Vale do Silício

Descubra curiosidades sobre o Vale do Silício e conheça as principais empresas

Você já deve ter ouvido falar sobre o Vale do Silício, não é mesmo? Descubra tudo sobre esse polo tecnológico e conheça as principais empresas da região.
black friday - universidade rock contentPowered by Rock Convert

Há pouco mais de meio século, ninguém poderia imaginar que um conjunto de cidades nos arredores de São Francisco, nos Estados Unidos, se tornaria um dos maiores pólos tecnológicos a nível global.

Se antes o local era um aglomerado de municípios pacatos do interior, hoje é o berço de algumas das mais bem-sucedidas empresas do mundo. Ou, se você preferir, o paraíso para jovens profissionais dos ramos de tecnologia, empreendedorismo e marketing.

Mas como tudo isso começou? Por que tantas organizações de sucesso se reúnem na localidade? E quais são elas?

As respostas estão aqui! Neste artigo, você saberá quais são as principais companhias do local, conhecerá algumas curiosidades sobre elas e descobrirá a história do Vale.

Um pouco da história do Vale do Silício

Na época da Segunda Guerra, os Estados Unidos empregava grande parte de seus investimentos em tecnologia. Vários centros de inteligência e laboratórios foram criados com essa finalidade, inclusive na região onde hoje fica o Vale do Silício.

As atividades continuaram mesmo com o fim da Guerra. Isso aconteceu pela instabilidade do período da Guerra Fria, uma corrida econômica entre a terra do Tio Sam e os russos.

Os EUA criaram diversas políticas de incentivo ao setor privado e várias indústrias surgiram nos arredores de São Francisco.

Uma das primeiras pessoas a se instalar na região (mais especificamente em Palo Alto) foi Willian Shockley, vencedor do Prêmio Nobel de Física. Para isso, ele recrutou oito jovens pesquisadores.

A empresa de Shockley fracassou, mas seus funcionários persistiram e fundaram uma nova organização, a Fairchild Semiconductor, essa sim um negócio super bem-sucedido.

Eles seriam considerados, então, os fundadores do Vale do Silício. O nome do local não é oficial, mas um apelido derivado do principal material utilizado na fabricação de processadores.

Ao longo dos anos, os investimentos aumentaram e grandes empresas surgiram na região, o que faz com que o Vale do Silício seja considerado o berço de novas tendências tecnológicas.

Além de Palo Alto, o Vale do Silício abriga vários outros municípios: Newark, Menlo Park, Campbell, Union City, Milpitas, Sunnyvale, Cupertino, Los Gatos, Santa Clara, Fremont, Redwood City, Saratoga, Los Altos, Mountain View e San Jose.

Esse pequeno agrupamento de cidades é responsável por grande parte do desenvolvimento de softwares, hardwares, aplicativos e outros serviços relacionados ao setor tecnológico e acadêmico.

Hoje em dia, regularmente são realizadas convenções, palestras, workshops, congressos e eventos, o que atrai um grande número de empreedimentos para a região.

Também é comum a migração de startups promissoras para o local. Algumas delas se tornaram grandes empresas, como você verá mais adiante neste texto.

É natural que, com esse fluxo de informações e negócios, haja maior facilidade para encontrar parceiros de negócios, como desenvolvedores, investidores e aceleradores.

O incentivo governamental permanece até os dias de hoje e estimula a criação de novos negócios.

As principais empresas do Vale do Silício

Silicon Valley

Fonte: voiptoners.com

Diversas organizações possuem sedes ou filiais no Vale do Silício. Algumas nasceram lá mesmo, outras instalaram seus escritórios ou migraram totalmente seus negócios.

Isso um motivo bem simples: estar no Vale do Silício garante a aceleração do crescimento de grandes e pequenos negócios, coisa que possivelmente não aconteceria em outras localidades.

Quem vive no Vale do Silício aprendeu há muito tempo que quando se compartilha o conhecimento com os outros, um mais um geralmente equivale a três.

Vivek Wadwha, colunista do The Washington Post

Graças a essa cultura de inovação cotidiana, muitas empresas conseguiram prosperar na região. A seguir, você conhecerá algumas das mais importantes:

1. Intel

Você se lembra quando falamos sobre os oito jovens pesquisadores que “fundaram” o Vale do Silício? Dois deles, Robert Noyce e Gordon Moore, instituíram, mais tarde, a Intel.

A multinacional é a segunda maior empresa de semicondutores do mundo, atrás apenas da Samsung. Além disso, desenvolve seus próprios produtos e fornece tecnologia para outras grandes organizações, como Dell, Lenovo e HP.

A empresa foi avaliada como a 14ª mais valiosa do mundo em 2016, com um valor de 36,9 bilhões de dólares.

2. Hewlett-Packard

Você provavelmente já teve contato com algum produto da Hewlett-Packard (a união dos sobrenomes dos seus criadores), mas é bem provável que conheça a empresa pelo nome mais comum: HP.

Essa multinacional desenvolve hardwares e softwares para empresas de todos os tamanhos, além de produtos de alta qualidade, como portáteis, computadores e periféricos.

Em 2015, a empresa foi acusada de distribuir produtos com toxinas maléficas ao ambiente. Hoje, é vista como referência em reciclagem de eletrônicos, toners e cartuchos de tinta.

3. Google

Google

Fonte: visitcalifornia.com

Além de ser o maior mecanismos de buscas do mundo, o Google exerce outras atividades, como a publicidade online, APIs, desenvolvimento de hardware e software e computação em nuvem.

A base da empresa, a Googlepex, em Mountain View. O nome da empresa é uma brincadeira com o termo “googol”, que na matemática representa o numeral 1 seguido por 100 zeros.

Mas antes de ter sua grande sede, o primeiro escritório da Google era uma garagem alugada, assim como diversas outras grandes companhias do Vale do Silício.

4. Apple

Localizada em Cupertino, a Apple é uma das maiores fabricantes de eletrônicos, softwares e serviços online em nível global.

Seus produtos mais famosos incluem iPhones, iPads, computadores Mac, mais recentemente as tecnologias vestíveis e até mesmo veículos eletrônicos.

Em 2015, tornou-se a primeira empresa americana avaliada em mais de 700 bilhões de dólares.

Ah, e se você quer saber de onde veio a ideia da maçã, Steve Jobs escolheu o nome da empresa por motivos incomuns: primeiro, estava em uma dieta frutariana; segundo, queria aparecer na frente da Atari no catálogo telefônico.

5. Yahoo!

Com base em Sunnyvale, a Yahoo! foi uma das pioneiras do ramo da internet no mundo e até hoje mantém suas operações ativas.

Fornecedora de diversos serviços na web, como email, mecanismo de buscas, portal de notícias e servidores, a própria empresa diz que atrai “mais de meio bilhão de de consumidores por mês em mais de 30 idiomas”.

O Yahoo! já foi o buscador mais utilizado no mundo antes de ser ultrapassado pelo Google e o Bing.

6. Facebook

A rede social de Mark Zuckerberg fica localizada em Menlo Park e possui mais de 2 bilhões de usuários ativos todo mês. A ideia da rede social surgiu em Harvard, quando Zuckerberg ainda estava na faculdade (que ele abandonou com o sucesso da rede).

Atualmente, é considerada uma das empresas mais valiosas do mundo, com um modelo de negócios que gira em torno de anúncios e Big Data.

7. Twitter

Outra rede social em nossa lista, também chamada de microblog, o Twitter se caracteriza pela limitação de caracteres, atualmente aumentada para 280 (anteriormente, o limite era de 140).

O número de usuários mensais é de 328 milhões, que compartilham diversos tweets diários com incontáveis hashtags.

8. Netflix

netflix

Fonte: bizjournals.com

O serviço de streaming que já conta com mais de 100 milhões de usuários revolucionou a maneira que as pessoas consomem filmes e séries. Hoje a empresa vale mais de 20 bilhões de dólares.

A ideia da Netflix surgiu quando o CEO teve que pagar 40 dólares pelo atraso de uma fita em VHS da película Apollo 13. Inicialmente uma plataforma de aluguel de DVDs, evoluiu para tornar-se um serviço de assinatura e atualmente produz até mesmo conteúdo próprio.

E se você sonha em trabalhar na Netflix, pode ser realmente incrível: os colaboradores podem tirar quantos dias de folga quiserem! Segundo a empresa, é um meio de tratar seus funcionários como adultos, dando-lhes responsabilidades, mas com liberdade.

9. Microsoft

A empresa de Bill Gates é uma das maiores multinacionais de tecnologia do mundo. Ela oferece uma vasta quantidade de produtos e serviços, como licenças e suportes, computadores, eletrônicos e softwares.

Em 1995, Bill Gates tornou-se o homem mais rico do mundo, com uma fortuna de 12,9 bilhões de dólares. Hoje, ainda no posto, ele acumula 86 bilhões de dólares;

10. Oracle

A empresa de softwares, hardwares, middleware e banco de dados foi fundada em Santa Clara. No Brasil, já foi considerada uma das dez melhores empresas para se trabalhar.

A Oracle já desenvolvia tecnologia para internet antes mesmo de existir a demanda, mostrando-se uma empresa visionária;

Um dos primeiros clientes da Oracle foi a CIA, a central de inteligência do Governo dos Estados Unidos!

11. Adobe

Com sede em San Jose, a Adobe é uma desenvolvedora de aplicações. Se você trabalha com marketing, publicidade, design ou áreas correlatas, deve usar uma lista de softwares da empresa.

Alguns dos mais famosos são o Photoshop, InDesign, Illustrator, Acrobat, Dreamweaver, Flash, After Effects e Contribute. Além, é claro, do leitor de PDFs Acrobat.

A empresa possui mais de 10 mil funcionários ao redor do mundo. Destes, menos da metade ficam na sede, em San Jose.

12. NVidia

Localizada em Santa Clara, a NVidia é muito conhecida por suas placas de vídeo, muito usadas no mundo dos games por terem alta performance.

O foco da empresa também é na tecnologia, desenvolvendo diversas peças de computadores, softwares e acessórios para eletrônicos.

Em 2007, a NVidia foi eleita a “Companhia do Ano” pela revista Forbes, e é considerada uma das empresas mais promissoras do mundo. Isso porque grande parte do seu público encaixa-se na geração millenials.

13. Evernote

O Evernote é um SaaS (Software as a Service, em português Software como Serviço) de múltiplas plataformas desenvolvido para ajudar em organização e arquivamento.

O usuário pode criar notas escritas, gravar áudios, fazer o upload de imagens, entre outras funcionalidades. Sua sede fica em Redwood City.

Seu slogan é “Lembre-se de tudo!”, confirmando sua funcionalidade como um organizador prático e multiplataforma. A aplicação está disponível em mais de 10 línguas, incluindo o português.

14. Dell

Com quase 140 mil funcionários, a Dell é uma das maiores empresas de tecnologia do mundo.

Seu foco é no desenvolvimento de computadores para as mais diversas funcionalidades, como desktops de trabalho, pessoais, notebooks, computadores para games e outros.

Uma curiosidade sobre a empresa: Michael Dell, seu fundador, ficou apenas um ano na faculdade. Depois, desistiu dos estudos para investir nos negócios, que começaram no próprio dormitório da universidade.

Hoje, a empresa é tão famosa que seu logotipo já apareceu em séries como The Big Bang Theory e House of Cards.

15. LinkedIn

Mais um representante das redes sociais, o LinkedIn é famoso por focar em negócios e formação de networking.

Sediada em Mountain View, tem como principal objetivo exercer a função de uma grande rede de relacionamento profissional. Inclusive, se você está em busca de uma vaga de emprego, saiba que muitas empresas divulgam por lá.

Suas principais fontes de renda são a publicidade, o recrutamento e os pacotes premium para usuários.

Diferentemente de outras redes sociais, que se concentram em uma única aplicação, o LinkedIn possui cinco aplicativos: LinkedIn, LinkedIn Pulse, LinkedIn Connected, LinkedIn Recruiter e o SlideShare.

16. Samsung

Talvez a grande rival da Apple na corrida eletrônica, a Samsung também possui um escritório no Vale do Silício, em San Jose.

O grupo sul-coreano possui uma diversificada gama de investimentos, como eletrônicos, construção, serviços financeiros e médicos, e até mesmo construção de barcos.

A Samsung começou vendendo… Macarrão.

Não, você não leu errado. Inicialmente, eles eram do setor alimentício, mas migraram para outros nichos.

A empresa também patrocina uma das melhores equipes de League of Legends do mundo, a Galaxy, que em 2017 sagrou-se como campeã mundial e já se aliou à Six Flags para criar uma montanha-russa.

17. Electronic Arts

A indústria dos jogos eletrônicos cresce a cada dia. E, é claro, a Electronic Arts, também conhecida como EA, não poderia ficar de fora dessa.

Localizada em Redwood City, é uma das mais conhecidas criadoras de games do mundo, e conta com títulos como Need For Spped, FIFA, Battlefield e The Sims.

É a sexta maior empresa do gênero no mundo em termos de receita em 2017, superando grandes players do mercado, como Nintendo e Blizzard. O jogo The Sims, por exemplo, vendeu mais de 175 milhões de cópias, entrando para o Guinness Book como o mais vendido de todos os tempos.

18. Pixar

pixar

Fonte: animationanomaly.com

A empresa subsidiária da Disney (e fundada por ninguém menos que Steve Jobs) também está presente no Vale do Silício.

Envolvida no mercado do entretenimento, é muito famosa por suas animações em CGI. Alguns exemplos são Toy Story, Vida de Inseto, Procurando Nemo, Os Incríveis, Ratatouille, Wall-e, Up e Monstros S.A.

19. Amazon

A Amazon aparece em sexto lugar na lista das marcas mais valiosas do mundo em 2017, atrás de Apple, Google, Microsoft, Facebook e Coca-Cola.

O carro chefe da empresa é o comércio eletrônico, mas também oferece serviços de computação em nuvem e faz imensos esforços em tecnologia.

Entre os destaques, estão o AmazonFresh, Alexa, Kindle, Appstore e Amazon Prime. A Amazon quase se chamou Cadabra, mas a ideia foi rejeitada pois se pareceria muito com a palavra “cadáver”.

Além disso, o primeiro livro vendido na Amazon.com veio direto da garagem de Jeff Bezos, o CEO da empresa.

O famoso logo da empresa possui uma seta que parte da letra A e aponta para letra Z. Isso representa que eles entregam qualquer coisa, para qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo.

20. eBay

Uma das maiores plataformas de comércio eletrônico do mundo, a eBay está presente em mais de 20 países do mundo, incluindo os maiores polos mercantis da atualidade.

O site oferece opções para atacado e varejo, além do sistema de leilões online, no qual os usuários fazem lances para determinados produtos.

Há, inclusive, um livro que conta sobre a história da empresa, chamado “The Perfect Store: Inside eBay”.

21. PayPal

O sistema de transferências financeiras online PayPal veio para revolucionar a indústria de pagamentos virtuais.

Sem a burocracia dos tradicionais bancos e por meio de moeda eletrônica, estabeleceu-se como uma das maiores do ramo em caráter global.

A grande vantagem é a facilidade na utilização: basta o email e a senha para acessar o serviço. Além disso, é considerado um serviço perfeito para freelancers, uma tendência cada dia mais presente nos países europeus e na América do Norte.

22. Mozilla

Você provavelmente reconhece a Mozilla graças à um dos mais tradicionais navegadores para web na internet, o Firefox. Porém, há outros serviços, como o Thunderbird, Pocket e Thunderbird.

Uma informação interessante: o Firefox é o único navegador criado sem fins lucrativos e foi o primeiro a introduzir opções de add-ons (complementos) para personalização da experiência.

23. Sony

A empresa japonesa é uma das maiores fabricantes e distribuidoras de artigos eletrônicos no mundo. Ela também desenvolve suas próprias tecnologias, incluindo semicondutores e dispositivos de áudio e vídeo.

Além, é claro, de ser também uma produtora de filmes, que inclui alguns sucessos como Homem-Aranha, Karate Kid e Homens de Preto.

24. WhatsApp

Um dos aplicativos mais utilizados na atualidade, o WhatsApp possui mais de 1,3 bilhão de usuários. Quase 80% deles utilizam a ferramenta todos os dias.

Recentemente adquirido pelo Facebook, o aplicativo permite o envio de texto, imagem, vídeo e outras funcionalidades, sem exigir redes de conexão de alta velocidade para o seu funcionamento.

Ele foi fundado em 2011 por dois ex-funcionários da Yahoo!. Um deles, inclusive, não passou no processo de seleção para trabalhar no Facebook e no Twitter.

25. Nokia

nokia

Fonte: officesnapshots.com

A empresa finlandesa ficou muito conhecida no Brasil devido aos telefones celulares, mas também pratica outras atividades, como o desenvolvimento de tecnologias e licenciamento de produtos.

Em seu início, a Nokia era uma produtora de papel. Apenas três anos depois deram partida nas iniciativas no setor tecnológico. O nome é uma referência ao rio Nokianvirta.

26. Mitsubishi

Conhecida por seus veículos automotivos, a multinacional japonesa também exerce atividades em ramos como a indústria de energia, alimentos e produtos químicos.

Muita gente não sabe, mas a logomarca da empresa representa a tradução do próprio nome: três diamantes.

27. Canon

Especialista no desenvolvimento de câmeras fotográficas, fotocopiadoras, entre outros produtos, a marca possui uma reputação mundial e preza pela qualidade de seus produtos acima de tudo.

Um fato interessante sobre a empresa é que seu vice-presidente até já concorreu à presidência do Japão. Além disso, já estabeleceu diversas parcerias com a HP, também citada aqui na lista, para composição de produtos.

28. Atari

Uma das grandes responsáveis por popularizar os vídeo games no mundo, a Atari mantém, ainda hoje, suas atividades. Porém, aconteceram algumas mudanças.

Agora como desenvolvedora de games (e não mais de consoles, como antigamente), foi pioneira ao estabelecer um público mais adulto para os jogos. Além disso, também tem foco em públicos mais específicos, como o LGBT.

29. IBM

Em atividade há mais de um século, a International Business Machines é uma das maiores desenvolvedoras de hardware e software do mundo. Suas atividades incluem nanotecnologia e mainframes.

A empresa, inclusive, foi uma das principais responsáveis pelo desenvolvimento dos computadores que, em 1971, levaram o homem à lua pela primeira vez.

30. Panasonic

As televisões da Panasonic fazem muito sucesso no Brasil e no mundo. Apesar disso, a empresa também desenvolve tecnologias para automóveis e aeronaves, além de diversos outros artigos eletrônicos.

A Panasonic teve participação ativa na Segunda Guerra Mundial, quando desenvolvia motores para o exército japonês.

31. Groupon

O Groupon é um site que promove cupons e clubes de desconto para diversas empresas, serviços e produtos ao redor do mundo.

A empresa foi fundada em 2008, com cupons para a cidade de Chicago. Sua popularidade se espalhou por outras cidades dos EUA e atualmente estão em vários países.

E então, gostou de saber sobre o Vale do Silício e as principais empresas que lá estão? Aposto que você ficou com vontade de fazer as malas e viajar para Palo Alto ou outra cidade próxima agora mesmo!

Bom, se você curtiu este texto, não se esqueça de assinar a nossa newsletter e receber muito mais conteúdo relacionado a empreendedorismo e marketing!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo