Nova identidade visual do Youtube

A evolução do YouTube: logo e visual são os destaques entre as novidades anunciadas pela plataforma de vídeos

O YouTube está com uma nova identidade visual! Confira essa e várias outras novidades anunciadas pela maior plataforma de vídeos do mundo!

Desde sua criação, em 2005, o YouTube tinha o mesmo logo, com a palavra “Tube” circunscrita à um tubo vermelho.

Era um tubo dentro de um tubo, e isso parou de fazer sentido a partir do momento em que as antigas TVs de tubo não simbolizam mais a era em que vivemos, muito menos um mercado possível para a maior plataforma de vídeos do mundo.

Hoje o YouTube é usado por mais de 1.5 bilhões de pessoas no mundo todo e transmite vídeos em praticamente qualquer dispositivo.

Foi essa a justificativa usada por Christopher Bettig, diretor de arte do YouTube, para anunciar o mais novo logo do YouTube. “É uma evolução, não uma revolução”, assinala.

Essa frase resume bastante o novo visual do logo anunciado no dia 29 de agosto. Embora considerada a maior novidade do site dos últimos tempos, a mudança é bastante sutil.

A intenção foi afastar a atenção do “tubo” e focar no usuário.

Por isso, o tubo vermelho foi retirado e no seu lugar o famoso botão play do YouTube aparece à frente do nome da plataforma. Em animação, o novo logo ficou assim:

YouTube logotipo

Mas essa não é a única novidade. Além dela, outras mudanças incluem o visual, esquema de cores e funcionalidades das versões mobile e desktop.

O anúncio do remake do logo serviu para conectar vários elementos para que eles realmente funcionem em conjunto.

Entenda tudo sobre as mudanças nas próximas linhas!

Conectando serviços

Quando foi criado o logo inicial, em 2005, o YouTube oferecia apenas um serviço: um site para desktop conectado à internet.

Isso já mudou faz tempo. O YouTube pode ser usado em praticamente qualquer aparelho com internet, como smartphones e tablets.

Além disso, a marca expandiu suas ofertas. Surgiram o YouTube Kids, TV, Red e Music.

Mas faltava, para essa família de serviços, uma identidade de marca para conectá-los. Parecia que todo esse crescimento estava sem um elemento de união. “Nós queremos construir uma linguagem visual que seja fácil para as pessoas reconhecerem”, explica Bettig.

Ele conta que, apesar de ideias iniciais incluírem a criação de um logo inteiramente novo, eles decidiram manter a simplicidade.

De acordo com pesquisas feitas, a maioria dos usuários reconhecia facilmente o símbolo do play como sendo do YouTube. Para quê mudar isso? Eles usaram a iconicidade do símbolo para associá-lo definitivamente com a marca.

Depois de decidir manter o símbolo e a wordmark mudanças sutis foram feitas para melhorá-los. A tipografia e alguns erros de diagramação foram aperfeiçoados para, então, configurarem o resultado final, que já pode ser visto na nova página do site.

A cor também foi alterada. O vermelho ficou mais vivo (a cor exata é a #FF0000), que nas palavras de Bettig é “um vermelho puro que remete ao RGB de vídeo”. RGB são as cores primárias (Red, Green e Blue) e são usadas nas telas de dispositivos para fornecer a paleta de cores total.

A ideia agora é expandir o logo para o restante dos serviços do YouTube e seguir o objetivo de criar uma linha comum entre todos eles.

Além disso, tanto a versão mobile quanto desktop estão sendo adaptadas para seguir os padrões de Material Design adotados pelo Google.

Paridade de serviços

Além das preocupações com design e logo de uma forma mais aparente, o YouTube está preocupado com a paridade de serviços entre os diferentes dispositivos.

Isso significa que features que antes só estavam disponíveis na versão mobile estarão também na desktop, e vice-versa. E, no fim das contas, os serviços tendem a ser igualados (na medida do possível) entre diversos dispositivos.

É o caso, por exemplo, das miniaturas de vídeos em mobile, que continuam a reprodução enquanto o usuário navega pelo site. Elas estão sendo testadas na versão desktop para, futuramente, ser incorporadas nela.

Novo visual desktop

A ideia é dar mais espaço para o conteúdo. Por isso, os vídeos ocupam os espaços principais, e as abas de navegação ficaram no canto do navegador.

Duas novas abas também foram adicionadas: Biblioteca e Conta. Elas dão acesso fácil para busca e interesses do usuário.

Observe a evolução da versão desktop ao longo dos anos:

Evoluções pensando no usuário

Como um dos braços do Google e também sendo um dos sites mais usados do mundo, é de se esperar que o YouTube faça melhorias sempre focando na experiência do usuário.

“Vivemos em um mundo onde as pessoas estão assistindo vídeos HD em smartphones e fazendo transmissões em tablets e TVs. Temos que conseguir adaptar a experiência para melhor servir o dispositivo e contexto nos quais as pessoas consomem vídeos”, explica Manuel Bronstein, vice presidente de produto.

Formatos de vídeos adaptáveis

Uma das ações tomadas para melhorar a experiência do usuário é a adaptação dos formatos de vídeo à tela de cada dispositivo.

As barras escuras largas que cercavam um vídeo vertical ou quadrado agora serão substituídas por barras pequenas, que poderão ser eliminadas pelo usuário.

Em uma lista de vídeos, cada um se adapta a tela conforme seu formato, seja ele vertical, horizontal ou 360 graus. Observe:

Deslizar para vídeos relacionados

Outra feature em teste é a de deslizar para ver vídeos relacionados. Na versão mobile, bastará deslizar a tela para a esquerda para ver uma nova sugestão de vídeo baseada no algoritmo do site.

Esse carrossel pode ser passado indefinidamente para ver novos vídeos relacionados. E ainda há a possibilidade de voltar caso algum tenha sido passado sem querer (basta deslizar para o sentido contrário).

Todas essas mudanças estão sendo testadas e disponibilizadas de forma gradual.

Como qualquer grande serviço online, é importante que as mudanças sejam naturalmente aceitas pelos usuários, de forma que eles adaptem suas produções para a nova realidade da plataforma.

Embora possam parecer pequenas, essas mudanças apontam para a intenção do YouTube de se relacionar cada vez mais com uma audiência mobile e dinâmica, que interage com a plataforma de inúmeras maneiras.

Features intuitivas tendem a ser amplamente aceitas e bem vistas pelos usuários, bem como pelos produtores de conteúdo que usam a plataforma para expor seus serviços.

Aliás, se você é uma dessas pessoas, deve se interessar em como fazer bons vídeos, montar uma estratégia eficiente e fazer seu marketing no YouTube ser mais eficiente, certo? Aprenda tudo com nosso ebook completo sobre o tema!

como ganhar inscritos no youtube