wordpress.com ou wordpress.org: qual escolher?

WordPress.com ou wordpress.org? Afinal, qual eu devo escolher?

Toda vez que se fala em criação de blog, o WordPress surge como a principal referência. Porém, uma dúvida confunde a cabeça de muita gente: deve-se criar um blog no WordPress.com ou WordPress.org?

Por mais que ambos sejam WordPress, há diferenças entre os 2 que você deve levar em conta na hora de criar o seu blog. Por isso, redigimos este post para que você conheça todas elas. Vamos lá?

O que é WordPress.com?

WordPress.com é um serviço open source de criação de blogs e sites. Não é necessário um conhecimento prévio para que uma pessoa crie um blog nessa plataforma, pois, basicamente, tudo que ela precisa é:

  • criar um nome para o blog;
  • tirar alguns minutos para se familiarizar com a plataforma WordPress (caso seja o seu 1º blog);
  • escolher o template para o blog.

Portanto, em 3 minutos o seu blog já está no ar e você pode começar a redigir os seus conteúdos e promovê-los para que a sua audiência possa lê-los.

As vantagens do WordPress.com

Ter um blog no WordPress.com traz algumas vantagens. As principais que merecem destaque são:

  • é totalmente grátis até 3 ㎇ de espaço. Caso você precise de mais, é necessário pagar em torno de R$ 50,00 por ano a cada 5 ㎇ extras ou aproximadamente R$ 600,00 anualmente a cada 100 ㎇;
  • O WordPress faz backup do seu blog regularmente sem nenhum custo adicional;
  • a configuração do blog é bem fácil e intuitiva, até mesmo para quem não tem muita familiaridade com blogs;
  • você passa a fazer parte da rede WordPress, o que significa que o seu blog pode ocasionalmente ser exibido na rede de modo a atrair mais visitantes.

As desvantagens do WordPress.com

Apesar das vantagens citadas, há outros pontos que devem ser colocados na balança, entre os quais destacamos:

  • todos os blogs e sites gratuitos têm anúncios. Caso você não queira que eles apareçam, é necessário pagar em torno de R$ 30,00 por ano;
  • aliás, você não pode vender anúncios no seu blog a não ser que ele receba 25 mil visualizações todo mês. Você pode tentar o chamado controle de anúncio cujo processo de aprovação não tem custo, mas a receita tem que ser dividida ao meio com o WordPress;
  • você não pode usar plugins para dar ao blog as características que você quer. Caso você queira, é preciso mover o seu blog para o programa VIP que custa em torno de 3 mil dólares por mês;
  • os templates não podem ser personalizados. Ou seja, caso você tenha escolhido um que lhe agrade, é com ele que você deve ficar e nada mais pode ser mudado. A não ser que você compre um upgrade de design que custa em torno de R$ 30,00 por ano e que permite fazer algumas poucas modificações — como mudar a cor do site;
  • Google Analytics é uma ferramenta fundamental para medir o tráfego do seu site. Porém, no WordPress.com ela não pode ser aplicada assim como nenhuma outra ferramenta externa de análise;
  • eles podem mudar o seu tema sem a sua permissão ou até mesmo apagar o seu blog caso considerem que viola os termos de serviço.

O que é WordPress.org?

Pelo WordPress.org você pode hospedar o seu blog ou site. Para isso, basta baixá-lo e instalá-lo no seu servidor.

Contudo, diferente do WordPress.com, aqui alguns requisitos são necessários:

  • conhecimento técnico. Não precisa ser programador, mas conhecer um pouco de HTML já ajuda;
  • familiaridade com criação de domínio, hospedagem de sites e como fazer o apontamento de um ao outro;
  • conhecer o dashboard do WordPress e como fazê-lo atender às suas necessidades;
  • saber usar templates e plugins de modo a deixar o seu blog ainda mais eficiente.

As vantagens do WordPress.org

A exemplo do WordPress.com, o WordPress.org também apresenta uma série de vantagens que você deve considerar ao escolhê-lo.

  • é grátis e fácil de usar (uma vez que já esteja instalado e configurado);
  • você tem total controle do seu blog ou site. Além disso, ele nunca será deletado por decisão interna que vá contra os termos de serviços (desde que nada ilegal esteja sendo feito);
  • pode usar quantos plugins quiser para deixar o blog do jeito que você quer;
  • aliás, também pode usar templates personalizados e até mesmo modificar os arquivos se achar necessário;
  • caso queira monetizar o seu blog com anúncios, você pode inserir banners em qualquer lugar;
  • Google Analytics e outras ferramentas externas de análise de tráfego são permitidas. Inclusive, há plugins delas de modo que você possa ver os relatórios dentro do seu dashboard.

As desvantagens do WordPress.org

A exemplo de qualquer outro site ou blog, é preciso ter uma boa hospedagem e isso tem um custo que pode começar a partir de R$ 200,00 por ano.

Não caia na tentação de pegar um servidor gratuito para o seu blog, pois caso algum problema ocorra, dificilmente você terá suporte por usar uma conta gratuita.

  • Você é a pessoa encarregada de atualizar o WordPress, embora isso possa ser feito em somente um clique;
  • os backups também são de sua responsabilidade, mas há plugins que podem fazer isso para você;
  • você também fica responsável em prevenir spam. Por isso, é importante ativar Akismet no seu blog. Geralmente ele já vem pré-instalado no WordPress.org.

WordPress.com ou WordPress.org: qual é o melhor para o seu blog?

Chegou a hora de escolher qual deles usar para a criação do seu blog, e isso vai depender, sobretudo, do intuito que você tem.

Se a sua intenção é ter um blog pessoal sem foco na personalização e na monetização, o WordPress.com pode lhe atender. Por outro lado, se você quer fazer um blog profissional para a sua carreira ou para o seu negócio, deve usar o WordPress.org.

Afinal, vamos supor que você queira fazer um blog profissional e opte pelo WordPress.com. No fim das contas, você precisará comprar o domínio com eles, pagar para retirar os banners, comprar um design personalizado e, mesmo assim, não ter controle total do seu blog. Não vale a pena.

Por outro lado, no WordPress.org, os custos para um blog iniciante são o domínio e o servidor caso você já não os tenha. E o mais importante é que você terá total controle do seu blog de modo a personalizar o template, inserir plugins, entre outras opções.

Por isso, recomendamos a todos que desejam ter um blog profissional optarem pelo WordPress.org. Mas a escolha entre um e outro quem faz é você.

Agora que você já sabe qual é melhor para você, WordPress.com ou WordPress.org, descubra quais são os primeiros passos a serem dados após a criação do seu blog.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo