Ubersuggest

Ubersuggest: ferramenta de palavras-chave é disponibilizada de graça!

O Ubersuggest é uma ferramenta de palavras-chave gratuita que pode auxiliar sua estratégia de SEO e gerar resultados positivos para sua produção de conteúdo. Conheça tudo sobre a ferramenta!

Este post foi originalmente publicado na Comunidade Rock Content.

Nessa semana, tivemos a divulgação de uma excelente notícia para todos os produtores de conteúdo para web! Neil Patel, um dos maiores nomes do marketing digital no mundo, acabou de adquirir a Ubersuggest.

Mas a melhor parte é que ele decidiu aprimorar a ferramenta e disponibilizá-la de graça. Quer saber o que mudou nesta plataforma? Vamos lá!

O novo Ubersuggest

Após adquirir a página, o Neil Patel decidiu combinar o Google Keyword Planner com o Google Suggest e integrar todos os dados no Ubersuggest. Com isso, tivemos as seguintes melhorias:

  1. mais sugestões de palavras-chave;
  2. disponibilização do CPC (custo por clique), competição e volume de pesquisa;
  3. opção de filtrar e exportar os dados facilmente;
  4. tudo isso liberado gratuitamente!

Antes, nós costumávamos recomendar aos cliente que utilizassem o Google Keyword Planner. E isso exigia um passo a passo para conseguir cadastrar no Google Adwords e registrar uma campanha, que no fim não seria lançada de fato. Porém, ele passa por várias atualizações e temos que estar sempre atentos para atualizar o tutorial de cadastro.

Agora, não há por que passar por todos esses trâmites para ganhar acesso ao Keyword Planner mais. E quer saber como utilizar o Ubersuggest? Essa é a melhor parte:

Passo a passo para utilizar o Ubersuggest

  1. Acesse a página do Ubersuggest
  2. Configure para português, ou o idioma que preferir;
  3. Divirta-se!

Sim! O funcionamento dessa ferramenta é extremamente simples, intuitivo e eficaz, mas faremos um tutorial mesmo assim! Vamos pesquisar por “freelancer”:

E assim, temos os seguintes resultados:

Imediatamente, já temos as seguintes informações:

  • palavra-chave relacionada;
  • volume de pesquisa mensal de cada keyword;
  • CPC: custo por clique, em euros, para anúncios;
  • competição: dificuldade de disputar as palavras (quanto mais próximo de 1, maior a dificuldade).

Passando o mouse sobre o símbolo de gráfico na coluna de volume de pesquisas, temos um gráfico com o número de pesquisas em cada mês ao longo de 2017:

E, fazendo o mesmo com o gráfico na coluna de CPC, vemos a quantidade de clicks (orgânicos e pagos) por posição na SERP:

Também temos o recurso de palavras-chave negativas, onde inserimos os termos que desejamos eliminar da nossa pesquisa:

E a diferença que isso promove nos resultados:

Outra feature é a de filtrar resultados. Com ela, selecionamos termos que queremos que constem na pesquisa. Por exemplo, “trabalho”:

Desse modo, apenas um resultado é exibido:

Caso queira salvar os resultados que aparecem em uma planilha, é só clicar em “exportar para csv”!

Baseando-se nas palavras-chave sugeridas pela ferramenta, você pode definir qual será a melhor opção para produzir seus conteúdos. Por exemplo, vemos que “freelancer” tem uma dificuldade de 0,25, mas “freelancer o que é”, por outro lado, tem uma competição de 0,02. Optando pela segunda opção, você irá rankear também para a primeira

Então, o que você está esperando para experimentar essa ferramenta? Acesse agora e nos diga o que achou nos comentários!

Se você quer descobrir tudo sobre SEO e palavras-chave, faça o download do Guia Definitivo de SEO.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo