketing digital mais badaladas de 2017 e, claro, previsões para o que ainda vem em 2018.

Continue lendo e não deixe de tomar nota:

1. Gestão de comunidades

A noção de nutrição de uma comunidade em torno de marcas, hobbies e influenciadores já é bastante popular em mercados como o da moda e de jogos digitais.

Hoje em dia, porém, é fundamental que todo negócio, independente do nicho, esteja ciente do potencial da gestão de uma comunidade para a construção de uma marca verdadeiramente forte.

Estudar a persona, identificar grupos, escolher uma plataforma, entregar conteúdo exclusivo e, claro, abrir espaço para interação, são os passos fundamentais na hora de montar uma comunidade engajada para seu negócio.

Grandes redes como o Facebook e LinkedIn, por exemplo, já oferecem o ambiente ideal para a proliferação desses grupos, e garantem a oportunidade de troca direta de experiências com sua persona.

Responder dúvidas, mostrar novidades, encontrar influenciadores, acessar conteúdos gerados pelos usuários e pedir feedback em tempo real são apenas algumas das vantagens de se ter uma comunidade ativa ao redor do seu negócio.

Com uma boa gestão é possível ganhar a confiança do seu público e estabelecer um relacionamento saudável entre o negócio e seus consumidores, abrindo ainda mais portas para a entrega de valor juntamente de seu produto ou serviço.

Para os próximos anos essa será uma das principais tendências de marketing digital que poderá revolucionar a relação entre marca e consumidores.

2. Marketing de Conteúdo

Segundo a pesquisa Content Trends, da Rock Content, cerca de 70% das empresas no Brasil já utilizam o Marketing de Conteúdo.

Essa ferramenta, que vem conquistando cada vez mais espaço nas tendências do marketing digital, não pode ser deixada de fora quando o objetivo é melhorar suas conversões e aumentar as vendas.

Para aqueles que já investem no marketing de conteúdo, esse é um bom momento para reavaliar as estratégias utilizadas e diagnosticar pontos que precisam ser otimizados.

Cada vez mais se faz necessário investir em conteúdo personalizado para seu negócio, variando, principalmente, na oferta de formatos e apresentação das informações.

Textos, vídeos, animações, podcasts, materiais ricos, infográficos e aplicativos precisam ser feitos com foco na possibilidade de se agregar mais valor à rotina das personas.

Em tempos de crise e recessão econômica, uma das grandes vantagens do Marketing de Conteúdo, e que o coloca como uma das principais tendências do marketing digital, está na possibilidade de se reduzir gastos com anúncios e propagandas nos meios tradicionais em troca de resultados cada vez mais precisos para sua empresa.

Quer saber mais sobre o marketing de conteúdo? Aproveite então para conferir nosso e-book com os primeiros passos para sua estratégia digital!

3. Campanhas em vídeo

O vídeo é o presente e o futuro do marketing digital e de conteúdo.

Segundo pesquisa do Moovly, conteúdos com vídeos incorporados te dão 53 vezes mais chances de ranquear bem no Google quando comparado com textos tradicionais (o que aumenta, e muito, as chances do seu negócio ser encontrado!).

No Facebook, por exemplo, a média de engajamento com conteúdos em formato de vídeo é aproximadamente 135% maior do que o engajamento com fotos.

Isso significa que, se as imagens postadas em sua página têm em média 100 likes, o vídeo terá, pelo menos, 235 likes.

Essa é uma diferença exorbitante dentro de qualquer estratégia nas redes sociais.

Não se esqueça de que, para fazer efeito, uma estratégia de marketing com vídeos precisa ser cuidadosamente bem planejada.

Abaixo vão algumas dicas para quem quer se aventurar nesse formato de conteúdo:

  • Comece sempre por um bom estudo de persona. Você precisará entender os seus hábitos de consumo, os formatos preferidos, a linguagem adequada, os conteúdos de interesse e até mesmo o tamanho ideal para cada vídeo;
  • Foque sempre na possibilidade de se contar uma boa história nos seus conteúdos. O storytelling é uma reconhecida estratégia de engajamento que ajuda na identificação da persona com sua marca;
  • Não se esqueça de incorporar o conteúdo em vídeo com seu blog, website e redes sociais! Quanto mais divulgação, melhor;
  • Foque nos três primeiros segundos do seu vídeo. Eles serão essenciais para assegurar a atenção do espectador até o fim da transmissão;
  • Aproveite dos recursos de sua plataforma favorita para incluir também CTAs que levem aos seus outros formatos, links e redes sociais. Pelo Youtube, por exemplo, você pode criar anotações sobre o vídeo ou incrementar na descrição do conteúdo;
  • Monitore resultados e não economize na hora de otimizar o seu conteúdo. Pode ser que você precise fazer vídeos mais curtos, ou mudar a linguagem para atrair melhor a sua persona. Por isso, esteja atento às métricas de visualização do conteúdo e faça os ajustes (e testes) necessários!

Aproveite também para ler 11 dicas de nossos especialistas para a criação de conteúdos em vídeo para sua estratégia!

4. Big Data

A integração de Big Data à gestão de suas estratégias de marketing é apenas mais uma das tendências do marketing digital que devem crescer nos próximos meses.

Essa noção está fortemente ligada à sua capacidade de análise de dados e transformação desses resultados em material para a otimização das estratégias de sua empresa.

Um bom exemplo é a prática do data-driven marketing, ou marketing de dados, como ficou conhecido no Brasil.

Em resumo, as vantagens do Big Data para sua empresa incluem:

  • Diferencial competitivo;
  • Facilidade para identificar problemas e pontos carentes de otimização;
  • Identificação de padrões nos seus canais de comunicação;
  • Melhoria na gestão de métricas.

Para melhor entendimento das noções de Big Data, sugiro a leitura desse texto completíssimo de nosso portal.

5. Mobile Marketing

Segundo uma pesquisa do IBGE, mais de 80% das casas brasileiras já contam com pelo menos um aparelho smartphone com acesso à internet.

Não só isso, fica cada vez mais visível como essa alternativa tem se tornado a favorita dos usuários na hora de navegar pela web, não só pela praticidade, mas também por um longo processo de mudança de hábitos que vem acontecendo na sociedade.

Pensar em estratégias de marketing adaptadas para o mobile é hoje fundamental para que o seu negócio sobreviva às demandas do mercado.

Esteja atento para construir um blog e website 100% responsivo para o seu negócio, e assegure-se de que os formatos de vídeos, fotos e texto estejam adaptados às telas de diferentes smartphones.

Lembre-se de que a chance de um usuário retornar a um site que lhe causou transtornos no acesso é bem pequena, o que pode comprometer suas vendas.

Então, se sua empresa ainda não adotou um design responsivo, se ainda não têm estratégias específicas para acessos mobile ou ainda não oferece suporte para acesso por diferentes sistemas operacionais, é hora de começar a trabalhar para não ficar de fora de uma das maiores tendências do marketing digital.

6. Otimização da taxa de conversão (CRO)

Você já sabe que otimizar é preciso, mas sabe também que é possível fazer esse tipo de alteração com foco especial para resultados?

Pois é isso mesmo que o CRO oferece para uma estratégia de marketing digital: a oportunidade de diagnosticar problemas e melhorar a performance de um site, blog ou conteúdo em plataforma externa tendo em vista o aumento das conversões.

Por meio da segmentação do público, análise de dados e realização de testes, fica muito mais fácil entender como as conversões do seu site podem ser melhoradas.

Outra maneira de ampliar os resultados por meio do CRO é ficar atento a alguns pontos, como:

  • Velocidade do site;
  • Certificado de segurança;
  • Provas sociais.

Aproveite para unir essa tendência a outras alternativas já apresentadas aqui, como o marketing de conteúdo ou o vídeo marketing, por exemplo.

7. Outras tendências que você pode acompanhar

Apesar de não terem tanto destaque para esse ano quanto as tendências já citadas, pode ser uma boa ideia acompanhar essas novidades do marketing e, quem sabe, incorporá-las à estratégia de sua empresa:

  1. Wearables: Relógios, bolsas e canetas inteligentes entram nessa categoria alinhada com as inovações tecnológicas dos últimos anos. O maior exemplo de wearable no mercado, hoje, é o Apple Watch.
  2. Mídia Digital Out of Home: Todo tipo de publicidade que vise atingir a persona enquanto ela está fora de sua casa pode se encaixar nessa categoria. Alguns exemplos incluem monitores de LCD pela cidade, propaganda dentro de ônibus etc.
  3. Internet das coisas: A internet das coisas já é tendência desde o início dessa década, mas é bem verdade que sua relevância não pode ser ignorada, principalmente dentro do marketing. Incorporar seu produto a uma rede de conexões com certeza é um diferencial no mercado atual.

Gostou? Quer aprender mais sobre marketing e todas as tendências que podem impulsionar o seu negócio?

Então aproveite para conhecer nossos e-books gratuitos! São mais de 50 materiais preparados pelos maiores especialistas em marketing do Brasil.